Mercado

Nespresso lança novo café e taça para degustação

, , , , Na última terça-feira (21/10) a Nespresso realizou, em São Paulo, um evento gastronômico, o Nespresso Coffee Dinner, para apresentar seus novos lançamentos, o café Maragogype Reserva Especial e a taça de degustação Reveal, desenvolvida pela marca Riedel Crystal. O jantar foi elaborado pelos chefs Helena Rizzo e Daniel Redondo, que criaram pratos com o intuito de harmonizar com o sabor do novo grão. A variedade Maragogipe, descoberta em 1870 próximo da cidade brasileira de mesmo nome, na Bahia, é conhecida por sua mutação natural, perceptível no tamanho avantajado e com variações da cor verde a marrom claro, e foi apelidada de “grão elefante”. Os grãos utilizados para compor o blend da Nespresso são provenientes do México, da Nicarágua, da Guatemala e da Colômbia. De acordo com informações da marca, o café mexicano e nicaraguense foi torrado junto e por mais tempo para aperfeiçoar as notas suaves e arredondadas. Em contrapartida, os grãos colombianos e os guatemalenses foram torrados juntos por um curto período de tempo para produzir um toque final frutado. Reveal-Collection-Intense-Glass-01 A taça de degustação tem como objetivo desenvolver o potencial aromático da bebida. Feita em cristal, tem proporções consideradas ideais para revelar as nuances dos Grands Crus da marca. Possui diâmetros distintos, sendo o mais estreito para os cafés intensos e o mais largo para as bebidas equilibradas. Com isso, a Nespresso espera revelar as diferentes propriedades de cada perfil. Devido ao número limitado, o Maragogype Reserva Especial está disponível para compra apenas pelo www.nespresso.com, aplicativo mobile (disponível para iPhone, iPad e Android) e 0800 7777 737, por R$ 40 o sleeve (embalagem com 10 cápsulas). Já as taças Reveal estão disponíveis em todos os canais do Nespresso Club (Boutiques, internet, 0800 e aplicativos mobile), pelo valor de R$ 140 o par. Mais informações: www.nespresso.com

TEXTO Da redação • FOTO Divulgação

Barista

Dani Capuano – L’ arbre à Café, Paris (FR)

dani_capuano1

Desde 2012 morando na Cidade Luz, Paris, a barista e agente de marketing da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) na Europa, Dani Capuano é cosmopolita. “Já morei na Inglaterra, Irlanda e agora na França, mas já fui para diversos países para trabalhar, como Noruega, Bélgica, Itália, Coreia do Sul, Japão e até Coreia do Norte”, diz.

Dani conta que o reconhecimento da profissão no país onde está é o mais gratificante. “Aqui os franceses têm uma expressão que eu adoro, que é métier de bouche, que significa trabalhar na área de comidas e bebidas e o respeito que eles têm por quem pratica essas profissões é lindo. E no Brasil não vejo muito esse respeito por alguém que trabalha atrás de um balcão. Por outro lado, o brasileiro é muito mais criativo e acho que por não termos tradições e rituais tão fortes e antigos, somos mais abertos e ousados em relação à conceitos, combinações, posturas, etc”, diz.

Ela acredita que a cena do café tem evoluído constantemente em Paris. “Quando eu cheguei aqui haviam quatro lugares para se tomar bons cafés. Hoje têm mais de 15 e eles não param de inaugurar novas casas. Torrefações artesanais surgiram, as pessoas estão se interessando mais pelo produto, origem, produção e preparo. A mudança é visível”.  Um de seus objetivos na profissão é fazer com as pessoas conheçam melhor o universo do café para que possam apreciá-lo ainda mais. “Quero mudar a imagem do café. De um cafezinho para um produto que envolve tempo, clima, muitos profissionais, atenção. E que por isso merece respeito e pode custar caro, para remunerar bem toda essa cadeia produtiva. Como eu vou fazer isso eu não sei, mas com certeza não estou sozinha”.

TEXTO Amanda Ivanov • FOTO Divulgação

Receitas

Granita

granita1

Ingredientes
• 50 ml de suco natural de melancia
• 50 ml de suco natural de morango
• 3 colheres (chá) de açúcar
• 12 pedras de gelo
• 40 ml de água

Preparo
Faça os dois sucos adicionando açúcar. Depois bata o gelo com a água no liquidificador. Acomode o gelo batido em um copo e em seguida acrescente os sucos. Decore com pedaços de melancia e morango. Rende 4 porções.

(Receita originalmente publicada na Espresso#26)

FOTO Rogério Voltan • RECEITA Alex Pereira

Receitas

Marzipã Café

marzipa1

Ingredientes
• 1/2 xícara de creme de leite fresco
• 3 a 4 biscoitos amaretti
• 85 g de marzipã
• 7/8 de xícara de leite desnatado
• 1/2 xícara de café frio
• 2 bolas de sorvete de baunilha

Preparo
Bater o creme de leite no mixer ou na batedeira até ficar cremoso. Enquanto isso, quebrar os biscoitos em pequenos pedaços. Juntá-los ao creme, separando uma parte dos biscoitos para depois. Cortar o marzipã em pedaços e dissolvê-lo junto ao leite quente até que se torne uma mistura homogênea. Acrescentar o restante do leite, o café e o sorvete. Bater até se tornar areado. Servir a mistura no copo e colocar por cima o creme de leite. Adicionar o restante dos biscoitos.

Rende dois copos.
Preparo em 10 minutos.

(Receita originalmente publicada na Espresso #19)

FOTO Cia de Foto • RECEITA Cléia Junqueira

Cafezal

Fazendas Portal da Serra e Guanabara – Ibiraci (MG)

ibiraci2

Engana-se quem pensa que agricultura é uma ciência exata. Sim, há os momentos em que as dosagens dos adubos e as distâncias entre os pés têm de ser precisas, dias em que é necessário fazer gestão de custos, controlar milimetricamente a umidade dos grãos no terreiro, além da incerta previsão de produtividade de cada planta. Um balaio de cálculos aqui e ali. Nas fazendas Portal da Serra e Guanabara, localizadas em Ibiraci (no Sul de Minas Gerais), os números, no entanto, perderam importância. A intuição, a sensibilidade e um ânimo singular para produzir cafés de qualidade movimentam o dia a dia das propriedades da família Wolff.

ibiraci4

O início dessa história é recente. Elisa Wolff, 55 anos, mãe de quatro rapazes, esposa de um coronel da Aeronáutica, já morou em mais de dez cidades, já venceu um câncer, já passou por muito nessa vida e queria apenas um pouco de paz. “Queria um pedacinho de terra agora que o Umberto [marido] ia se aposentar”, explica. Sorte dos apreciadores de café. Há cerca de quatro anos, ela e seu marido esbarraram na cidadezinha de Ibiraci, povoada por 12 mil habitantes, muitos deles vivendo do café. Os pais de Elisa já moravam por ali e seria bom estar por perto. Primeiro veio a Fazenda Portal da Serra, cujo cafezal andava sofrido. Para quem não tinha pretensões, parecia mais do que suficiente.

ibiraci3

Nem tanto. Entre os quatro filhos, há um rapaz obstinado, saído havia pouco da Marinha, após 10 anos navegando por lá. Hugo Wolff, 30 anos, é jovem, mas maduro, sério, focado, gentil. E visionário. Percebeu que havia um potencial, um algo a mais que poderia ser explorado, que poderia ser interessante para a família, para o negócio, para a natureza. O pai, Umberto, coronel recém-aposentado na Aeronáutica, administrador experiente, embarcou na proposta de Elisa e de Hugo, e os três mergulharam na fazenda.

ibiraci6

E assim a família vai caminhando. Além das sacas vendidas para o Coffee Lab, os grãos das fazendas podem ser encontrados também em casas de Belo Horizonte, Londrina, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. E eles seguem buscando outras cafeterias, restaurantes e empresas que tenham interesse em ter um “café com alma”. “Queremos fazer café com artesanalidade, como joia. É trabalhoso, mas é uma forma de respeitar a natureza, preservando a fauna, a flora, as nascentes”, explica Umberto. “Nossa ideia é deixar um legado. O que levamos dessa terra? Nada. Mas podemos deixar algo.”

(Trecho da matéria “Lavoura em foco”, publicada na seção Fazendas, da Espresso#41. Leia a matéria completa na revista)

FICHA TÉCNICA
Fazendas Portal da Serra e Guanabara
Localização Ibiraci (MG)
Região limítrofe entre Cerrado Mineiro, Sul de Minas e Mogiana Paulista
Altitude média 1.235 m a 1.267 m
Extensão do cafezal 28 hectares / Portal da Serra (12 ha) / Guanabara (16 ha)
Número de cafeeiros 87 mil plantas (37 mil, Portal da Serra, e 50 mil, Guanabara)
Colheita manual (derriça) e mecanizada
Processamento natural
Secagem pátio e terreiros suspensos
Porcentual dos tipos 100% arábica
Variedades catuaí vermelho e mundo novo
Mais informações www.wolffcafe.com.br

TEXTO Giuliana Bastos • FOTO Érico Hiller

Cafeteria & Afins

Le Pain Quotidien – São Paulo (SP)

Le Pain Quotidien

O pão nosso de cada dia. O lema começou no final dos anos 1980 em Bruxelas, na Bélgica, onde a rede foi fundada e logo se espalhou para os Estados Unidos, Índia, França, entre outros países. Trazendo ares internacionais e sofisticados, chegaram, enfim, à capital paulistana, de uma só vez, três unidades da cafeteria.

Terceiro ponto depois das localizações no Shopping Cidade Jardim e no Itaim, a unidade da Vila Madalena faz o cliente sentir-se em clima europeu. Uma vez percorrida a porta de vidro da cafeteria, elementos curiosos chamam atenção: taças para café com leite sem alça, como manda o estilo francês, e mesa comunitária. Incluir mesas extensas para ser divididas entre pessoas desconhecidas é ideia do belga Alain Coumont, idealizador da cafeteria, com o intuito de proporcionar, em cidades grandes e heterogêneas, a interatividade e o clima de comunidade.

Gastronomia natural
É sobre uma madeira rústica que repousa, elegantemente, um paraíso de pães artesanais orgânicos, uma das essências do lugar. Feitos de massa orgânica, água e sal, são produzidos em etapas cuidadosas de fermentação natural e moldagem da massa, que assa em fornos de pedra até se transformar em pães quentinhos à mesa.

Na xícara não poderia ser diferente. Um dos cafés servidos é um grão orgânico da marca Suplicy Cafés Especiais, lote da Fazenda Camocim, situada nas Montanhas do Espírito Santo. Tudo isso para combinar com o mel orgânico e fazer saborosas parcerias com o cardápio: tartines (sanduíches abertos), sopas, quiches, tortas, queijos, frios, saladas e pães salgados e, para adoçar, flautas de avelã, muffins, brownies, cookies e tortinhas. Para beber, além do espresso, sucos, chocolates, vitaminas, cafés e chás. Já escolheu o seu pedido?

Informações sobre a Cafeteria

Endereço Rua Wisard, 138
Bairro Vila Madalena
Cidade São Paulo
Estado São Paulo
País Brasil
Website http://www.lepainquotidien.com.br
Telefone (11) 3031-6977
Horário de Atendimento De segunda a quinta e feriados, das 7h às 22h; sexta e sábado, das 7h às 23h; domingo, das 8h às 22h.
TEXTO Mariana Meira • FOTO Meliess

Cafeteria & Afins

Espresso Workshop Roastery e Espresso Bar – Auckland (Nova Zelândia)

espresso_workshop1

Escondido nas ruas estreitas do bairro Parnell, é um ponto de encontro para aficionados por café. Aberto em 2009 o local teve a arquitetura planejada para parecer uma oficina, é lá que baristas obcecados por café ensinam os clientes que esta bebida é mais que um produto e sim uma experiência. Auckland é a maior cidade da Nova Zelândia e esta cafeteria produziu os melhores baristas da cidade nos últimos cinco anos. Em 2013, um deles, Hanna Teramoto, se classificou em segundo lugar no Campeonato Nacional de Barista.

O foco em técnicas e competições trouxe para a casa a certificação da Specialty Coffee Association of America (SCAA) para a barista brasileira Cris Fuzaro e o segundo lugar no campeonato nacional de Cup Tasters em 2012 para um de seus torradores, Joe McElhinney. Os grãos da torrefação e do espresso bar são torrados em pequenos lotes em um torrador Toper. Lá produzem três blends de assinatura e uma seleção de single origins. Esta sempre em mudança, o que mostra o entusiasmo que a equipe tem em provar cafés de origens diversas e revelar os mais variados aromas e sabores para seus clientes.

espresso_workshop2

Preparos e comidinhas
Usando vários métodos de extração como a Hario V60, aeropress, syphon e cold driper, além do espresso tirado na La Marzocco, o time de baristas e torradores mantem uma mente aberta sobre café e técnicas. O proprietário, Andrew Smart, se define como fanático por café. O cardápio não é extenso, mas destaca sanduíches de produção própria, como a carne marinada em café e especiarias. A marca recentemente abriu a segunda loja no renovado Britomart Precinct, no centro, mas vale a pena visitar a torrefação e o espresso bar, dar uma espiada na torra, tomar dois ou mais cafés e bater um papo com os baristas, que estão sempre disponíveis pra falar de café.

Informações sobre a Cafeteria

Endereço Falcon Street, 19
Bairro Parnell
Estado Auckland
País Nova Zelândia
Website http://www.espressoworkshop.co.nz
Telefone +64 3751463
Horário de Atendimento De segunda a sexta, das 7h30 às 15h30. Sábados, das 8h às 15h.
TEXTO Mariana Proença • FOTO Divulgação

Cafeteria & Afins

Café Container – Campinas (SP)

container2

Um ponto luminoso chama atenção em uma esquina de Campinas. Se olhar bem, verá contêineres que, em 12 toneladas juntas, formam uma cafeteria. Ao entrar, o espaço surpreende ainda mais. Acolhedor, conta com amplo deque de madeira, sofás e decoração de toques modernos. As pedidas do dia estão em lousas e, na parede, um quadro avisa:“Ambiente único. Cafés especiais. Pessoas inspiradas. Bem-vindo ao Café Container”.

container1

Foco no sabor e na variedade
Os preparos são variados. O espresso, preparado em uma Aurelia (máquina utilizada nas competições mundiais de barista), divide o cardápio com o cappuccino italiano, o mocha, o latte e preparos filtrados como Hario V60 e aeropress. Chamam a atenção também bebidas refrescantes como o chocolate gelado com limão e o Spritz, que mistura espumante, rodelas de laranja e gelo. Pães de queijo com lascas de parmesão ou pães artesanais com Nutella, manteiga ou cream cheese são ótimas pedidas paraacompanhar. Fomes maiores podem ser resolvidas com os risotos do dia, em sabores como funghi, parmesão com alho-poró, calabresa e ragu de linguiça. Quando for pedir a sobremesa, reserve um bom tempo para se decidir: chocolate belga trufado 70% cacau, muffins, tortinhas, petit gâteau ou cheesecakes de frutas vermelhas.

Informações sobre a Cafeteria

Endereço Rua Antônio Lapa, 1.080
Bairro Cambuí
Cidade Campinas
Estado SP
Website http://www.cafecontainer.com.br
Telefone (19) 3367-2005
Horário de Atendimento De segunda a sábado, das 10h às 22h. Feiados, das 12h às 22h. Fechado nos domingos.
TEXTO Mariana Meira • FOTO Arian Pereira

Receitas

Molho Barbecue Espresso

molho_barbecue_espresso

Ingredientes
• 1 ½ xícara de ketchup
• 1 ½ colher (sopa) de manteiga sem sal
• 1 colher (sopa) de melaço de cana
• ½ colher (sopa) de açúcar mascavo
• 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã
• 1 colher (sopa) de mostarda dijon
• 1 colher (sopa) de molho inglês
• 1 ½ colher (chá) de páprica doce
• ½ colher (chá) de sal
• ½ colher (chá) de alho em pó
• ½ colher (chá) de cebola em flocos
• de colher (chá) de pimenta-do-reino moída na hora
• 1 xícara de café espresso

Preparo
Bata a cebola em flocos no processador até virar pó. Depois, coloque todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo alto. Assim que começar a borbulhar, abaixe o fogo para o mínimo. Cozinhe com tampa por cerca de 30 minutos ou até que engrosse um pouco, perdendo 1/3 do volume.

FOTO Daniel Ozana/Estúdio Oz • RECEITA André Lima de Luca, do BOSBBQ

Receitas

Café Vienense à moda paulistana

Café Vienense

Ingredientes
• Uma dose (40ml) de café espresso
• Uma bola (cerca de50 g) de sorvete de café
• 15 g de chantilly
• Lascas de chocolate para decorar

Preparo
Disponha o sorvete no fundo da taça. Cubra com o café espresso e depois com o chantilly. Decore com lascas de chocolate.

Rende
Uma taça

(Receita originalmente publicada na Espresso #36)

FOTO Felipe Gombossy • RECEITA Christina Hatt, da Confeitaria Christina (www.confeitariachristina.com.br)