Café & Preparos

Pesquisa revela que consumidores experimentaram novos cafés durante a pandemia

A indústria do café está ciente de que a pandemia forçou as pessoas a consumir mais café em casa. O que muitos ainda não perceberam, no entanto, é que os consumidores experimentaram cafés diferentes. E, como resultado, as preferências são mais diversas e estão evoluindo.

“Os consumidores de café são receptivos a experimentar coisas novas, o que significa que a inovação não deve parar durante uma pandemia”, disse Cheryl Hung, vice-presidente de pesquisa da DIG Insights Inc., que apresentou os resultados da pesquisa National Coffee Data Trends Study 2022 durante a conferência virtual da Associação Nacional do Café deste ano. A pesquisa, realizada durante duas semanas em janeiro, incluiu mais de 1.500 norte-americanos.

Os hábitos do consumidor evoluem

Enquanto mais pessoas voltaram ao trabalho, Hung disse que o hábito de fazer café em casa continuará para muitos consumidores. As principais razões são custos crescentes e preocupações com finanças pessoais. As notícias ainda são boas para as indústrias de café de varejo e foodservice, já que o consumo de café está em alta.

A porcentagem de adultos que tomaram pelo menos uma xícara de café ontem aumentou de 60% em julho passado para 66% em janeiro, o que Hung disse ser “estatisticamente significativo”. O número de janeiro é alto mesmo em comparação com os níveis de 2018 e 2019.

O maior consumo de café no dia anterior foi de 78%, entre 1954 e 1955, enquanto o menor foi em 1995, quando 47% dos adultos norte-americanos tomaram café um dia antes da pesquisa. Houve apenas alguns anos em que essa métrica estava abaixo de 50%. “É uma ótima notícia para nossa história de recuperação. Acho que nos dá muita esperança de que o café permaneça incrivelmente resiliente”, disse Hung.

Impacto da idade no consumo

O aumento pode ser sentido na maioria das faixas etárias, embora o crescimento mais forte venha dos consumidores de café mais velhos. Quase metade (48%) dos jovens de 18 a 24 anos tomou um café no dia anterior em janeiro, número semelhante ao de julho. Entre as pessoas de 25 a 39 anos, 59% consumiram a bebida, o que representa quatro pontos em relação a julho. 66% das pessoas de 40 a 59 anos, cinco pontos acima de julho. Quase três quartos (72%) daqueles com 60 anos ou mais, “o que é incrivelmente nove pontos a mais que em julho”, disse Hung. As tendências se mantêm em todas as regiões do país, embora o Nordeste e o Oeste tenham registrado os ganhos mais fortes.

Cafés especiais continuam crescendo

Foto: Chevanon Photography

Grande parte da recuperação também é impulsionada pelo café especial. Houve um ganho de 4%, para 43% das pessoas que tomaram pelo menos uma xícara de café especial no dia anterior à pesquisa, o que Hung disse ser um ganho significativo de julho a janeiro. Mais da metade (55%) das pessoas de 25 a 39 anos consumiu café especial ontem, o maior registro de todas as faixas etárias.

Os espressos voltaram aos níveis pré-pandemia: 16% tomaram pelo menos uma xícara de café espresso na semana passada após declínios na pandemia. Já cappuccinos e lattes mantiveram-se estáveis em 17%.

Enquanto os consumidores estão se tornando mais conscientes dos custos, os dados do NCDT não indicam qualquer sensibilidade ao preço na categoria de especialidades. “A boa notícia é que, embora estejamos começando a falar sobre inflação e aumento de preços, os consumidores ainda estão escolhendo cafés especiais”, disse Hung.

O café tradicional – aquele que não é fabricado a partir de grãos ou varietais premium – manteve-se estável em 42%, com pelo menos uma xícara sendo consumida no dia anterior. 

E o café fora de casa?

Foto: Juan Pablo Serrano Arenas

Em 2019, o consumo fora de casa foi de 35%, apresentando queda para janeiro de 2022, batendo 27%. A percepção da própria situação financeira está fortemente relacionada com o consumo de café fora de casa. Pouco mais da metade disse que será mais cauteloso quanto aos gastos nos próximos meses, enquanto um em cada cinco consumidores disse que tem uma perspectiva financeira pior do que há cinco meses.

No entanto, Hung disse que a indústria do café tem uma grande oportunidade de promover o café fora de casa, dada a crescente valorização do grão pelo consumidor. “Ela [a indústria] certamente tem um papel muito maior a desempenhar e um trabalho a fazer saindo da pandemia. Acho que o que está faltando nos últimos dois anos, falando por experiência pessoal, é a conexão social e emocional com o café”, disse a pesquisadora. Para ela, o consumo fora de casa não se recuperará aos níveis pré-pandemia até que mais pessoas retornem ao local de trabalho.

TEXTO As informações são do Vending Times / Tradução Juliana Santin

Café & Preparos

Sul de Minas recebe 4ª edição do São Lourenço Coffee Music

Nos dias 19, 20 e 21 de agosto, a cidade de São Lourenço (MG) recebe a 4ª edição do São Lourenço Coffee Music, evento que busca apresentar atrações e atrair cerca de 5 mil visitantes. O público poderá conferir diversas atividades de entretenimento, como shows, campeonatos, exposição de produtos, workshops e palestras. A entrada é gratuita mas as inscrições devem ser feitas aqui.

Confira a programação deste ano:

19 de agosto – Sexta-feira

5h30 – Voo de balão em São Lourenço
Agendamentos no site.

8h30 – Rota do Café Especial (Do pé a xícara)
Agendamentos no site.

9h30 – Abertura oficial do “Campeonatos Brasileiros de Barismo”
Representante: Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e Hélcio Junior (Unique Cafés Especiais)

10h – Início do campeonato

10h – Abertura dos estandes

14h – Rota do Café Especial – Do pé a xícara.
Agendamentos no site.

15h – Workshop sobre Torra Assistida – Unique Cafés
Torra guiada com degustações de diferentes cafés na torrefação da Unique Cafés (gratuito)

15h – Workshop de música com Adriano Campagnani
Tema: Técnicas Avançadas para baixo Elétrico
Local: Oficina de Música Eric Mathias

15h – Palestra com Arthur Resende
Tema: Concepção de Grooves baixo e bateria
Local: Oficina de Música Eric Mathias

18h – Palestra Sebrae com Emílio Alves Fonseca – Engenheiro Agrônomo
Tema: Educampo e a importância da gestão das propriedades Rurais

20h – Show com a Banda Intrepido Blues Quarteto

22h30 – Show com Adriano Campagnani e Bauxita  

20 de agosto – Sábado

5h30 – Voo de balão em São Lourenço
Agendamentos no site.

8h30 – Rota do Café Especial (Do pé a xícara)
Agendamentos no site.

10h – Abertura dos estandes

10h – Início do campeonato

10h30 – Palestra com Mariana Proença
Tema: Mulheres do café: Café de qualidade e gestão do negócio

14h – Rota do Café Especial (Do pé a xícara)
Agendamentos no site.

14h – Campeonato de Arremesso de Sacas de Café / Coffee Bean Bag Toss,
Vagas limitadas. Inscrições no evento (infantil e adulto)

15h – Palestra do Sebrae com Alessandro Hervaz- Aprocam / Associação dos Produtores de Café da Mantiqueira
Tema: Mantiqueira de Minas, uma Denominação de Origem com 25 anos de História

15h – Palestra com João Gabriel
Tema: Concepção rítmicas para guitarra na música instrumental latina.
Local: Oficina de Música Eric Mathias

15h – Workshop com Aloizio Horta
Tema: Improvisação para todos os instrumentos
Local: Oficina de Música Eric Mathias

16h30 – Palestra com Sérgio Vieira Júnior
Tema: Empreendedorismo e Autorresponsabilidade na gestão do seu negócio

18h – Anúncio dos finalistas do Campeonato Brasileiro de Barismo

19h – Show com a Orquestra de Violeiros de São Lourenço

20h30 – Show com a Banda Soul Much Blues

22h30 – Show com a Banda Macondos

21 de agosto – Domingo

5h30 – Voo de balão em São Lourenço
Agendamentos no site.

8h30 – Rota do Café Especial (Do pé a xícara)
Agendamentos no site.

10h – Abertura dos stands

11h – Palestra com Felipe Nascimento – Campeão Brasileiro de Degustação.
Tema: Como identificar um bom café

11h30 – Final do Campeonato Brasileiro de Barismo

14h30 – Palestra: Café Três Corações com Carolina Pardo Barreto
Tema: Cafés especiais e métodos de preparo

15h30 – Campeonato Brasileiro Cup Bier

16h30 – Workshop Júlio Bitencourt
Tema: Interplay
Local: Oficina de Música Eric Mathias

16h30 – Palestra Sebrae com Maria Paula Rocha – Bussines Maneger / Ascarive (Associação dos Cafeicultores do Vale do Rio Verde)
Tema: O comércio justo em prol da coletividade social

18h – Resultados e premiações do Campeonato Brasileiro de Barismo

19h – Show com Bitencourt Duo   

O 4º São Lourenço Coffee Music 2022 será híbrido, portanto, além de presencial, poderá ser assistido ao vivo através de transmissão pelo canal oficial do evento pelo YouTube. Serão várias horas de transmissão todos os dias, desde a abertura das atividades até o encerramento, com imagens da área do evento, das competições de barismo, dos shows e das entrevistas com visitantes, competidores, organizadores e patrocinadores.

Serviço
5º São Lourenço Coffee Music 2022
Quando: 19 a 21 de agosto
Onde: Praça João Lage, São Lourenço
Inscrições: www.gofree.co
Outras informações: www.productioneventos.com.br ou WhatsApp (31) 99151-0525

TEXTO Redação • FOTO Vitor Macedo

Barista

Quem são os competidores dos Campeonatos Brasileiros de Latte Art e CIGS 2022?

Nesta quarta-feira (10), a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) divulgou os nomes que irão disputar os Campeonatos Brasileiros de Latte Art e Coffee in Good Spirits, marcados para acontecer nos dias 19, 20 e 21 de agosto, na cidade mineira de São Lourenço, no Sul de Minas! 

Na categoria Latte Art, que é a técnica de desenhar no café utilizando o leite, participam 15 baristas de diferentes partes do País. Já no Coffee in Good Spirits, que envolve a coquetelaria com drinques alcoólicos com café, 17 profissionais compõem a lista desta edição. Confira os nomes:

Campeonato Brasileiro de Latte Art 

  • Eduardo Olímpio dos Santos
  • Emerson do Nascimento
  • Felipe de Souza
  • George Leonardo Monte
  • Igor de Souza Gomes
  • Isis Dayene Rodrigues
  • João Augusto Michalski
  • João Paulo Godoi de Paula
  • Juliano da Costa de Souza
  • Leonardo Correa Ribeiro
  • Renata Helena Santana
  • Ryan Gabardo
  • Silvano Barroso da Silva
  • Tiago Gonçalves da Rocha
  • Túlio Fernando de Souza

Campeonato Brasileiro de Coffee in Good Spirits 

  • Bruno Henrique Brasilino
  • Daniel Munari
  • Dargel Rodrigues da Silva
  • Emerson do Nascimento
  • Felipe Alves Dias Andrade
  • Gabriel da Cruz Guimarães 
  • Humberto Clementino Silva
  • Jaciane Andrade
  • Juliano André Lamur
  • Luciano Costa Barrozo
  • Mariana Mesquita dos Santos
  • Pedro Paulo Pinto Foster
  • Pierre Kunzendorff Kuster
  • Renata Helena Santana
  • Rogério Coelho Barroso
  • Samuel Souza Lopes
  • Túlio Fernando de Souza

Os campeões de cada categoria embarcam para a cidade de Taipei, em Taiwan, para representar o Brasil nos Campeonatos Mundiais, que acontecerão de 17 a 20 de novembro de 2023.

A Revista Espresso estará presente durante o São Lourenço Coffee Music para cobrir os Campeonatos Brasileiros de Latte Art e Coffee in Good Spirits. Acompanhe no nosso Instagram @revistaespresso!

Serviço
Campeonatos Brasileiros de Latte Art e Coffee in Good Spirits
Quando: 19 a 21 de agosto
Onde: São Lourenço Coffee Music – São Lourenço (MG)
Mais informações: https://www.instagram.com/bsca_specialtycoffee/ 

TEXTO Redação • FOTO Vitor Macedo

Café & Preparos

A Espresso quer saber: Como você consome o seu café?

Com a pandemia de covid-19 nos últimos anos, o hábito de tomar café sofreu mudanças, seja na qualidade do produto que está sendo consumido, seja na forma de preparar a bebida. Mas e aqui no Brasil, o ato de tomar o nosso café de todo dia sofreu alterações?

Para conhecer melhor nossos leitores e apaixonados por café, elaboramos a pesquisa “Como você consome o seu café?”, que servirá como base para a matéria de capa da próxima edição da Espresso, a #77. 

As perguntinhas giram em torno de qual formato de café você consome, como costuma preparar a sua bebida, onde prefere comprar o seu pacotinho e quais notas sensoriais você mais curte encontrar na xícara. O questionário é bem rápido e qualquer pessoa pode respondê-lo!

 

TEXTO Redação • FOTO Agência Ophelia

Mercado

Em comemoração aos 45 anos da primeira máquina de espresso para casa, Gaggia lança modelo retrô

Em 1977, a marca italiana Gaggia levou a experiência do espresso para além dos bares e cafés, com o lançamento  da primeira máquina de café espresso desenvolvida para uso doméstico. Hoje, 45 anos depois, a empresa apresenta a Gaggia Classic.

Manual e retrô, o equipamento é prático e compacto. Além de tirar o tradicional espresso, conta com recursos como o vaporizador profissional, que permite fazer infusões com água quente, cremes para cappuccino e até mesmo latte art. 

A Gaggia Classic será apresentada pela Imeltron – representante oficial e exclusiva da Gaggia no Brasil – durante a Abup Decor Show, que acontece em São Paulo (SP), de 10 a 13 de agosto. 

Além das cores azul, vermelha e prata, a edição especial terá como destaque o resgate da cor laranja, lançada em outubro, que  busca remeter à tonalidade exclusiva da “Baby Gaggia”, a primeira máquina de uso doméstico lá dos anos 70. Aos interessados, as unidades da Gaggia Classic serão comercializadas por R$ 4.999, no site da Gaggia.

Mais informações: www.gaggiashop.com.br 

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Cafezal

Inscrições abertas para o Coffee of The Year 2022!

Produtores e produtoras, estão oficialmente abertas as inscrições para o Coffee of The Year 2022! O concurso busca não só reunir os melhores cafés do Brasil, mas também eleger e premiar os grandes destaques do ano, incentivando o desenvolvimento e o aprimoramento da produção nacional e a divulgação de novas origens!

Este ano, os cafeicultores interessados poderão inscrever suas amostras nas categorias arábica e canéfora. Os cafés fermentados podem participar dentro dessas duas classificações! O prazo máximo de recebimento das amostras pelo IFSULDEMINAS é dia 1º de outubro de 2022. Para participar do COY 2022, é necessário realizar a inscrição neste link do Sympla, no valor de R$ 160. 

Avaliação

As amostras inscritas serão submetidas a um processo de avaliação realizado por uma Comissão de Julgadores, composta por juízes certificados pela Specialty Coffee Association (SCA) e Q-Graders e R-Graders licenciados pelo Coffee Quality Institute (CQI). 

Esse time analisará as amostras de café verde e classificará quanto ao aspecto, à seca, à cor, à porcentagem de peneiras, ao tipo, teor de umidade e à qualidade da bebida. Serão avaliados aspectos físicos, que possui caráter eliminatório, e, em seguida, aspectos sensoriais, para fins de classificação.

Vale lembrar que todas as amostras de café verde avaliadas, fisicamente e sensorialmente, e as que forem selecionadas para participarem durante a Semana Internacional do Café, serão torradas pelos organizadores dentro dos padrões do cupping da Specialty Coffee Association (SCA). 

O processo de seleção dos cafés que integrarão o Prêmio Coffee of The Year 2022 se dará pela análise em prova cega pela Comissão de Julgadores, que irá avaliar 10 itens de qualidade seguindo os protocolos da SCA de avaliação sensorial: aroma, sabor, aftertaste (retrogosto), acidez, corpo, uniformidade, balanço, xícara limpa, doçura, nota total.

Seleção e premiação

Do total de amostras inscritas e avaliadas, serão selecionadas as 180 melhores (150 de arábica e 30 de canéfora) para participar da Semana Internacional do Café, que acontece em Belo Horizonte (MG) entre os dias 16 e 18 de novembro. Essas amostras, divulgadas no dia 7 de novembro, no site da SIC, serão disponibilizadas para cupping durante o evento, com o objetivo de criar oportunidades para negociação presencial. 

Ainda durante a SIC, as 10 melhores amostras de arábica e as cinco melhores de canéfora, selecionadas pela Comissão Julgadora e devidamente codificadas, ficarão disponíveis em garrafas térmicas – nos dias 16 e 17 de novembro – para serem degustadas às cegas pelo público visitante da feira. Você estará presente na SIC? Então aproveite para provar os cafés do COY e votar em seu favorito de cada categoria!

No dia 17 de novembro, véspera da premiação, serão divulgados os 50 melhores cafés da categoria arábica e os 15 melhores da categoria canéfora, também no site e na Sala de Cupping e Negócios. Já no dia 18, último dia de evento, será realizada a cerimônia de premiação às 14h, no Grande Auditório Robério Silva. É nessa hora que serão conhecidas as 10 melhores amostras de arábica e as 5 melhores de canéfora, além de premiados os primeiros produtores de cada categoria!

Inscrições e regulamento: https://semanainternacionaldocafe.com.br/coffee-of-the-year 

TEXTO Redação • FOTO NITRO/Semana Internacional do Café

Muito além do aroma gostoso: Conheça os benefícios do café para a saúde

O café é conhecido, geralmente, pelo apreço que temos pelo seu sabor e aroma. Ele faz parte da nossa cultura e está em refeições familiares e momentos empresariais, mas investigações têm sido feitas para demonstrar que ele possui também significativo valor nutricional.

Diversos estudos demonstram que o café é um alimento quimicamente complexo que contém, em sua estrutura, diversos compostos com significativa ação no metabolismo humano. Dentre esses compostos destaca-se a cafeína, que, comprovadamente, possui ação estimulante no sistema psicomotor. Essa ação é um dos principais atrativos dessa bebida, mas sabe-se também que é a cafeína o principal motivo apontado para os efeitos colaterais do consumo em excesso do café.

Os polifenóis presentes na bebida são importantes mediadores anti-inflamatórios, antioxidantes e antibacterianos. Os diterpenos, por sua vez, podem atuar como supressores de moléculas envolvidas na formação de tumores. Já as melanoidinas (resultadas na reação de Maillard), ativadas na torra do grão verde, tem ação antioxidantes, antimicrobianas, anticarcinogênicas, anti-inflamatórias e anti-hipertensivas

O café ainda é fonte de um importante aminoácido, o triptofano, que está envolvido na síntese da vitamina B3 (niacina) e da serotonina, conhecido como hormônio da felicidade. É fonte de minerais como ferro, manganês e cobre, que atuam como importantes antioxidantes. Também tem sido observado que a bebida tem ação positiva na microbiota intestinal, pois demonstrou ser capaz de atuar na redução de colônias E.Coli e aumentar as de Lactobacillus.

Em outros estudos percebeu-se que a bebida em si, não apenas um composto isolado, é capaz de reduzir o risco de desenvolver doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. Além de estar relacionado ao aumento da longevidade, pode aliviar cefaleias e enxaquecas, e é apontado também como sendo importante para a saúde cardiovascular.

Destaca-se ainda que a eficiência de todos os benefícios citados depende também do modo de preparo da bebida, a espécie e a qualidade dos grãos, do nível de torra, da frequência de consumo, e do acréscimo ou não de açúcar ou adoçante. Mas, de modo geral, o consenso dos estudos é que no consumo de três a cinco xícaras de café (300-450 de cafeína) pode-se observar benefícios, e foi observado que acima de cinco xícaras a cafeína presente no café pode trazer efeitos indesejados.

Por fim, o café é um alimento que nos conforta com seu aroma familiar e também nos entrega compostos bioativos capazes de auxiliar na garantia de uma vida mais saudável e prazerosa.

TEXTO Flávia Elvira de Campos – Nutricionista – CRM 62971 • FOTO Bean Bros

Café & Preparos

Origami Air S: Método japonês de preparar café!

Desenvolvido no Japão, o dripper ganhou destaque após ser utilizado no Campeonato Mundial de Brewers de 2019 pela barista chinesa Jia Ning Du, campeã da categoria.

Disponível nas versões acrílico e cerâmica, o Origami Air S conta com 20 ranhuras simétricas internas que fazem com que o filtro de papel fique mais rente às paredes do equipamento, possibilitando uma extração mais consistente que serve de 1 a 2 xícaras. Sua versatilidade permite que sejam usados tanto o filtro cônico da hario v60 (tamanho 01), quanto o flat da kalita wave 155.

Em maio, na cidade de São Paulo (SP), a Um Coffee Co. realizou a 1ª Origami Competition, que contou com a participação de 15 baristas. Com uma final totalmente feminina, a campeã da edição foi Jeane Artal, do Paraná. Aos interessados, a cafeteria paulistana vende o método em seu e-commerce e na unidade do Bom Retiro, por R$ 249.

Mais informações: www.umcoffeeco.com.br

TEXTO Redação • FOTO Gerson Cifuentes e Marta Dzedyshko

Cafeteria & Afins

Urban Kitchen – São Paulo (SP)

Localizada no bairro paulistano do Campo Belo, a Urban Kitchen tem como propósito apresentar uma consciência para além do menu, com o aproveitamento integral de produtos e a conscientização de funcionários e fornecedores.  Na cozinha, a chef Jacqueline Iwao busca usar alimentos orgânicos em suas criações para o brunch, almoço e jantar.

O brunch da casa conta com mais de 20 opções, entre elas tostadas com pão de fermentação natural, como a Pink Farms, que traz homus de beterraba, avocado ou abacate e microgreens; ou a Poché, que conta com boursin, avocado, tomates confit, ovo orgânico poché e microgreens. Outra alternativa é o Urbano, um prato vegano que apresenta fatias de batata-doce, avocado grelhado, scramble de tofu orgânico, espinafre, mix de cogumelos e microgreens. 

Outro destaque do menu são as panquecas americanas, com três opções: a Peanut, com creme de amendoim, banana, chips de coco, mel e frutas vermelhas; a Berries, com banana, morango, pasta de avelã e chocolate zero açúcar e coulis de frutas vermelhas; e a que leva doce de leite, banana, morango, ganache de doce de leite e chips de coco. O brunch fica disponível durante os dias de semana das 9h às 11h30 e das 15h30 às 19h, e all day aos finais de semana.

No almoço, o menu tem sugestões veganas, vegetarianas, além do kids. Para as entradas, um dos destaque é a burrata, ideal para dividir, que chega à mesa com pesto de espinafre, tomates confit e pão de fermentação natural. Nos pratos principais, algumas opções são a pescada amarela em posta ao molho de moqueca com banana da terra grelhada e arroz negro, e as tiras de frango grelhado com creme de shimeji e cebolinhas, batata doce e legumes à julienne. Para os vegetarianos, a chef sugere o picadinho com tofu, que é acompanhado com molho à base de tomate, cebolas e vinho tinto, arroz negro, feijão, espinafre banana da terra grelhada, ovo frito, farofa de nuts.

Os bowls aparecem como uma refeição variada e colorida. Com uma base fixa com quinoa, arroz negro, mix de cogumelos, avocado ou abacate grelhado, abobrinha e cenoura à julienne, ovos orgânicos, batata-doce e mix de sementes, o cliente escolhe a opção de proteína, que pode ser salmão com molho missô, camarão com molho de gengibre e mel, frango com molho caesar ou tofu com molho agridoce.

Na parte das sobremesas, a banoffe low carb é preparada com creme de doce de leite, banana, chocolate, canela e chantilly. Outras opções que são servidas no potinho são o merengue, banana peanut cake, o devil’s cake callebaut e o arroz doce. Para comer no prato, há a pavlova com suspiro, creme de vanilla, morango, coulis de frutas vermelhas e chantilly.

Para os fãs de café, a Urban Kitchen apresenta opções de grãos orgânicos cultivados por pequenos produtores dos estados de São Paulo e Minas Gerais. A bebida pode ser preparada em seis métodos diferentes, sendo a french press, chemex, aeropress, hario v60, koar e o espresso.

Informações sobre a Cafeteria

Endereço Rua Gabrielle D'anunnzio, 1.334
Bairro Campo Belo
Cidade São Paulo
Estado São Paulo
País Brasil
Website http://www.instagram.com/urbankitchen.br
Telefone (11) 5096-1861
Horário de Atendimento Todos os dias, das 9h às 23h
TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Mercado

Unidade da illycaffè em São Paulo (SP) reabre com novo conceito

Com mais de 260 unidades espalhadas pelo mundo, a illycaffè inaugurou sua loja no Brasil no início de 2021, no bairro do Jardins, em São Paulo (SP). Com o sucesso crescente, a marca italiana decidiu fechar o local em abril de 2022 para uma obra de ampliação, que foi finalizada neste mês de julho. Agora, além de cafeteria, o espaço abriga o novo restaurante da illycaffè, único da América Latina, que oferece o mesmo cardápio das lojas internacionais.

Agora, a unidade oferece 17 mesas em um ambiente que traz o design característico das demais lojas illy, como o grande balcão vermelho. Posicionado no centro da loja, o chandelier é composto por aproximadamente 100 xícaras e foi criado pela primeira vez no décimo aniversário da illy Art Collection. Outro ponto visual da unidade é a ilustração icônica produzida por Xanti Schawinsky para a illy, em 1934, que retrata uma face forte e pós-cubista de uma mulher bebendo café. 

O menu da loja – localizada na Rua Haddock Lobo, número 1.497, esquina com a famosa Rua Oscar Freire – serve não apenas brunch, mas também almoço e jantar. As opções variam entre sanduíches, croissants, focaccias, saladas, massas, risotos e sobremesas. Há também uma extensa carta de vinhos e coquetéis. O café servido é o illy blend 100% arábica, preparado por baristas certificados na Università del Caffè illy.

Ainda na unidade, o cliente pode adquirir as cápsulas de café do sistema illy Iperespresso (recicláveis), máquinas e sachês sustentáveis do sistema ESE, equipamentos exclusivos, as edições mais recentes da illy Art Collection, chás e infusões, louças diversas e chocolates clássicos.

TEXTO Redação • FOTO Divulgação