Mercado

Joias inspiradas nas lavouras de café

Assim como nós, você também é apaixonado por café? Esse amor de muitos brasileiros atravessa mares e continentes e chega ao Japão pelas mãos da empresária Laura Mine, brasileira que reside no país oriental. Ela é a fundadora da Laurina, marca de semijoias que tem o fruto como inspiração.

Além do nome, que faz referência a uma variedade rara de café arábica, a empresa traz grãos e até mesmo a flor de café em modelos de brincos, pulseiras e pingentes, feitos em prata 925 e folheados a ouro 18K. Além dos japoneses, os consumidores brasileiros podem comprar as semijoias no site ou na loja física, que fica na cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, terra natal de Laura.

Mais informações: laurina.com.br

TEXTO Redação • FOTO Positiva Design

Barista

BSCA lança plataforma de cursos sobre o universo dos cafés especiais

A Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) acaba de lançar sua nova plataforma com cursos on-line para o setor cafeeiro. Vanusia Nogueira, diretora executiva da entidade, explica que a expertise adquirida por meio de parcerias internacionais permitiu que a BSCA realizasse a formação, de acordo com as normas globais, de diversos profissionais no país.

“Já qualificamos diversas pessoas em várias áreas, passando da produção até a análise sensorial da bebida. Agora, preparamos algo interativo, dinâmico e com a cara do Brasil. Através da flexibilidade dos cursos on-line, os interessados poderão se capacitar, no seu ritmo, por meio dos protocolos de cafés especiais da BSCA, que consideramos os mais adequados para nosso país”, comenta.

Os primeiros três cursos da BSCA School já estão disponíveis. O “Introdução aos cafés especiais”, ministrado por Vanusia e Douglas Martins, Q-Grader certificado pelo Coffee Quality Institute (CQI) e juiz BSCA, é voltado para quem deseja melhorar a qualidade ou iniciar a produção de cafés especiais. O objetivo é fazer a imersão dos alunos no mundo dos grãos de excelência, transmitindo os pontos que compõem a cadeia produtiva, desde a fazenda, passando pelos concursos de qualidade até a comercialização.

A educadora e consultora em cafés, Adriana Valinhas, barista e brewer profissional formada pela SCA´s Education, conduzirá o “Curso Básico – Métodos de Preparo”, que apresentará os fatores influenciadores da qualidade e do sabor da bebida através da experimentação de diferentes métodos de preparo do café. Os alunos conhecerão a influência da qualidade da água, nível de torra, frescor, tipo de moagem, armazenamento, tempo de extração, entre outros na elaboração de uma boa bebida e também terão acesso aos métodos de preparo na hario v60, prensa francesa e cafeteira italiana (Moka).

Já o “Curso Básico de Barista” será ministrado por Simoni Yamaguty, instrutora, educadora e barista licenciada pela SCA em Sensory Skills Professional. Os alunos serão apresentados aos principais fundamentos do preparo de café espresso e cappuccino, recebendo conhecimentos sobre os componentes de uma máquina, como operá-la e realizar a limpeza, entender as ferramentas e para que servem no dia a dia desse profissional, além de entenderem quais as variáveis que podem influenciar no preparo da bebida.

Todos os cursos são on-line. Ao final das avaliações, os formandos que alcançarem a nota mínima nas provas receberão um certificado digital.

Serviço
Curso “Introdução aos cafés especiais”
Inscrição: https://bit.ly/3luxIO3
Duração: 2h40 – 39 aulas

Curso: “Básico – Métodos de Preparo”
Inscrição: https://bit.ly/3nB9dRS
Duração: 1h20 – 22 aulas

Curso: “Básico de Barista”
Inscrição: https://bit.ly/39a8qyH
Duração: 1h30 – 28 aulas

TEXTO Redação • FOTO Felipe Gombossy

Esquema da fenologia do cafeeiro arábica

Agora você vai entender direitinho como “funciona” nossa planta favorita: o café, é claro! Conheça as fases da fenologia do cafeeiro arábica no Brasil.

Existem sempre dois ciclos acontecendo em um ramo de café, ao mesmo tempo: o primeiro ano fenológico (a primeira e a segunda fases do infográfico) e o segundo ano fenológico (a terceira, a quarta e a quinta fases do infográfico). 

Primeira fase: começa a formação das gemas florais (que viram flores) e gemas vegetativas (que viram novos galhos).

Segunda fase: nessa fase, as gemas se diferenciam e amadurecem. Depois elas ficam ali quietinhas esperando o momento de despertar – e esse momento é: a chuva! Esse estágio é muito importante porque qualquer chuvinha fora de hora pode despertar uma florada e bagunçar toda a maturação do café naquele ano. 

Terceira fase: Ahh… A florada! As flores vivem em média três dias, depois secam e dão lugar aos chumbinhos, que vão crescer e virar cerejas. 

Quarta fase: nesse estágio, as cerejas (e os grãozinhos dentro delas) se expandem!

Quinta fase: aqui os frutos já cresceram o que tinham de crescer. Agora eles vão amadurecer e se tornar cerejas vermelhas ou amarelas, dependendo da variedade. Quando as cerejas estiverem bem maduras, é hora de colher!

TEXTO Juliana Sorati

Mercado

Rede de supermercado Verdemar lança cafés campeões do Concurso de Qualidade de MG

Na última segunda-feira (13), a rede de supermercado Verdemar lançou a linha Cafés Campeões, com grãos premiados no Concurso de Qualidade de Cafés de Minas Gerais, safra 2020, promovido pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG). No total são 14 cafés oriundos das quatro regiões produtoras mineiras. Os produtos já estão disponíveis nas gôndolas das unidades.

Participaram da cerimônia de lançamento o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, a Secretária de Estado  de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Ana Maria Soares Valentini, o diretor-presidente da Emater-MG, Otávio Maia, os sócios do Verdemar, Hallison Moreira e Alexandre Poni, autoridades e lideranças da cafeicultura, além de produtores

“É o terceiro ano que temos essa parceria com a Emater para valorizar a cafeicultura mineira. E já estamos caminhando para o quarto ano, iniciamos os preparativos para o próximo concurso. Para nós do Verdemar, é uma honra apoiar o cafeicultor mineiro e levar esse produto de excelentíssima qualidade para nossos clientes”, destaca Alexandre Poni. Em novembro, o Verdemar irá sediar a final da edição de 2021 do Concurso de Qualidade de Cafés de Minas Gerais.

O campeão estadual foi o cafeicultor Ademir Abreu de Lacerda, do município de Espera Feliz, região das Matas de Minas. Para ele, o apoio do Verdemar ao concurso engrandeceu ainda mais o setor. “O Verdemar impulsionou o concurso e deu um ânimo a mais aos cafeicultores, afinal, nós produtores dos cafés vencedores temos a chance de ver nosso produto exposto e sendo comercializado, e sendo valorizado por uma das maiores redes de supermercado do Brasil”, enfatiza.

Durante seu discurso, o governador de Minas Gerais parabenizou os mais de 1,7 mil participantes. “Parabenizo o Ademir e também todas as milhares de pessoas que trabalham na cafeicultura, que, com muito leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Conor Brown

Cafezal

Como funciona uma cooperativa? Assista ao 17º episódio da websérie da BSCA

Na quarta-feira (15) acontece o lançamento do 17º episódio da websérie “A História do Café Especial – O olhar da BSCA em 30 anos”, realizada pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Café Editora.

O vídeo traz detalhes sobre o papel das cooperativas na vida dos produtores brasileiros e como elas funcionam. A produção conta com a participação de José Marcos Magalhães, presidente da Minasul, para abordar o tema.

Movimento da xícara ao grão

Com novos episódios lançados todas as quartas-feiras no YouTube da BSCA e no Instagram da Revista Espresso, o projeto busca levar informações relevantes sobre a cadeia do café especial ao consumidor final e a todas as pessoas que não possuem conhecimento deste universo, rebobinando o trajeto da bebida da xícara ao produtor e sua lavoura.

Com o intuito de aproximar as pontas do setor, a websérie conta com linguagem acessível e tradução em inglês. Deste modo, mais pessoas ao redor do mundo também podem conhecer de perto a história do café especial no Brasil e ficar por dentro de toda a qualidade da produção nacional!

TEXTO Redação • FOTO Café Editora

Mercado

Edgard Bressani deixa a diretoria da Capricornio Coffees

Executivo agora se dedica a um novo projeto, ainda em desenvolvimento, que contará com a sua assinatura

O Q-Grader e cafeólogo Edgard Bressani, sócio-proprietário da Capricornio Coffees, anuncia que está deixando a diretoria da empresa. Agora, o executivo irá se dedicar a um novo projeto – ainda em desenvolvimento – com a sua assinatura.

Edgard possui mais de 20 anos de carreira no setor dos cafés especiais e passou por empresas como O’Coffee, do Grupo Quércia, onde foi diretor executivo por cinco anos; e recentemente a Capricornio Coffees, da qual foi diretor e sócio-proprietário também por cinco anos – e onde segue até concluir a venda de sua participação.

Atuação no mercado cafeeiro

Iniciou sua trajetória no setor a convite de José Francisco Pereira, superintendente da Agropecuária Monte Alegre. Posteriormente, atuou como consultor na P&A Marketing Internacional.

Edgard coordenou o Programa Cafés do Brasil, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Também participou ativamente do Conselho de Relações Internacionais da Specialty Coffee Association of America (SCAA) e foi convidado para ser o coordenador do Brazilian Chapter da Speciality Coffee Association of Europe (SCAE).

Em 2008, foi eleito presidente da Associação Brasileira de Café e Barista (ACBB). Em 2011, foi eleito vice-presidente da Associação Brasileira das Origens Produtoras de Café e, em 2012, assumiu a presidência. Desde 2016 é conselheiro da Associação de Cafés Especiais da Alta Mogiana (AMSC) e foi conselheiro por quatro anos da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA).

Coordenou o Campeonato Brasileiro de Barista durante três anos e é o primeiro juiz brasileiro certificado internacionalmente pelo World Barista Championship. É autor do livro “Guia do Barista – Da Origem do Café ao Espresso Perfeito”, que já está em sua 5ª edição.

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Cafezal

Inscreva-se para o Coffee of The Year Brasil 2021 até 1º de outubro!

Já separou a sua melhor amostra? Até 1º de outubro estão abertas as inscrições para o Coffee of The Year 2021, concurso que tem como objetivo reunir os melhores cafés do Brasil e eleger os grandes destaques do ano!

Assim como no ano passado, os produtores interessados em participar podem se inscrever em quatro categorias: arábica, canéfora, fermentação induzida arábica e fermentação induzida canéfora, sendo as duas últimas menções honrosas.

Neste ano, com a Semana Internacional do Café acontecendo de maneira híbrida entre os dias 10 e 12 de novembro – na plataforma on-line e no presencial em Belo Horizonte (MG) – os visitantes da feira poderão degustar e votar em sua amostra favorita entre as finalistas, que serão 10 arábicas, 10 canéforas, 3 fermentação arábica e 3 fermentação canéfora. Além disso, o anúncio dos campeões do concurso também ocorrerá presencialmente no último dia de SIC.

“Em 2021 temos um novo desafio que é retomar a etapa do público provando os cafés no Expominas, em Belo Horizonte. Acreditamos que essa troca entre os visitantes da SIC e também essa referência de sabores da safra é extremamente importante como aprendizado para os produtores”, comenta Mariana Proença, diretora de conteúdo da Café Editora, uma das realizadoras do evento.

Os cafés inscritos

Serão aceitos cafés que no pós-colheita são levados aos processos:

– via seca (fruto seco com todas as suas partes constituintes, resultando nos cafés em coco/café natural);
– via úmida (cafés secos após a retirada da casca do fruto, podendo ainda, haver ou não, a retirada da mucilagem por fermentação natural ou com uso de desmuciladores mecânicos);
 fermentações induzidas ou controladas, onde leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Café Editora

Café & Preparos

Projeto envolve rota de cafés em Belo Horizonte (MG)

Com o intuito de apresentar as cafeterias de Belo Horizonte (MG) aos moradores e turistas, a Primotur lançou, na última sexta-feira (10), a Rota Turística Cafeeira de Belo Horizonte – do grão à xícara, com o apoio da Belotur e da Prefeitura de Belo Horizonte.

O evento ocorreu de forma on-line e pode ser conferido aqui. Contou com a apresentação de Daniel Coli, do Achega/Oficina do Espresso e com profissionais do setor cafeeiro que explicaram sobre métodos de preparo, torra e como são preparados os cafés e comidinhas de acompanhamento nas cafeterias participantes!

“Recebemos uma família do Recife que veio conhecer Minas Gerais e nesse dia eles iriam para Ouro Preto e Mariana. Eles nos questionaram onde poderiam tomar um café especial, já que Minas é o maior produtor do país, e também queriam comer um bom pão de queijo”, conta a gerente comercial da Primotur, Flávia Braga.

Flávia relata que após esse momento entrou em contato com o barista e Q-Grader, Osnei Cesarino, para que a ajudasse a montar um roteiro que apresentasse, aos interessados, as cafeterias de Belo Horizonte que trabalham com café especial, e na sequência o projeto foi contemplado no edital da Belotur, realizando, assim, o evento on-line.

O projeto ainda está em fase de roteirização e precificação. As pessoas podem reservar e comprar o passeio diretamente na plataforma da Primotur Receptivo. A saída será com mínimo de duas pessoas, entre o período das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Inicialmente as cafeterias envolvidas são: Mierim Empório e Café; Yes, nós temos café; Elisa Café e Torrefação; Café da Rua (dentro da Livraria da Rua); Intuição Bolo & Café e estão abertos a outras cafeterias.

“Atualmente já estamos operando um passeio, que mescla o Circuito Liberdade (em que ocorre um tour externo pelos atrativos no entorno da Praça da Liberdade), Walking Tour Rua da Bahia, com finalização na Praça da Estação – no Café 104 BH, ali a pessoa terá uma aula sobre o processo de torra e cuidados do cultivo a xícara com Osnei Cesarino e acompanhado com um bom café especial (Annez Coffee) e um pão de queijo com doce de leite”, destaca Flávia.

Mais detalhes do roteiro, clique aqui.

TEXTO Redação • FOTO Jesse Ribeiro/Primotur

Mercado

Semana Internacional do Café faz retomada com evento presencial e digital em 2021

Marque na agenda! O principal encontro nacional do setor e um dos cinco maiores do mundo, a Semana Internacional do Café (SIC) retoma a realização presencial do evento no Expominas, em Belo Horizonte (MG). Atendendo aos mais completos protocolos de segurança e com avanço da vacinação no país, os realizadores promoverão o evento no formato híbrido – presencial e digital – de 10 a 12 de novembro de 2021.

Conhecida por oferecer extensa programação de conteúdos relevantes, ampla rede de conexões e movimentação de milhões de reais em negócios realizados, a SIC manterá seus pilares e promete ainda mais vigor na geração de negócios, através da  exposição de marcas, palestras e painéis, encontros, reuniões, premiações e cursos, tudo isso com acesso também através da sua plataforma digital.

Produtores, classificadores, torrefadores, traders, exportadores, proprietários de cafeterias, baristas e especialistas conhecerão as novidades do mercado e terão acesso em primeira mão aos melhores cafés brasileiros da safra 2021/2022, no concurso Coffee of the Year Brasil, e ações especiais promovidas por expositores e patrocinadores.

Segundo Roberto Simões, presidente do Sistema FAEMG: “Ao longo de oito edições já realizadas com muito sucesso, a SIC se consolidou como importante ponto de encontro, de fomento aos negócios e de divulgação da qualidade dos cafés do Brasil, para o consumidor interno e países compradores. É de extrema importância que possamos conjugar a realização do evento de forma digital e presencial este ano, aliando a experiência sensorial aos resultados econômicos e sociais que o evento sempre possibilita”.

Em 2020, primeiro ano da pandemia, a SIC 100% Digital foi um grande sucesso. Teve 25 mil acessos, de 58 países e mais de 70 horas de conteúdo e 176 palestrantes com grande relevância no mercado nacional e internacional.

A programação completa e os convidados confirmados serão informados através da plataforma oficial do evento e nas mídias sociais.

Retorno no Expominas

Empresas interessadas poderão expor em estandes esse ano seguindo todos os protocolos de biossegurança e com o objetivo de retomar e acelerar seus negócios que foram impactados pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

“Acreditamos que a SIC precisa ser esse ponto de encontro para a retomada, reconexão e reencontro do mercado de café. Os expositores e profissionais visitantes estão focados em pensar novas soluções para o setor e queremos oferecer todas as condições para que – de forma segura – possamos realizar o evento presencial e digital para marcar esse momento desafiador mundialmente”, afirma Caio Alonso Fontes, diretor de planejamento da Café Editora.

Com o modelo híbrido, a visitação controlada no acesso local garante a experiência presencial, ao mesmo tempo em que, na moderna plataforma digital, deve crescer continuamente a conexão cada vez mais global do setor. Dentre as atrações previstas está a participação de convidados internacionais em cursos e painéis, além de renomados especialistas nacionais que apresentarão conteúdos exclusivos e de muita relevância.

A Semana Internacional do Café (SIC) é uma iniciativa do Sistema FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais), da Café Editora, do Sebrae e do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa). Realizada desde 2013 em Belo Horizonte, capital do maior estado produtor do país, a SIC tem como foco o desenvolvimento do mercado brasileiro e a divulgação da qualidade dos cafés nacionais para o consumidor interno e países compradores, além de potencializar o resultado econômico e social do setor.

Serviço
Semana Internacional do Café 2021 
Quando:
10 a 12 de novembro
Onde: plataforma digital e no Expominas, em Belo Horizonte (MG)
Mais informações: www.semanainternacionaldocafe.com.br

Cafezal

31º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café prorroga inscrições

As inscrições para o 31º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso foram prorrogadas! Agora, os produtores podem enviar suas amostras até 20 de setembro de 2021.

Segundo a Comissão Julgadora, a prorrogação ocorre porque ainda estão sendo preparados cafés de regiões mais altas, além do atraso que vem ocorrendo no preparo e envio das amostras de café por conta da pandemia do coronavírus.

Para o Prêmio Ernesto Illy – Nacional, serão selecionados 40 produtores finalistas que concorrerão aos seis primeiros lugares. Desses seis, os três primeiros se classificarão para participar do 7º Prêmio Ernesto Illy Internacional em 2022, além de ganhar prêmios em dinheiro e diplomas.

Já o Prêmio Ernesto Illy – Regional terá até dois cafeicultores premiados em cada um dos 10 Estados/Regiões, sendo: Minas Gerais (subdividido em Cerrado Mineiro, Chapada de Minas, Matas de Minas e Sul de Minas); São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e as regiões Centro-Oeste, Sul e Norte/Nordeste. Todos os vencedores e finalistas receberão prêmios em dinheiro e diplomas.

O regulamento e a ficha de inscrição para o 31º Prêmio estão disponíveis no site do Clube illy do Café. É permitido a inscrição de apenas uma amostra de café arábica. Se a propriedade rural possuir mais de um sócio, as amostras deverão ser inscritas em nome do sócio responsável na receita estadual.

Os melhores cafés serão selecionados por uma comissão julgadora, com especialistas da Experimental Agrícola do Brasil/illycaffè. As análises serão feitas pela classificação do café quanto ao aspecto, seca, cor, tipo, peneiras, teor de umidade, torração e pela qualidade da bebida, inclusive com degustação para espresso.

Durante o período de inscrição, o produtor poderá vender o lote inscrito e aprovado para a Experimental Agrícola do Brasil/illycaffè desde que a mesma demonstre interesse, conforme suas normas de compra, também informadas no site do Clube illy.

Endereço para envio da amostra e inscrição:
Experimental Agrícola do Brasil Ltda
Rua Dr. Nicolau de Souza Queiroz, 518 – Vila Mariana
CEP 04105-001 – São Paulo/SP – e-mail: compras@illy.com

TEXTO Redação • FOTO Café Editora