Mercado

Associação Brasileira da Indústria de Café explica a importância de escolher grãos certificados

O café é um item essencial na mesa de todos os brasileiros, seja para dar energia na parte da manhã ou concentração no final da tarde. Porém, é necessário ter cuidado na hora de escolher a marca que será consumida.

Durante o processo de colheita dos frutos, impurezas como cascas, pedaços de folhas e sujeiras podem se juntar ao grão, e é necessário um controle rigoroso na aquisição da matéria prima e na industrialização para não comprometer a qualidade final da bebida.

Com o intuito de garantir respeito e confiança para o consumidor e, ainda, valorizar o trabalho de empresas comprometidas com a qualidade do produto final, a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic) criou os Selos de Certificação.

O primeiro, desenvolvido em 1989, foi o Selo de Pureza, que atesta que a mercadoria é pura e sem adulterações, oferecendo segurança alimentar e impedindo irregularidades. Em 2004, foi lançado o Selo de Qualidade, responsável por certificar a categoria de qualidade do café, assim como a consistência do produto final através de uma metodologia de análise sensorial, que classifica os cafés em quatro categorias: Extraforte, Tradicional, Superior e Gourmet.

Outra importante iniciativa da Abic é o Programa Cafés Sustentáveis do Brasil, que valida produtos que utilizam cafés de fazendas certificadas quanto à sustentabilidade e preservação leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Justus Menke / Tyler Nix

O que é lenda e o que é onda?

Vocês sabem que nós brasileiros temos uma enorme oportunidade? O café – a bebida – levou centenas de anos para chegar ao que consumimos hoje. Em meio a tantas outras plantas foi descoberta uma cujo frutinho doce, quando colhido maduro, levado ao terreiro, descascado e beneficiado resulta em um grão cru. Esse mesmo grão, já seco e torrado, depois moído, em contato com a água quente vira uma bebida saborosa e energética. Ufa! Imagina quanto tempo, conhecimento e testes foram necessários? São muitas lendas e histórias que passam pela África, Arábia, Europa e, é claro, pelo Brasil, quando ele chegou aqui, em 1727.

Ao longo do tempo, principalmente nos pós-guerras, já no século XX, os consumidores se distanciaram muito da origem da bebida por conta da industrialização. O café embalado, em pó ou solúvel, é vendido no mundo inteiro. Muitas pessoas não sabem que ele é grão e, muito menos, fruto. O acesso fácil ao produto, em quantidade, fez com que seu consumo crescesse ano após ano. Hoje o mundo produz anualmente 168 milhões de sacas e consome 161 milhões. O café vem trilhando o caminho de produto premium de forma rápida, e grandes marcas investem em varejo, cafeterias e novos equipamentos para extração. O consumo mundialcresce, em média, 2% ao ano. Vivemos no Brasil a terceira onda do café – o preparo artesanal e a diferenciação por atributos, como origem, torra e comercialização.

Nesse novo hábito de consumo do café especial, que conquista cada vez mais pessoas e, sobretudo, jovens, a história da origem foi fortemente retomada. Principalmente o “como fazer”. Com a leia mais…

TEXTO Mariana Proença • ILUSTRAÇÃO Eduardo Nunes

Café & Preparos

Pesquisa realizada pela Melitta destaca mudanças de hábitos dos consumidores de café

Uma pesquisa recente, feita com consumidores de café dos EUA e encomendada pela Melitta, descobriu um aumento no consumo de café preparado em casa, juntamente com um desejo entre os apreciadores de melhorar suas habilidades de preparo da bebida.

Conduzido pela empresa de pesquisa de mercado independente Dynata, em nome da empresa de filtros e equipamentos para café, os resultados da pesquisa sugerem que pode haver oportunidades abundantes para torrefadores e fabricantes de equipamentos, já que os hábitos de consumo mudaram durante a pandemia de Covid-19.

De muitas maneiras, o estudo da Melitta vê o outro lado de uma moeda que mostra a diminuição do tráfego e das vendas em estabelecimentos varejistas, conforme exemplificado no relatório de maio da Square e da Associação de Cafés Especiais.

Entre os 515 adultos que bebiam café entrevistados no estudo da Melitta, notáveis ​​45% disseram que estavam usando um novo método de preparo em casa em comparação com 2019. Liderando esses métodos estavam os fabricantes de cápsulas de dose única (22%) e cafeteiras automáticas (20%).

Embora esses métodos enfatizem um desejo estadunidense duradouro por conveniência acima de tudo, quase metade dos entrevistados (46%) indicou o desejo de melhorar suas habilidades de preparo da bebida em casa. Quanto à origem desses cafés, 21% dos entrevistados disseram que estavam comprando mais café on-line em comparação com o ano passado.

Enquanto a maioria dos entrevistados disse que o café é uma parte importante de sua rotina de trabalho quando estão fora de casa, 54% dos trabalhadores disseram que leia mais…

TEXTO As informações são do Daily Coffee News / Tradução Juliana Santin • FOTO Andreas Palmer / Nathalia Segato

Receitas

Caipirinha de folha de pitanga

Ingredientes
– 1/2 limão-taiti, com casca e sem a parte branca central
– 10 folhas de pitanga
– 1 dose de cachaça
– 2 colheres (sobremesa) de açúcar cristal
– Pedras de gelo
– 2 colheres (sopa) de água com gás

Preparo
Macere o limão com o açúcar e as folhas de pitanga. Coloque as pedras de gelo até encher o copo. Acrescente a dose de cachaça e mexa bem. Complete com a água com gás e sirva.

FOTO Daniel Ozana/Studio Oz • RECEITA Tanea Romão, do Kitanda Brasil

Mercado

Parceria entre TRES e Havanna lança cápsula de cappuccino com doce de leite

A argentina Havanna, em parceria com a TRES, do Grupo 3corações, está lançando uma novidade em formato de cápsula: Cappuccino Doce de Leite, uma bebida que busca explorar as melhores notas do café combinadas com o doce de leite.

A ideia nasceu após a marca brasileira lançar o Cappuccino de avelã, que ganhou popularidade entre muitos consumidores. Acompanhando o sucesso, a TRES resolveu investir no doce de leite, outro ingrediente muito amado pelo público.

“Nosso foco é disponibilizar ao consumidor variedade, produtos inovadores, saborosos e práticos de preparar para facilitar o dia a dia e, tratando-se de doce de leite, a escolha da marca ideal para a parceria foi evidente, uma vez que a Havanna, assim como a 3corações em seu segmento, é referência em doce de leite. Pensando nisso, unimos o melhor do café com a excelência do cappuccino TRES, um sucesso de vendas, agora com ainda mais cremosidade e um toque do saboroso doce de leite Havanna”, afirma Renata De Stefano, head da TRES.

Disponível em cápsulas exclusivas para máquinas da TRES, o novo Cappuccino será vendido nos mais de 100 pontos de venda da Havanna, nos e-commerces de ambas as marcas e nos principais varejistas do País. A caixinha com dez cápsulas está R$ 18,98.

“O produto marca a entrada da Havanna em um uma nova categoria do varejo tradicional, o de bebidas, o que amplia o interesse do público em outros produtos do nosso portfólio. Com a cápsula de cappuccino doce de leite, chancelamos no varejo a venda de uma bebida que já é um sucesso em nossas lojas”, comenta Diego Schiano, diretor da Havanna no Brasil.

Mais informações: www.havanna.com.br e www.escolhatres.com.br

TEXTO Redação • FOTO Mocno Fotografia / Divulgação

CafezalMercado

29º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café acontece em outubro com transmissão no YouTube

No dia 7 de outubro, às 18h, a illycaffè realiza a 29ª edição do Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso. Em função do isolamento social imposto pela pandemia do coronavírus, a tradicional festa de premiação acontecerá pela primeira vez de forma virtual, com transmissão pelo YouTube do Clube illy do Café. Para assistir, clique aqui.

A edição contou com 970 amostras inscritas. Deste total, foram selecionados 40 produtores finalistas (clique aqui para conferir a lista). Durante a cerimônia de outubro, serão conhecidos os seis melhores cafés do País, sendo que os três primeiros participarão do 5º Prêmio Internacional Ernesto Illy (EIICA), que acontecerá em novembro. É na fase internacional que será revelada qual é a ordem de classificação dos três melhores do Brasil.

Além dos seis melhores do País, o 29° Prêmio Ernesto Illy também premiará os melhores das categorias regionais. Para isso, a illy divide o mapa brasileiro em 10 regiões: Cerrado Mineiro, Sul de Minas, leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Café Editora

CafezalMercado

Premiação do Coffee of The Year será ao vivo em plataforma exclusiva da SIC digital

A Semana Internacional do Café realiza desde 2012 o concurso Coffee of The Year, que tem como objetivo reunir os melhores cafés do Brasil e eleger os grandes destaques do ano, incentivando, assim, o desenvolvimento e aprimoramento da produção nacional e a divulgação de novas origens do café.

Em 2020, devido ao atual cenário mundial, o concurso precisou se adaptar para poder ser realizado de forma digital. As inscrições vão até 9 de outubro e podem ser feitas clicando aqui. A premiação acontecerá ao vivo no dia 20 de novembro, na plataforma oficial da SIC Digital.

Será um momento de comemoração e anúncio dos vencedores, como é feito tradicionalmente, com a apresentação da diretora de conteúdo da Café Editora, Mariana Proença, porém, desta vez, de forma on-line e cada um na sua casa!

Além dessa novidade, o COY 2020 passa por algumas mudanças, como:

  • Alteração no peso das notas dos provadores e do público para se adequar ao evento digital (ver regulamento resumido)
  • Necessidade de 5 kg de café cru de amostra
  • Criação das categorias adicionais: Fermentação Induzida Arábica e Fermentação Induzida Canéfora
  • Prazo máximo para envio das amostras: 9 de outubro de 2020

O concurso conta com duas fases. A primeira consiste em receber as amostras de produtores de todo o Brasil, que serão torradas e provadas por profissionais Q-Graders e R-Graders licenciados pelo Coffee Quality Institute (CQI). Na segunda fase, as melhores amostras participam da Semana Internacional do Café e são provadas por compradores nacionais e internacionais.

Destas amostras, as 21 melhores classificadas vão para a final do concurso (10 amostras de arábica, 5 de canéfora, 3 de fermentação induzida arábica e 3 de fermentação induzida canéfora). Essas amostras serão enviadas para HUBS, pontos de encontro espalhados pelo Brasil, para que o público possa ir até o local e provar os cafés. Em breve serão divulgados os locais! Fique atento nas redes sociais oficiais da SIC.

A SIC Digital contará com uma plataforma exclusiva e de fácil acesso. Serão três dias de evento totalmente on-line e gratuito, com o mais completo conteúdo de cafés do Brasil e negócios com empresas expositoras de diversos segmentos da agroindústria ao foodservice.

Serviço
SIC 100% digital e gratuita
Quando: 18 a 20 de novembro
Onde: em qualquer lugar!
Mais informações: www.semanainternacionaldocafe.com.br

TEXTO Redação • FOTO Semana Internacional do Café

Mercado

Espresso Design: inscrições abertas para concurso que premia embalagens de café

Você tem uma marca de café? Então não perca tempo e inscreva a sua embalagem na 4ª edição da Espresso Design, competição criada pela Espresso para julgar e premiar as melhores embalagens do setor cafeeiro!

Para participar é fácil! Basta preencher o formulário de participação – que pode ser acessado clicando aqui – e enviar a embalagem inscrita para o nosso escritório. O prazo de inscrição e recebimento das embalagens é 30 de outubro.

Serão aceitas embalagens criadas até o final de 2020 (que estejam em circulação ou que serão lançadas e tenham um protótipo para avaliação). Embalagens e/ou coleções limitadas produzidas em 2019/2020 e que não circulam mais no mercado podem participar também. Clique aqui para conferir o regulamento completo.

Após isso, ocorre a avaliação dos pacotes. O júri é composto pela nossa equipe + especialistas em design + convidados que atuam no mercado de café. Com o objetivo de mostrar as tendências e os elementos essenciais, os critérios de avaliação serão: visual/identidade, criatividade, originalidade, eficiência e conceito.

As 20 melhores avaliadas serão expostas na Semana Internacional do Café, que este ano acontece de maneira 100% digital e gratuita, e estarão disponíveis para voto popular na plataforma do evento. A embalagem que receber um maior número de votos será a grande campeã da edição!

Campeãs 2019!

A 3ª edição do concurso foi um sucesso! Recebemos mais de 140 embalagens e as melhores ficaram expostas na SIC 2019, em Belo Horizonte (MG). A vencedora do concurso foi a Cooperativa Cafesul, com a embalagem Casario, que conquistou 3.310 votos. O segundo lugar foi para Black Tucano Coffee Roasters e o terceiro ficou com o pessoal da Mokado Lab de Cafés!

Serviço
Semana Internacional do Café 2020 – 100% digital
Quando: 18 a 20 de novembro
Onde: em qualquer lugar!
Mais informações: www.semanainternacionaldocafe.com.br

TEXTO Redação • FOTO Café Editora

Cafezal

Rainforest Alliance Brasil promove live sobre café sustentável com participação da Espresso

Criada em 1987, a Rainforest Alliance é uma organização internacional sem fins lucrativos, que atua em mais de 80 países ao redor do mundo para ajudar a proteger o meio ambiente, conservar a biodiversidade e promover os direitos e o bem-estar dos trabalhadores, suas famílias e comunidades. No Brasil, a Rainforest Alliance está presente nas cadeias produtivas de café, cacau, laranja e outras frutas, além de atuar como parceira em projetos de preservação da Amazônia.

Até o dia 27 de setembro, acontece o Follow The Frog, uma ação global da Rainforest Alliance para chamar a atenção do consumidor final para os produtos que levam o selo da ONG. Durante a semana, todos os perfis da RA no mundo vão discutir sobre o poder coletivo dos consumidores para combater as mudanças climáticas, com lives e participações de parceiros e influenciadores.

Dentro desta ação, nessa quinta-feira (24), às 12h, a diretora de conteúdo da Espresso, Mariana Proença, participará da live sobre Café Sustentável, ao lado da diretora da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), Vanusia Nogueira, e da jornalista e criadora do podcast Coffea, Kelly Stein. Acompanhe através do Instagram @revistaespresso e @rainforestalliancebr.

Também na quinta-feira, às 18h, a Arcos Dorados, maior franquia independente do McDonald’s, que atua com café certificado pela Rainforest Alliance em todas as unidades do McCafé no Brasil, promove um bate-papo com especialistas sobre o grão.

O webinar tem como objetivo reunir entusiastas e amantes da bebida para conhecer um pouco mais sobre o processo de produção de grãos certificados e quais são os requisitos para que leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Café Editora

Mercado

Nespresso anuncia que todas as xícaras da marca serão livres de carbono até 2022

Na última quinta-feira (17), a empresa assumiu o compromisso global de compensar toda a sua cadeira de suprimentos e ciclo de vida de produto. Isso significa que, em 27 meses, tudo que for produzido e comercializado pela companhia será calculado em créditos de carbono e os impactos ambientes inerentes gerados pela atividade industrial serão minimizados totalmente.

“A mudança climática é uma realidade e o nosso futuro depende de irmos além e de forma rápida em relação aos compromissos com a sustentabilidade. É por isso que estamos agilizando nossos compromissos de oferecer aos consumidores uma maneira de degustar uma xícara de café neutra em carbono em 2022. Realmente acredito que tanto o nosso negócio quanto a indústria do café em si podem ser uma força mundial para o bem ao lidar com esta questão”, afirma Guillaume Le Cunff, CEO global da Nespresso.

A empresa divulgou que, para atingir a neutralidade em emissões de carbono, buscará algumas iniciativas, como a descarbonização de sua cadeia de valor com foco na eficiência energética em todas as operações da Nespresso, incluindo uma mudança para 100% de energia renovável em todas as boutiques e aumento do uso de biogás no processo de fabricação. Além disso, aumentará a circularidade dos produtos e embalagens, priorizando o uso de plástico reciclado nas máquinas e o uso de alumínio virgem de baixo carbono e reciclado nas cápsulas de café.

A Nespresso também informou que fará o plantio de árvore nas fazendas das quais a marca adquire café e em seus arredores, investirá em projetos para apoiar a conservação e restauração de florestas e implementará soluções de energia limpa em comunidades agrícolas. No Brasil, a empresa já conduz ações que se conectam a meta global, como as entregas verdes, avanços em reciclagem e plantio de árvores.

TEXTO Redação • FOTO Mihai Varga