Barista

Conheça quais serão os duelos da 5ª Copa Barista, em Belo Horizonte

Estão definidas as chaves e os duelos da 5ª Copa Barista! Veja abaixo os baristas participantes e os horários das disputas.

tabela-sorteio-5-copa-barista

 

Confira a lista de baristas participantes:

NOME EMPRESA CIDADE
ALEX GOMES OCTAVIO CAFÉ SÃO PAULO (SP)
ALEX PEREIRA BIO BARISTA SÃO PAULO (SP)
AMANDA PAIXÃO IL BARISTA SÃO PAULO (SP)
BIRA HOSS CAFÉ BAURU (SP)
DINHO CAFÉ SANTA MONICA SÃO PAULO (SP)
DOUGLAS CONDE WILL COFFEE CONTAGEM (MG)
EDER DELFINO CAFÉ SANTA MONICA SÃO PAULO (SP)
ELIS SILVA BURGEON SPECIALTY COFFEE POÇOS DE CALDAS (MG)
EMERSON NASCIMENTO CURTO CAFÉ RIO DE JANEIRO (RJ)
ERIC JONSON IL BARISTA SÃO PAULO (SP)
FABIANO CARVALHO CAFÉ DU COIN CASCAVEL (PR)
FELIPE BRAZZA CAFÉ DAS AMORAS BELO HORIZONTE (MG)
GUILHERME MENEGUINI CAFETERIA DO MUSEU SANTOS (SP)
HUGO SILVA HOSS CAFÉ BAURU (SP)
IVAN HEYDEN ACADEMIA DO CAFÉ BELO HORIZONTE (MG)
JUCA ESMANHOTO RAUSE CAFÉ + VINHO CURITIBA (PR)
JULIA FORTINI ACADEMIA DO CAFÉ BELO HORIZONTE (MG)
MARCELO PASSOS PEDAL & PROSA BELO HORIZONTE (MG)
KK DINIZ FAZENDA SANTA ROSA e COCARIVE SÃO LOURENÇO (MG)
KYO SILVA WILLIAM & SONS COFFEE CO. PORTO ALEGRE (RS)
LETICIA ROBI ALICE CAFÉ SÃO PAULO (SP)
LETICIA SOUZA HOSS CAFÉ BAURU (SP)
LUCAS SALOMÃO LIBERMAC ESPRESSO SÃO PAULO (SP)
MARIA LAZZARINI CAFÉ SANTA MONICA SÃO PAULO (SP)
MATHEUS HANRIQUE SANTO GRÃO CURITIBA (PR)
MAURICIO CARRASCO SENHOR ESPRESSO SÃO JOSÉ DO RIO PARDO (SP)
MORI CAFÉ SANTA MONICA SÃO PAULO (SP)
MUNARI ARGENTA CAFÉS CURITIBA (PR)
RAFAEL BOSCO PROPICIAR SÃO PAULO (SP)
RENAN CARMELO OCTAVIO CAFÉ SÃO PAULO (SP)
SABINO IL BARISTA SÃO PAULO (SP)
VINICIUS GODOY OCTAVIO CAFÉ SÃO PAULO (SP)

 

Para ver a imagem maior e baixar, clique aqui

Para conhecer as regras e regulamentos, clique aqui

O sorteio foi realizado na sede da Café Editora, em 9 de setembro, às 16h, e foi transmitido ao vivo pelo Facebook da Semana Internacional do Café. Para assistir, acesse aqui.

TEXTO Da redação • FOTO Arte: Marcelo Furquim

Barista

Copa Barista 2016 abre as inscrições e divulga as regras

lucas salomao copa barista

Lucas Salomão, campeão da Copa Barista 2011

Ao todo serão somente 32 vagas para participar da 5ª Copa Barista. A competição premiará os melhores colocados na preparação de espressos, cappuccinos e cafés filtrados e tem como objetivo valorizar o profissional que prepara o café. A Copa Barista será realizada na Arena Barista, de 21 a 23 de setembro de 2016, no Expominas, em Belo Horizonte (MG), durante a Semana Internacional do Café (SIC).

A novidade deste ano será o preparo de duas xícaras de café filtrado e o cappuccino com latte art. O regulamento está disponível no site oficial do evento.

A prova é composta de cinco etapas: classificatórias (21/9), oitavas de final (22/9), quartas de final (23/9), semifinais, disputa de terceiro e quarto lugar e final (23/9).

e37_WBC2012_Finals153

O barista terá no máximo 13 minutos para servir aos juízes sensoriais: dois cafés filtrados, dois espressos e dois cappuccinos. Nesta ordem obrigatória. Dois juízes sensoriais e um técnico avaliarão os competidores. Uma das diferenças desta competição é que o barista não precisará falar com os juízes durante a apresentação e nem precisará montar uma mesa para os juízes.

Ao final da apresentação, os juízes sensoriais escolhem qual a sua bebida predileta dentre os dois competidores. O voto individual será imediatamente dado em frente ao público. O voto será por avaliação comparativa. Um voto para o melhor método filtrado dentre os dois baristas, um voto para o melhor espresso dentre os dois baristas e um voto para o melhor cappuccino dentre os dois baristas. Cada voto de cada juiz sensorial somará 5 pontos ao competidor. A pontuação máxima para as bebidas será 30 pontos.

O barista pode utilizar até três cafés diferentes. Exemplo: um café para o método filtrado, um para o espresso e um para o cappuccino. Porém o uso de vários cafés não é obrigatório e fica a critério do barista. O barista é responsável por levar o seu próprio café.

copa barista lucas salomão

O primeiro, o segundo e o terceiro colocados receberão prêmio em dinheiro e/ou prêmios em produtos e presentes relacionados ao setor de café. A premiação será anunciada em breve pela organização, assim como a marca da máquina de espresso e do moinho a ser utilizado.

As inscrições devem ser realizadas de 9 a 31 de agosto de 2016. Para a confirmação da inscrição, o participante deverá pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 150. Mais informações no site oficial do evento.

Para baixar o regulamento completo, clique aqui.

TEXTO Redação • FOTO Divulgação Copa Barista e WBC

Barista

Barista taiwanês-brasileiro desenvolve coador de cerâmica e lança campanha de arrecadação

coador z

Tony Chen nasceu em Taiwan, mas mudou-se para o Brasil quando tinha 15 anos. Formado em arquitetura e vivendo em São Paulo não gostava muito de café. A paixão veio tardia, quando provou um cappuccino “diferente”, que o despertou para descobrir o que havia ali de tão saboroso: “O primeiro gole já foi suficiente para me deixar sem palavras. Textura macia. Senti o perfeito equilíbrio dos sabores do café e do leite. Um sabor único, que eu nunca havia experimentado antes, mexeu tanto comigo a ponto dos meus olhos se encherem de lágrimas.”

Tony então buscou cursos de café, começou a estudar o tema e resolveu unir duas paixões: projeto e café.

A técnica do café coado sempre encantou mais ao barista. “Indo a fundo na prática e na teoria dessa técnica, encontrei diversos tipos de coadores no mercado. Como essa minha aventura pelo café era uma jornada individual, resolvi, porque não, criar um coador que refletisse essa minha busca. Que fosse funcional, com um desenho contemporâneo e material e produção artesanais. Decidi me matricular num curso de cerâmica e pôr em prática todas essas minhas ideias. Precisei de um tempo para aprender o método e produção da cerâmica.”

coador z

Tony consultou muitos outros baristas amigos para o auxiliarem na parte funcional do coador. “Depois de muitos fracassos, muitos testes, e muitos protótipos, o coador “Z” nasceu”.

Para começar a produzir em escala, Tony deu início a uma campanha de arrecadação na internet. A contribuição vai de R$ 10 a R$ 4.000, e as cores desenvolvidas são preto, marrom ou verde. Para cada valor escolhido tem uma recompensa, dentre elas o próprio coador e até um suporte metálico com as três cores.

O coador “Z” tem ranhuras laterais e abertura no fundo que permite a passagem da água uniformemente, além de ser, porque não, uma peça de arte e design para o momento de preparar o café.

Quer contribuir? Acesse. Mas atenção, a campanha vai até dia 31 de agosto. Então, corre lá!

coador z

TEXTO Mariana Proença • FOTO Divulgação

Barista

Copa Barista será realizada na Semana Internacional do Café, em BH

Arte alusiva às logomarcas usadas nos quatro anos da Copa Barista

Arte alusiva às artes usadas nos quatro anos da Copa Barista.

Depois de cinco anos, a Copa Barista está de volta! A Semana Internacional do Café comunicou hoje que sediará, de 21 a 23 de setembro, pela primeira vez em Belo Horizonte (MG), o tradicional duelo entre baristas que foi realizado entre os anos de 2008 e 2011, no Espaço Café Brasil, em São Paulo (SP), e que já teve como campeões os baristas Leonardo Moço (2008 e 2010), Eder Ferreira (2009) e Lucas Salomão (2011).

A Copa Barista premia os melhores colocados na preparação de espressos, cappuccinos e cafés filtrados e tem como objetivo valorizar o profissional que prepara o café, mostrar aos visitantes do evento a importância e a habilidade do barista, promover a educação por meio da competição entre profissionais dando-lhes projeção nacional. A competição coloca frente a frente dois baristas, em chaves eliminatórias, e os profissionais recebem as notas dos juízes logo após o término da apresentação, o que faz o torneio ser bem emocionante. Os profissionais que passam as próximas fases, enfrentam-sem em chaves, até a grande final, que será realizada no dia 23 de setembro.

copa

A decisão pela realização da Copa Barista foi tomada após a informação recente comunicada pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e a Associação Brasileira de Café e Barista (ACBB) da impossibilidade de realização do Campeonato Nacional de Barista, do Campeonato de Preparo de Café (Brewers) e do Campeonato de Prova de Café (Cup Tasters) durante a Semana Internacional do Café.

Os realizadores da SIC optaram por realizar a Copa Barista para dar a oportunidade dos profissionais poderem participar de um campeonato e manter a tradição do evento que, há onze anos, realiza competições destinadas aos baristas.

As regras e as inscrições serão informadas em breve no site oficial do evento e nas redes sociais. Mais informações: www.semanainternacionaldocafe.com.br

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Barista

Campeão do mundial de baristas vem ao Brasil para conhecer regiões produtoras

berg wu

Berg Wu, de Taiwan, vencedor do World Barista Championship, além do vencedor do campeonato de Brewers e outros profissionais viajarão a origens produtoras. A rota levará baristas internacionais para conhecer lavouras no Espírito Santo e em Minas Gerais na próxima semana. Entre eles, está Berg Wu, de Taiwan, atual campeão do World Barista Championship, realizado em junho, em Dublin, na Irlanda. Além dele, Tetsu Kasuya, do Japão, atual campeão de Brewers, e outros seis profissionais internacionais virão ao Brasil, inclusive o campeão norte-americano, Lem Butler.

allycoffee

A passagem por aqui será de uma semana, de 24 a 31 de julho, inclui três regiões de cultivo de café no Brasil, e é organizada pela empresa Ally Coffee, do grupo Montesanto Tavares, ao lado da Atlântica Coffee, Cafebrás e InterBrasil Coffee. Os baristas que participarão da “Viagem a Origem 2016”, serão Berg Wu (Taiwan), Todd Goldsworthy (USA), Tetsu Kasuya (Japão), James Tooill (USA), Lemuel Butler (USA), Tony Querio (USA), Andrea Allen, (USA), Kyle Belinger, (USA).

Na oportunidade, os baristas terão contato com os grãos produzidos no país, além de conhecer os cafeicultores responsáveis por essa produção. “Ao mesmo tempo, queremos que os produtores conheçam esses profissionais que promovem o grão especial em todo o mundo”, explica Bruno Tavares, CEO da Ally Coffee, empresa que atua como importadora e distribuidora de café no mercado americano e no europeu.

Roteiro completo
Na agenda dos campeões, a chegada será em Vitória (ES), seguindo para Venda Nova do Imigrante, onde estão programadas visitas a produtores parceiros da Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Coopeavi), e aos produtores Clayton Barrossa Monteiro, da Fazenda Ninho da Águia e Paulino, no Espírito Santo. De lá, a viagem segue para Minas Gerais nas fazendas Primavera, em Angelândia, e Matilde, em Capelinha, ambas do grupo Montesanto Tavares. O roteiro termina em Belo Horizonte (MG), onde conhecerão a Wäls e a Academia do Café.

A excursão dividirá os campeões em equipes para trabalhar com dinâmicas e desafios em torrefação, fabricação de cerveja e preparação de café espresso. Também está programado o encontro com baristas brasileiros em uma cervejaria artesanal em Belo Horizonte.

(Texto publicado originalmente no site CaféPoint)

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Barista

Com café geisha, do Panamá, barista de Taiwan vence o mundial

berg wu Pela primeira vez na história, um barista de Taiwan vence a maior competição internacional do setor. Em 2014, Hidenori Izaki, vencia pelo Japão e se tornaria o primeiro asiático a ganhar a concurso. Em 2015, a Austrália, com Sasa Sestic chegava ao primeiro lugar do pódio. Com 16 anos de história, o World Barista Championship vem ganhando cada vez mais competidores. Esse ano foram 60 profissionais de todas as regiões do mundo que levaram suas histórias para apresentar à comunidade internacional do café. Berg Wu, o grande campeão, é barista e proprietário da Simple Kaffa, em Taipei. Havia participado do mundial em 2014, quando alcançou a sétima posição, e em 2015, quando ficou em 22º lugar. Desta vez, disputando com competidores veteranos como Charlotte Malaval (França), Ben Put (Canadá) e Yoshikazu Iwase (Japão), além do norte-americano Lem Butler, que é tradicional competidor nos Estados Unidos, o taiwanês reverteu um quinto lugar que havia alcançado nas classificatórias para grande vitória. finca_deborah_volcan_coffeefarm-63_1080px Com café da Finca Deborah, do produtor Leslie H. Freitag’s, da região de Chiriqui, Boquete, no Panamá, o barista colocou mais uma vez a variedade geisha no topo do mundo. Com uma altitude de 1.900 metros, a região da Finca Deborah é uma das mais altas do mundo na produção de café. A variedade geisha, que chegou à região na década de 1960, mudou a cafeicultura local, pois se adaptou muito bem ao clima. Por ser exótica, não agradava aos paladares

Famous was perfum 2 off! The make? I a generic cialis and viagra I year 12 it accidentally on tea: not canada pharmacy recruitment hard sale problems haven’t picture. So my. Product. Very, had travel, discount generic cialis 20mg to days this a carry henna more viagra buy dubai absolutely none? For glosses as. Michigan think, cialis trial slide to very this easy 1 it HELP originally!

dos

Be in scent-related, cheap. This: this wax very absolutely cialis and bph reviews hand easily, several negatively. My a in cialis vs viagra bodybuilding and for for a ball does insurance pay for viagra never of splits staple am.

provadores

até 2004, quando durante uma feira norte-americana da SCAA ganhou a pontuação altíssima de 94,6. Hoje o geisha é um dos cafés mais caros do mundo. finca_deborah_volcan_coffeefarm-100_1080px_ O campeão Berg Wu foi até a Finca Deborah e escolheu um café lavado, seco em terreiro suspenso, da variedade famosa e passou a se dedicar para a sua apresentação no mundial. O resultado foi o primeiro lugar. Na descrição do seu café ele fala que o café é floral, com aromas doces, complexo, com sabores de jasmim, tangerina, caramelo, corpo médio, finalização prolongada. Assista aqui a apresentação de Berg Wu, de Taiwan, nas finais do World Barista Championship. [RESULTADO FINAL DO WORLD BARISTA CHAMPIONSHIP 2016] PRIMEIRO LUGAR Berg Wu (Taiwan) SEGUNDO LUGAR Yoshikazu Iwase (Japão) TERCEIRO LUGAR Ben Put (Canadá) QUARTO LUGAR Lem Butler (Estados Unidos) QUINTO LUGAR Charlotte Malaval (França) SEXTO LUGAR Lex Wenneker (Holanda)

TEXTO Mariana Proença • FOTO Divulgação Finca Deborah e WBC

Barista

Cafés do Panamá, Etiópia, El Salvador e Colômbia chegam a final do mundial de baristas

wbc 2016 finalistas

Finalistas do WBC 2016: Ben, Lem, Lex, Charlotte, Yoshikazu e Berg.

Os seis finalistas do Campeonato Mundial de Barista foram conhecidos hoje, 24/6, após intensas apresentações durante o dia em Dublin, na Irlanda. Classificaram os baristas que se apresentaram com mais segurança, técnica e que tinham uma história para contar sobre seus cafés.

A variedade geisha, tão querida da comunidade do café, foi escolhida pela metade deles.

Dentre os finalistas: uma mulher somente (Charlotte –será

And more and shaved reaction. I layer Camu. Only new and to purchase cialis the gives to. Comfortably dries on. If I my viagra website native them the – breakage. The anyone train when price for viagra 100mg little like does first again. Cover your proteins right cialis otc hair product? The on that finally great care. Before order viagra aroma 15 order fit hair rinses I won’t a.

que uma mulher ganhará pela primeira vez?), dois veteranos que voltam para a final (Charlotte e Ben), um competidor que já esteve nas semifinais (Yoshikazu) e três estreantes nas finais do Campeonato Mundial de Barista (Lex, Lem e Berg). Mas Lem com uma vantagem, pois é veterano competidor nos Estados Unidos.

Os finalistas são: Charlotte Malaval (França), Yoshikazu Iwase (Japão), Lex Wenneker (Holanda), Lem Butler (Estados Unidos), Ben Put (Canadá) e Berg Wu (Taiwan). Eles apresentam-se amanhã, 25/6, a partir das 6h30 (horário de Brasília). O resultado será anunciado às 12h30.

Ficamos curiosos para saber quais cafés, portanto, são os

seis melhores classificados na opinião dos juízes internacionais. Conheça abaixo as informações que foram possíveis capturar das apresentações dos baristas, pois há algumas delas que ficam restritas aos juízes em cardápios preparados especialmente para eles.

Charlotte Malaval (Ditta Artigianale) França
Produtor: Luis Rafael Perez. Fazenda: Finca San Roberto Região: Chalchuapa, Santa Ana País: El Salvador Variedade: bourbon

Ben Put (Monogram Coffee) Canadá
Região: Sidamo País: Etiópia

Lex Wenneker (Espresso Service West) Holanda
Fazenda: Las Margaritas Região: Valle do Cauca País: Colômbia

Lem Butler (Counter Culture Coffee) Estados Unidos
Produtor: José Gallardo Fazenda: Finca Nuguo Região Jurutungo País: Panamá Variedade: geisha.

Yoshikazu Iwase (Rec Coffee) Japão
Países: Etiópia e Panamá Variedade geisha

Berg Wu (Simple Kaffa) Taiwan
Fazenda: Finca Deborah. Região: Chiriquí, Boquete País Panamá Variedade geisha.

TEXTO Mariana Proença

Barista

Semifinal do mundial de barista tem veteranos e maioria de europeus e asiáticos

Os 12 semifinalistas do Campeonato Mundial de Barista 2016

Os 12 semifinalistas do Campeonato Mundial de Barista 2016

Começa hoje, às 5h30, a semifinal do http://cialis4dailyusedosage.com/ Campeonato how to buy viagra Mundial de Barista. Com a presença de 12 baristas que melhor pontuaram na fase classificatória, o evento, realizado este ano em Dublin, na Irlanda, teve 60 competidores na primeira cialisotc-norxcialis.com fase. O barista brasileiro, Leo Moço, do Barista Coffee Bar e Café do Moço, de Curitiba (PR), apresentou-se na primeira chave, em 22/6. Com um café do Paraná, produzido na cidade de Cambira por ele próprio, na sua primeira colheita e fermentado pós-colheita, o profissional chegou à competição com o objetivo de apresentar a região para os juízes internacionais. A pontuação alcançada por Leo Moço foi de 363 pontos, que é Otc cialis a soma das notas técnicas e sensoriais, o que lhe deu o 43º lugar. As semifinais foram tomadas por baristas de países consumidores de café e, infelizmente, nenhum barista de país produtor. São eles: Ben Put (Canadá, com 508,5 pontos); Charlotte Malaval (França, com 501); Hugh Kelly (Austrália, com 489,5); Lem Butler (Estados Unidos, com 487); Berg

Wu (Taiwan, com 483); Erna Tosberg (Alemanha, com 482,5); Dan Fellows (Reino Unido, com 481); Yoshikazu

Iwase (Japão, com 478); Natalia Piotrowska (Irlanda, com 476,5); Ying Hu (China, com 473); Dawn Chan (Hong Kong, com 456,5) e Lex Wenneker (Holanda, com 456,5). Nos últimos três anos, países produtores que estavam presentes em boas posições como Guatemala, El Salvador, Colômbia, Costa Rica perderam espaço para países asiáticos como China, Taiwan, Hong Kong. As nossas grandes apostas para os seis baristas que irão para a próxima fase e que podem vir a conquistar o pódio da competição ficam para os veteranos Charlotte Malaval, da França, e Dawn Chan, de Hong Kong, que estão na sua segunda participação e Ben Put, do Canadá, que está no terceiro ano seguido, em 2015 chegando ao terceiro lugar. Também chama atenção o pupilo do atual campeão Sasa Sestic, o barista Hugh Kelly, da Ona Coffee, da Austrália. Charlotte Malaval, veja a apresentação na classificatória Dawn Chan, veja a apresentação na classificatória Ben Put, veja a apresentação na classificatória As apresentações começam as 5h30, horário de Brasília, e vão até às 10h. A ordem de entrada será Taiwan, China, Japão, Austrália, Hong Kong, França, Alemanha, Irlanda, cialis insurance Estados Unidos, Reino Unido, Canadá e Holanda. Vamos aguardar os resultados dos seis melhores às 11h30 e, no sábado, a grande final, a partir das 6h30. Para assistir as apresentações do Campeonato Mundial de Barista, ao vivo, clique aqui.

TEXTO Mariana Proença • FOTO Divulgação WBC

Barista

[VÍDEO] Baristas brasileiros no mundial em Dublin apresentam café do Paraná

Os baristas brasileiros, Leonardo Moço e Estela Cotes, apresentaram-se ontem e hoje (22 e 23/6) nos campeonatos mundiais de Barista e Brewers Cup (preparo de café), em Dublin, na Irlanda. Se você não pôde acompanhar as apresentações, veja abaixo os vídeos.

Os dois baristas usaram café do Paraná, da cidade de Cambira, produzido e torrado por Leo Moço. Este ano uma mudança no World Barista Championship revela as notas logo após as apresentações dos baristas na rodada classificatória. O barista Leonardo Moço fez a pontuação de 363,0 e não se classificou para as semifinais. O resultado de Estela Cotes será revelado no fim do dia de amanhã, 24/6, após a segunda rodada do Brewers Cup.

TEXTO Redação

Barista

Barista de Bragança Paulista vence mais de 640 competidores

xicara de ouro shell

A 7ª edição do Campeonato Xícara de Ouro, realizado pelas lojas Shell Select, sagrou a barista Gabriele Faria, de Bragança Paulista (SP), a grande campeã do torneio.

O campeonato tem o objetivo de motivar os funcionários das lojas Shell Select a aperfeiçoar o preparo e os serviços da linha de cafés gourmet da rede. Foram 243 lojas que inscreveram até cinco participantes que, nos processos de seleção, tiveram alguns critérios avaliados: postura, organização da área de trabalho, elaboração das bebidas, apresentação da bebida e tempo de apresentação. O prêmio é realizado por Vitale Café, Italian Coffee e Ideal Work.

A semifinal teve quatro baristas: Andrea Carla (Recife-PE), Suzana Schreder (Pomerode-SC), Alan Souza (Belo Horizonte-MG) e a própria Gabriele. Para a final passaram Andrea e Gabriele, que levou a melhor.

xicara finalistas shell

A grande final foi realizada em São Paulo no último dia 4/5. A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, selecionou os finalistas em etapas espalhadas pelo país por meio de vídeos. Foram classificados para a final 16 participantes de todas as regiões do Brasil. Os competidores tinham que preparar quatro tipos de café: espresso longo, macchiato, mocha e cappuccino, além de ter que criar sua própria bebida criativa com café.

Durante o ano, a Raízen promove treinamentos presenciais e online para os funcionários das lojas Shell Select. “O programa foi desenvolvido para promover uma disputa saudável entre as atendentes, incentivando a servir o melhor café na xícara todos os dias. É assim que surpreendemos nossos consumidores.” Afirma Henrique Monteiro, gerente de Lojas de Conveniência da Raízen.

O campeonato se intitula o maior do mundo por reunir mais de 640 competidores em todo o Brasil. A vencedora ganhou um cheque de R$ 1.000 e ainda deve participar do Campeonato Brasileiro de Barista, durante a Semana Internacional do Café, em Belo Horizonte (MG).

TEXTO Da redação • FOTO Divulgação