Barista

Começa a 2ª edição do Campeonato Brasileiro de Latte Art com bebida vegetal

Neste ano, o Naveia está promovendo o 2º Campeonato Brasileiro de LatteArt com Deleite Vegetal. A partir de 30 de agosto, 34 baristas de 17 cidades e 14 estados brasileiros disputarão as etapas regionais para definir um representante de cada região. Esta etapa vai acontecer on-line através do Instagram do Naveia da seguinte forma: a cada semana, profissionais de uma determinada região vão duelar em chaves definidas por sorteio através da dinâmica TNT (Thursday Night Throwdown), sistema mata-mata que é muito comum em competições do gênero.

Em cada disputa, dois baristas se enfrentam, cada um com um desenho, utilizando o Naveia Barista e as técnicas free pour (usando apenas a leiteira) ou etching (desenhando no café com ajuda de um palito), como preferirem. Cada rodada será avaliada por duas juízas especialistas (Lidiane Santos e Fafá Jungles) e também pelo público, que poderá eleger o seu latte art preferido através de enquetes postadas nos stories do Naveia. Quem conquistar o maior número destes três votos passa à fase seguinte até se chegar a um único representante de cada região.

Definidos os cinco finalistas, eles vão disputar a grande final presencialmente no Rio de Janeiro, no dia 24 de outubro, durante o Rio Coffee Nation. A disputa também terá transmissão ao vivo pelas redes sociais. O grande campeão vai ganhar uma passagem para Varsóvia, na Polônia, para assistir o mundial de latte art que acontece em junho de 2022, acompanhado de Tiago Rocha, barista embaixador do torneio, e da Amanda Albuquerque, vencedora da primeira edição do campeonato. Conheça os participantes:

Região Norte

– Rebeca Farias, da Barista Wave, Manaus (AM)
– Fábio Pereira, do Armazém 25, Belém (PA)

Região Nordeste

– Túlio Fernando, do Nerd Coffee House, João Pessoa (PB)
– Ramon Tenório, da SO LO Brewing, Recife (PE)
– Pedro Ícaro dos Santos, do Bom Café Brasil, Fortaleza (CE)
– Jhonata Torres, da Chocolate Lugano, João Pessoa (PB)
– Gustavo Rocha, do Versado Café, Recife (PE) leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Pete Willis

Barista

Confira os classificados para etapa final do Campeonato de Aeropress

A tarde deste sábado (28/08) foi agitada para os competidores do Campeonato Brasileiro de Aeropress 2021. Acompanhamos de pertinho, seguindo todos os protocolos de segurança por conta da pandemia de Covid-19, como foi realizada a primeira fase, que ocorreu no ATILLA Lab em Belo Horizonte (MG), e com os baristas on-line.

Como funcionou?

Cada competidor recebeu, em sua casa, o café oficial do Campeonato, um arábica, da variedade Paraíso, produzido na Fazenda Cachoeira, localizada em Santo Antônio do Amparo, no Sul de Minas e torrado pela Oop Café.

A organização escolheu seis baristas experientes, que foram chamados de Proxy, e eles quem representaram cada competidor. Foram eles: Helga Andrade; Marília Balzani; Claudio Alves; Samla Costa; Michelle Tameirão e Ieda Pereira.

Foram 27 competidores no total, sorteados em 9 chaves, 3 competidores para cada uma. Cada barista Proxy foi designado a um competidor nas rodadas, para reproduzir fielmente o preparo de cada competidor, que enviaram a receita via e-mail e tiveram 8 minutos para, durante uma live no Instagram, organizar e explicar as informações e assim na sequência os baristas Proxy preparavam o café naquela rodada.

Os três juízes Eystein Veflingstad – 3ª Onda Consultoria em Cafés; Tiago Damasceno – Cofundador do Oop Café, Barista e Torrador e Roger Naykhan Daros, sócio-proprietário da Fazenda da Cachoeira, que escolheram às cegas quem teve a melhor extração. Os competidores escolhidos irão se enfrentar na final, no dia no dia 25 de setembro, às 15h, na Fazenda Cachoeira. Além da competição, a organização oferecerá atividades para conhecer a lavoura e aprender sobre o cultivo orgânico com os produtores da propriedade, Miriam Monteiro e Roger. leia mais…

TEXTO Natália Camoleze • FOTO Divulgação/ Achega/ Natália Camoleze

Barista

Divulgada a lista de competidores do Campeonato Brasileiro de Aeropress 2021!

As inscrições para o Campeonato Brasileiro de Aeropress 2021 foram abertas na última quarta-feira (11), às 20h, e esgotaram-se em 20 segundos! Os 27 primeiros inscritos serão os competidores da edição deste ano. Confira os nomes:

Amanda Lobo – Goiás
André Luis – Minas Gerais
Ariela Lopes – Goiás
Bebel Hamu – Distrito Federal
Camila Silva – São Paulo
Carlos Araújo – Goiás
Carlos Eduardo Quintanilha – Distrito Federal
Daniel Alvarez – Rio de Janeiro
Daniel Pires Reinhardt – Paraná
Edson Maisonnette Junior – São Paulo
Gabriel Conninck Reinhold – Santa Catarina
Giovana Serrano – Paraná
Igor Dutra – Paraná
Isair Becker – Santa Catarina
João Luiz Andrade – Goiás
Júlia Henriques da Silva – Minas Gerais
Leonardo Gonçalves – Rio de Janeiro
Maíra Teixeira – São Paulo
Maria Gabriella Araújo – Santa Catarina
Matheus Cappellato – São Paulo
Matheus Luís Filagrana – Santa Catarina
Pam França – Santa Catarina
Pedro Anjos – Distrito Federal
Rafael Mendes – São Paulo
Robinson Kimura – São Paulo
Thiago de Souza – Goiás
Vinicius Lima – Bahia

Lista de espera

Henrique Neves – Minas Gerais
Paschoal Lorenzeto – Rio de Janeiro

A primeira etapa da competição, realizada de maneira virtual com apenas seis baristas representantes no laboratório da Atilla, em Belo Horizonte (MG), está marcada para acontecer no dia 28 de agosto, às 12h. Já a semifinal e a final, programadas para acontecerem presencialmente na Fazenda Cachoeira, em Santo Antônio do Amparo (MG), serão realizadas em 25 de setembro, às 15h. Saiba mais sobre a edição clicando aqui.

A 6ª edição do Campeonato Brasileiro de Aeropress é organizada pela Terceira Onda Consultoria em Café, OOP Café, Fazenda Cachoeira e portal COFFEA, com apoio de Apará Cafés Especiais e COFFEA Trips. Patrocínio Master por Atilla. Patrocínio Ouro por Grãos em Mãos. Patrocínio Prata por Semana Internacional do Café e Cropster. Patrocínio Bronze por Café Store, La Marzocco, Mahlkonig e Pressca. A Revista Espresso é a mídia oficial do evento. Acompanhe nas nossas redes sociais

Barista

Quem está por trás da xícara? 10º episódio da websérie da BSCA traz os personagens do café

Nesta quarta-feira (28) acontece o lançamento do décimo episódio da websérie “A História do Café Especial – O olhar da BSCA em 30 anos”, realizada pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Café Editora.

O vídeo conta um pouco sobre os profissionais que estão por trás das xícaras que tomamos todos os dias, desde os produtores, classificadores, mestres de torra, exportadores, traders, baristas, até as cooperativas e a indústria.

Os convidados da vez foram Julia Fortini, da Academia do Café; Boram Um, da Um Coffee; Emerson Nascimento, do Coffee Five; Fernando Trajano, do Café Versado; Donieverson dos Santos, da Bourbon Specialty Coffees; Lauro Ré, da 3corações; Silvio Leite, da Silvio Leite Café; Francisco Lentini, da Minasul; Humberto Florezi, da Falcafé; Reymar Coutinho, da Pinhalense; Sandra Moraes, da Expocaccer; Gabriel Nunes, da Nunes Coffee; e Luiz Paulo Pereira, da CarmoCoffees/Fazenda Santuário Sul.

Movimento da xícara ao grão

Com novos episódios lançados todas as quartas-feiras no YouTube da BSCA e no Instagram da Revista Espresso, o projeto busca levar informações relevantes sobre a cadeia do café especial ao consumidor final e a todas as pessoas que não possuem conhecimento deste universo, rebobinando o trajeto da bebida da xícara ao produtor e sua lavoura.

Com o intuito de aproximar as pontas do setor, a websérie conta com linguagem acessível e tradução em inglês. Deste modo, mais pessoas ao redor do mundo também podem conhecer de perto a história do café especial no Brasil e ficar por dentro de toda a qualidade da produção nacional!

TEXTO Redação • FOTO Café Editora

Barista

Conheça os finalistas nacionais da competição Licor 43 Bartenders & Baristas Challenge

Criado para dar mais visibilidade aos baristas e bartenders e, ao mesmo tempo, divulgar o Carajillo 43, coquetel que leva Licor 43, café espresso e gelo, a competição Licor 43 Bartenders & Baristas Challenge, na segunda edição da etapa nacional, contou com mais de 100 inscritos.

Diferente do ano passado, a edição deste ano contou com uma maior adesão de baristas, o que mostrou o crescimento do destilado na comunidade e a versatilidade do licor na criação de coquetéis relacionados ao café.

Os participantes tiveram que postar um vídeo em suas redes sociais preparando a receita proposta utilizando a #Licor43BB2021. O desafio era criar um drinque exclusivo contendo os dois ingredientes: Licor 43 e café.

O júri foi composto por Saulo Yassuda, repórter da Veja São Paulo e autor do blog Notas Etílicas; Mariana Proença, diretora de conteúdo da Revista Espresso; Laércio Zulu, bartender e mixologista responsável pelo grupo São Bento Gastronomia; e Tomas Lellis Vieira, gerente da Zamora Company América do Sul.

Na avaliação, foi levado em consideração a ideia por trás do coquetel, o nome, a influência do Licor 43, a facilidade para replicação, originalidade, apresentação, entrega, sabor, aroma e conhecimentos sobre o café.

O destaque foi dado para os drinques com histórias que relacionaram os ingredientes à diferentes movimentos da sociedade contemporânea, como o Tropicália, criado pela bartender Thalita Cacho, do leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Barista

Polônia e Austrália sediarão Campeonatos Mundiais de Café em 2022

A Specialty Coffee Association (SCA) anunciou hoje (27) que os Campeonatos Mundiais de Barista e Brewers de 2022 acontecerão durante a Melbourne International Coffee Expo (MICE), entre os dias 27 e 30 de setembro do ano que vem. O evento australiano, que sediou as competições em 2013, iria realizá-las também em 2020, porém foi cancelado devido à pandemia de Covid-19.

Já os Mundiais de Latte Art, Coffee in Good Spirits, Cup Tasters e Torra foram marcados para a World of Coffee, que acontece entre os dias 16 a 18 de junho de 2022, em Varsóvia, na Polônia.

“Estamos entusiasmados por ter garantido esses prestigiosos campeonatos mundiais. Já sabíamos que a Austrália era um destino renomado para o café e agora temos a chance de compartilhar nossa cultura com o público geral”, disse Lauren Winterbottom, diretora da MICE.

“Melbourne é uma localização fantástica para os campeonatos e estamos muito satisfeitos por estarmos hospedados na MICE mais uma vez”, comentou Yannis Apostolopoulos, CEO da SCA. “A Austrália tem uma cultura incrível e estamos animados para celebrar os melhores competidores de todo o mundo em uma cidade tão fantástica”, completou.

Ainda em 2021, os Mundiais de Barista, Brewers e Cup Tasters serão realizados no HostMilano, na Itália, entre os dias 22 a 26 de outubro. Já as competições de Latte Art, Coffee in Good Spirits e Torra foram adiados.

Mais informações: www.worldcoffeeevents.org

TEXTO Redação • FOTO Marcus Desimoni / NITRO

Barista

Milão sediará Mundiais de Barista, Brewers e Cup Tasters em outubro deste ano

Nesta segunda-feira (19), a Specialty Coffee Association (SCA) anunciou a realização dos Campeonatos Mundiais de Café na cidade italiana de Milão. O evento sediará os Mundiais de Barista, Brewers e Cup Tasters entre os dias 22 e 26 de outubro deste ano, no HostMilano.

“Após as dificuldades e interrupções do ano passado, estamos ansiosos para retornar e trazer nossa comunidade a este show maravilhoso”, escreveu Yannis Apostolopoulos, CEO da SCA, em comunicado.

Além da novidade, a entidade também informou que por conta do recente aumento de casos de Covid-19 em Taiwan, os Campeonatos Mundiais de Latte Art, Coffee in Good Spirits e Torra, que seriam realizados em novembro de 2021, em Taipei, serão adiados.

Mais informações: www.worldcoffeeevents.org

TEXTO Redação • FOTO Gustavo Baxter / NITRO

Barista

Bartenders e baristas: Inscrições abertas para competição de drinques com licor e café

Este ano, a Licor 43 apresenta a 5ª edição do Licor 43 Bartenders & Baristas Challenge, campeonato anual que desafia os profissionais participantes a criarem as melhores receitas que levem Licor 43 e café.

Essa é a segunda vez que o Brasil participa da competição. As inscrições gratuitas ficarão abertas entre os dias 21 de junho e 11 de julho, no site global da marca. Para participar é necessário que o candidato seja bartender ou barista profissional. O desafio é criar uma receita exclusiva contendo os dois ingredientes.

Saulo Yassuda, da Veja São Paulo; Mariana Proença, da Revista Espresso; Tomas Vieira, da Zamora Company América do Sul; e Zulu, mixologista responsável pelo grupo São Bento Gastronomia, irão avaliar os coquetéis dos seis finalistas. Nesta etapa serão levados em consideração: a ideia por trás do coquetel, o nome, a influência do Licor 43, a facilidade na hora da execução, a originalidade, a apresentação, a entrega, o sabor, o aroma e o conhecimento sobre café, novidade da edição.

O vencedor nacional será conhecido no dia 2 de agosto através de live no Facebook da Licor 43 Brasil e, em seguida, disputará a final global, realizada em outubro deste ano no YouTube oficial da marca.

No ano passado, em disputa acirrada entre os seis finalistas, o bartender do Rio de Janeiro, Genilson Ribeiro, levou o título de campeão e conquistou a vaga para disputar o mundial com o coquetel Impédio, que além da combinação sensorial, relacionou histórias do Brasil Colonial a cada um dos ingredientes da receita.

A combinação do coquetel Império, servido em taça coupé, leva 25 ml de Licor 43, 15 ml de café espresso, 10 ml de bitter, 20 ml de vinho Jerez e 20 ml de uísque The Famous Grouse. Para decorar, uma folha pequena e três grãos de café finalizam a bebida.

Entre os juízes globais estão: o guru dos coquetéis Merijn Gijsbers; o consultor e educador de café, Timon Kaufmann; e Penelope Bass, editora sênior da revista americana Imbibe. A tarefa deles será encontrar a melhor nova receita de coquetel Licor 43 com café. Em 2020, Annarose Krone, do O Nic’s on Beverly Bar, em Los Angeles, foi a grande vencedora global.

Mais informações: www.instagram.com/licor43brasil

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Barista

Já conferiu detalhes dos bastidores das cafeterias? Assista ao quarto episódio da websérie da BSCA

Nesta quarta-feira (16) acontece o lançamento do quarto episódio da websérie “A História do Café Especial – O olhar da BSCA em 30 anos”, realizada pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Café Editora.

O vídeo da vez traz um tema muito familiar para a maioria dos consumidores de café: os bastidores das cafeterias. Quem conta sobre o assunto é Katia Nassuno, da Flavors; Sandra Moraes, da Expocaccer; Fernando Trajano, do Café Versado; Leonardus Carvalho, Guilherme Figueiredo Gaiga e Andreia Felippe, do Âncora Coffee House; Boram Um, da Um Coffee Co.; e Clovis Althaus; do Café do Mercado.

Movimento da xícara ao grão

Com novos episódios lançados todas as quartas-feiras no YouTube da BSCA e no Instagram da Revista Espresso, o projeto busca levar informações relevantes sobre a cadeia do café especial ao consumidor final e a todas as pessoas que não possuem conhecimento deste universo, rebobinando o trajeto da bebida da xícara ao produtor e sua lavoura.

Com o intuito de aproximar as pontas do setor, a websérie conta com linguagem acessível e tradução em inglês. Deste modo, mais pessoas ao redor do mundo também podem conhecer de perto a história do café especial no Brasil e ficar por dentro de toda a qualidade da produção nacional!

TEXTO Redação • FOTO Karl Fredrickson

Barista

Fabricante de máquina de espresso: Envie seu equipamento para a certificação SCA

A Specialty Coffee Association (SCA) anuncia que os testes de equipamentos qualificados para uso nos Campeonatos Mundiais do Café (World Coffee Championships) foram iniciados como parte do Programa de Equipamentos Comerciais Certificados da SCA.

O programa analisa fabricantes de métodos, moedores e máquinas de café espresso, validando que foram projetados para dar aos baristas controle de qualidade e precisão, estejam eles no palco da competição ou atrás do bar atendendo clientes. O equipamento enviado passará por testes de desempenho usando um conjunto de padrões e avaliações desenvolvidos por especialistas da indústria.

Pré-requisito para patrocínios de categorias qualificadas para o Campeonato Mundial de Café, o programa deriva do WCE Qualified Testing, uma qualificação para equipamentos usados ​​em etapas de competição. Desde a criação desses padrões, que começou com o Campeonato Mundial de Barista em 2004, os fabricantes têm avançado em termos leia mais…

TEXTO Tradução Juliana Santin • FOTO Chase Eggenberge