Café & PreparosMercado

São Paulo Coffee Festival é remarcado para 2022

Em comunicado divulgado nesta terça-feira (30) nas redes sociais da marca, a organização do São Paulo Coffee Festival anunciou que o evento, que estava planejado para acontecer na Bienal do Parque Ibirapuera entre os dias 25 a 27 de junho deste ano, foi remarcado para os dias 24 a 26 de junho de 2022 em decorrência da pandemia de coronavírus.

“Estávamos muito animados para encontrar todos vocês, tomar cafés de diversas origens e celebrar a cena dessa nossa bebida preferida em São Paulo, mas, infelizmente, com as complicações da pandemia de Covid-19, não poderemos estar juntos presencialmente este ano”, escreveram.

O evento, que busca promover os cafés especiais e a gastronomia local, faz parte do Coffee Festival, uma série de festivais que acontecem há mais de dez anos em diversas cidades do mundo, organizados pela Allegra Events, como Nova York, Cidade do Cabo, Amsterdã, Toronto, Paris, Los Angeles, Milão e Londres, este último que contará com uma versão on-line neste ano, em abril.

No Brasil a marca São Paulo Coffee Festival é uma joint venture entre a Allegra Events e a Espresso/Café Editora.

Serviço
São Paulo Coffee Festival
Quando: 24 a 26 de junho de 2022
Onde: Bienal do Parque Ibirapuera
Mais informações: www.saopaulocoffeefestival.com.br

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Mercado

Vanusia Nogueira será indicada para diretoria executiva da Organização Internacional do Café

No dia 15 de março, entidades da cadeia produtiva do café no Brasil oficializaram com o Governo Federal a recomendação de Vanusia Nogueira, atual diretora executiva da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), como a candidata brasileira para a diretoria executiva da Organização Internacional do Café (OIC). 

Durante a reunião do Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC), realizada na última segunda-feira (29), os representantes do segmento privado e do Governo confirmaram a indicação de Vanusia para CEO do principal organismo da cafeicultura mundial.

O mandato do atual executivo da entidade, o também brasileiro José Sette, estende-se até 30 de abril de 2022 e ele comunicou ao corpo diplomático da Representação Permanente do Brasil junto às Organizações Internacionais em Londres (Rebraslon) sua decisão de não se candidatar novamente. 

O Brasil é o maior produtor e exportador de café e o segundo maior consumidor do mundo, exercendo um papel de liderança na Organização, em especial no momento atual, em que os esforços nacionais e de diversos países-membros estão voltados à reestruturação e à modernização da OIC através de uma Força-Tarefa e dos debates para o novo Acordo Internacional do Café (AIC). leia mais…

Mercado

Atenção, empreendedores: 5 cuidados na hora de manter o seu e-commerce

A pandemia de Covid-19 trouxe inúmeras mudanças nas nossas vidas e uma delas envolve a compra on-line. Muitos empresários tiveram que se adaptar ao comércio eletrônico e agora, com as restrições decretados em razão do agravamento da pandemia, esse novo perfil de negócios foi novamente colocado em evidência. Por essa razão, alguns cuidados devem ser tomados para que o empreendedor tenha êxito e não saia no prejuízo.

“Desde o início da pandemia, o e-commerce cresceu significativamente, tanto em número de compras on-line, quanto novos sites de vendas. Após um ano da pandemia, já é possível traçar os principais pontos de vulnerabilidade que esse ‘novo mercado’ resultou”, comentou Kristian Pscheidt, advogado sócio do Costa Marfori Advogados. Ele aponta cinco tópicos de cautela que devem estar no radar do empresário que atua no e-commerce.

1- Entregas/Não recebimento 

O não recebimento de mercadorias relacionadas ao extravio, entrega em local diverso, ou mesmo para pessoas não autorizadas, mostra-se o principal problema detectado no comércio eletrônico. A pandemia impulsionou as empresas de frete, que muitas vezes recebem uma sobrecarga de trabalho. É importante que o empresário se certifique da capacidade operacional da empresa de frete, bem como utilize de tecnologia apta a rastrear o produto e confirmar se foi efetivamente entregue ao consumidor correto.

2- Entregas/Atrasos

Ao lado de problemas relacionados ao não recebimento, os atrasos, as entregas incompletas ou mesmo de produtos danificados também concorrem no topo da lista de problemas. A questão logística é fundamental para o comércio eletrônico, sendo que as restrições de circulação das pessoas podem dificultar a entrega, sendo recomendável que o empresário sugira prazos maiores de entrega.

3- Problemas com pagamento

A utilização de meios eletrônicos de pagamento, em especial por intermediários financeiros, pode dificultar a identificação da operação, a confirmação do recebimento ou mesmo prejudicar o estorno do consumidor, caso ele se arrependa da compra. É importante atestar que os intermediários possuam uma plataforma que possibilite o acompanhamento em tempo real da operação, facilitando a identificação e operação do pagamento.

4- Fraudes

Cresceram as vendas on-line, multiplicaram-se as fraudes. É dever da empresa sinalizar, em seu sítio eletrônico, os cuidados que o consumidor deve ter ao adquirir um produto/serviço de forma remota. Adicionalmente, é necessário que o comerciante crie uma rotina de identificação de fraudes e comunique as autoridades competentes.

5- Logística reversa

O direito ao arrependimento é prerrogativa do consumidor, que pode desistir da compra. Porém, com o fechamento das atividades não essenciais, a logística reversa mostra-se um entrave. Desta forma, a empresa precisa custear um modo efetivo de recolhimento do produto e estipular prazos mais elastecidos, dada a dificuldade logística.

TEXTO As informações são do Kristian Rodrigo Pscheidt, sócio advogado do escritório Costa Marfori Advogados • FOTO William Moreland

CafezalMercado

Irmãs buscam divulgar cafés cultivados na Uganda e trabalho feminino na produção do grão

Duas irmãs nascidas na Uganda e criadas nos Estados Unidos lançaram a Mutima Coffee, uma empresa de varejo on-line que oferece cafés de alta qualidade cultivados no país da África Oriental.

A região do Monte Elgon, no leste da Uganda, perto da fronteira com o Quênia, é a área específica de foco do café para Sheila e Sharon Kasasa, que buscam destacar os esforços dos pequenos agricultores na produção de cafés especiais arábica.

Como empresárias de terceira geração, agora baseadas na área de Washington D.C., as irmãs Kasasa estão particularmente motivadas a divulgar, cada vez mais, o trabalho das mulheres no nível agrícola.

“Muitas vezes encontramos disparidades de renda entre fazendeiros. Como mulheres, nossas experiências são fortemente influenciadas por outras mulheres, como nossa mãe e nossa avó. Gostamos de celebrar a feminilidade como um todo e, portanto, reservamos um tempo para destacar as mulheres agricultoras nas comunidades com as quais trabalhamos, além de destacar toda a comunidade”, explicou Sheila Kasasa. leia mais…

TEXTO As informações são do Daily Coffee News / Tradução Juliana Santin • FOTO Café Editora

Mercado

illycaffè firma parceria para reciclar cápsulas no Brasil

A italiana illycaffè firmou um acordo com a TerraCycle para a reciclagem de suas cápsulas do sistema Iperespresso no Brasil. A parceria começará a funcionar a partir do próximo mês de maio e replica um modelo já em vigor em alguns países da Europa.

O sistema prevê o envio gratuito das cápsulas Iperespresso usadas, para que sejam recicladas as partes plásticas e feita a compostagem do resíduo orgânico. Qualquer consumidor ou cliente illy poderá participar, bastando apenas se registrar na página do programa – que estará disponível em maio – e levar suas cápsulas até a agência dos Correios mais próxima, sem qualquer custo.

Além disso, a parceria visa estabelecer pontos de coleta em locais selecionados, inicialmente em São Paulo e no Rio de Janeiro. O sistema poderá ser utilizado por consumidores domésticos, mas também por hotéis, bares e restaurantes (consumidores B2B) que utilizem as cápsulas Iperespresso profissionais.

A parceria também possui um componente social: para cada quilo de cápsulas coletadas, será feita uma doação para instituições sem fins lucrativos indicadas pelos próprios clientes e consumidores.

“A sustentabilidade sempre fez parte do nosso DNA. Iniciamos em 1991 a compra sustentável de café diretamente dos produtores brasileiros, pagando, desde então, um preço superior ao mercado, em reconhecimento ao atingimento de uma qualidade superior, mas também em respeito às melhores práticas sociais e ambientais, que controlamos ‘in loco’”, afirma Frederico Canepa, diretor-geral da illy no Brasil. leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Mercado

Micro e pequenas empresas foram responsáveis por 75% dos empregos formais gerados em janeiro

O relatório elaborado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base nos dados de janeiro do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), aponta que as micro e pequenas empresas (MPE) lideraram a geração de empregos em janeiro, criando, aproximadamente, 195,6 mil vagas, o que corresponde a cerca de 75% do total de 260.353 empregos formais registrado no mês.

O resultado também é quase o dobro do número de empregados gerado pelo segmento no mesmo mês do ano passado. Este é o sétimo mês consecutivo em que os pequenos negócios lideraram a geração de postos de trabalho no País. O relatório mostra, ainda, que as médias e grandes empresas (MGE) também registraram saldo positivo na geração de empregos. Foram 668.257 admissões, contra 626.653 desligamentos, resultando em um saldo positivo de 41.604 empregos. Esse número equivale a 15,9% do total de empregos gerados no Brasil.

“Nos últimos seis meses, os pequenos negócios apresentaram saldo total de 1,1 milhão de novos empregos, contra 385,5 mil novos postos de trabalho criados pelos médios e grandes. No último mês de janeiro, os setores que mais contribuíram para os saldos positivos foram serviços, indústria de transformação e construção. Esses resultados valem tanto para as MPE quanto para as MGE”, informou o Sebrae.

O relatório mostra, ainda, que a divergência ocorreu no setor do comércio. Enquanto as micro e pequenas apresentaram saldo positivo de 27,4 mil, as médias e grandes tiveram saldo negativo de 21,3 mil vagas.

Regiões

Em janeiro, a região Centro-Oeste apresentou o maior saldo, 17,26 novas vagas geradas a cada mil empregados, fechando janeiro com 55.795 empregos. A região Sul vem em seguida, com 14,24 empregos novos por mil empregados e fechando janeiro com 55.795 empregos. Depois vem o Nordeste, com 11,68 empregos a cada mil empregados, totalizando 36.037 empregos. A região Norte gerou 6.656 empregos, um saldo de 7,73 empregos por mil empregados. O Sudeste ficou com saldo de 7,09 a cada mil empregados, com 67.957 empregos gerados no mês.

Os estados que proporcionalmente menos geraram empregos foram São Paulo, Minas Gerais, Amapá, Rondônia, Rio de Janeiro e Amazonas. Com exceção do Amazonas, que apresentou saldo negativo, os demais geraram menos que sete novos empregos a cada mil postos de trabalho existentes.

TEXTO As informações são da Agência Brasil • FOTO Tyler Nix

Mercado

Rede canadense de café anuncia investimento em plano “Back to Basics” e em experiência digital

A cadeia de café canadense Tim Hortons anunciou um investimento corporativo de C $ 80 milhões (cerca de US$ 64 milhões) para destacar melhorias no menu na qualidade do produto e apoiar a experiência digital do cliente.

A marca lançou recentemente três novas atualizações de qualidade em seu menu como parte de seu plano Back to Basics, incluindo um novo café torrado escuro, sanduíches de almoço Craveables e ovos canadenses recém-rachados em sanduíches de café da manhã. Parte do investimento corporativo apoiará a conscientização desses lançamentos e iniciativas adicionais de qualidade do menu planejadas para 2021.

“Apesar das interrupções da Covid-19, nossa equipe manteve o foco ao longo de 2020 e entregou três lançamentos de produtos consecutivos com resultados iniciais encorajadores, contribuindo positivamente para nossas vendas”, disse Axel Schwan, presidente da Tim Hortons. “Também estamos vendo um grande progresso no digital com a adoção, uso e nível crescente de envolvimento dos clientes em nosso programa e aplicativo Tim’s Rewards. Além disso, continuamos trabalhando duro para melhorar as ofertas personalizadas no app e estamos lançando a venda preditiva em nossos painéis de menu drive-thru em todo o país este ano. Tudo isso faz parte do nosso objetivo de fornecer a melhor experiência digital do Canadá para os clientes”, destacou.

O aplicativo móvel Tim Hortons no Canadá viu os usuários ativos mensais crescerem aproximadamente cinco vezes desde 2018 e cerca de um terço de todos os adultos canadenses usou o programa de fidelidade Tims Rewards nos últimos 18 meses. O investimento apoiará o programa de fidelidade e outras iniciativas digitais estratégicas para continuar construindo a experiência digital.

Este investimento em 2021 também proporcionará um aumento substancial na publicidade geral ao longo do balanço do ano – tudo com o objetivo de destacar o sabor e a qualidade, a relação custo-benefício e leia mais…

TEXTO As informações são do Global Coffee Report / Tradução Juliana Santin • FOTO Erik Mclean

Mercado

Nespresso investe 9 milhões na marca Professional e lança máquina touchless

Nespresso Professional apresenta sua nova linha de máquinas ao mercado brasileiro de restaurantes, hotéis, cafeterias, padarias, escritórios e outros negócios. Intitulada “Momento”, a aposta busca oferecer a possibilidade de extração do café à distância, por meio do celular, sem necessidade de tocar a máquina, graças à tecnologia touchless. A novidade chega ao Brasil com as máquinas Momento Coffee, que possui um bico de extração de café, e Momento Coffee and Coffee, com dois bicos.

Além do design contemporâneo, a nova linha Momento promove interatividade e praticidade durante a experiência de extração do café. Através de uma tecnologia proprietária – um sistema de nuvem chamado Skyline –, a máquina tem a capacidade de ser acessada remotamente pelo smartphone, tanto para receber comandos, como extrair café à distância, quanto para enviar informações, como atualização de software.

A plataforma ainda é capaz de identificar o tipo de café, definir a medida e levar o consumidor a conhecer melhor sobre notas, sabores, harmonizações e receitas. A tecnologia é uma aliada durante a interação com a máquina, facilitando todo o processo, inclusive com alertas intuitivos de limpeza e manutenção.

A linha foi desenvolvida para atender às necessidades de estabelecimentos e escritórios onde o consumo do café vai além da habitual pausa cotidiana, tornando-se um facilitador de diálogos e promotor de relações interpessoais. Para isso, a estratégia de implementação do produto foi personalizada de acordo com a realidade das tendências e hábitos dos brasileiros.

“Entendemos que o café desempenha um papel significativo na cultura de uma companhia ou comércio e, por isso, foi primordial que adaptássemos esse lançamento global para o cenário atual do Brasil. As máquinas Momento combinam design inovador e tecnologia de ponta para agregar valor aos negócios de nossos clientes Nespresso Professional”, explica Eduardo Trielli, Head de Nespresso Professional no Brasil.

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Mercado

SCA anuncia evento on-line e gratuito voltado para empresários do setor de cafés especiais

Depois de um ano conduzindo pesquisas sobre o impacto da pandemia de Covid-19, reunindo percepções da comunidade para entender melhor as necessidades do varejo, a Specialty Coffee Association (SCA) anunciou o Coffee Retail Summit, um evento virtual e gratuito que conta com uma programação voltada para o varejista.

Marcado para os dias 13 e 14 de abril, no fuso horário do Pacífico dos Estados Unidos, o encontro reunirá uma série de palestras e discussões ao vivo com o objetivo de fornecer às cadeias de varejo de café e cafeterias as informações de que precisam para gerenciar os inúmeros desafios que seus negócios enfrentam hoje.

Para isso, serão debatidas as melhores práticas científicas, pesquisas de mercado, experiência do consumidor, entre outros temas, a fim de esclarecer dúvidas do dia a dia: “como posso transformar minha empresa para lidar com a realidade atual?”, “como o comportamento do consumidor em relação ao café está mudando com a pandemia de Covid-19?”, “como as empresas operam com segurança no contexto de uma pandemia e em um mundo com maior consciência de risco de doenças?”.

Junto com o evento virtual, a SCA anunciou também uma nova biblioteca on-line, onde os visitantes poderão encontrar pesquisas, palestras, podcasts, apresentações e textos que podem ajudar leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Conor Brown

Mercado

Nespresso e Correios se unem para aumentar pontos de coleta de cápsulas usadas

Foto: Jisu Han

Em busca de oferecer uma solução de reciclagem para os consumidores, a Nespresso irá disponibilizar bases para recebimento de cápsulas de café usadas em unidades dos Correios. O projeto piloto é fruto de uma parceria inédita entre as duas organizações, como parte da estratégia da Nespresso em ampliar sua capacidade de reciclagem em nível nacional. A ação começou em Fortaleza e agora segue para outros importantes mercados: São Paulo, Piracicaba e Santos, inicialmente como piloto também.

Os consumidores podem levar suas cápsulas usadas e descartá-las em determinado local dentro da unidade dos Correios, que fará a transferência do material até o Centro de Reciclagem da Nespresso, localizado na região metropolitana de São Paulo, para separar o pó de café do alumínio, sem a utilização de água. Tanto as cápsulas da linha doméstica quanto da linha profissional podem ser recicladas.

“No processo de economia circular, o alumínio é infinitamente reciclável, ou seja, ele volta para o seu ciclo de vida em formas variadas, como bicicletas e canetas. Enquanto o pó de café será compostado, se tornando adubo orgânico”, explica Cecilia Soares, gerente de Sustentabilidade da Nespresso no Brasil.

A parceria com as agências nacionais dos Correios começa como um projeto embrionário que pretende chegar a outros lugares na medida em que evoluir. “Os Correios estão engajados em ações leia mais…

TEXTO Redação • FOTO Jisu Han