Café & Preparos

O calor que faz a diferença

Além do cuidado com os grãos, detalhes como jogar água quente nos utensílios usados antes de preparar o café podem potencializar o sabor final da bebida e deixá-la quentinha por mais tempo

A qualidade dos grãos, o frescor, a moagem específica para cada tipo de método e a água usada são características que, se corretas, qualificam o café que o brasileiro tanto ama. O que muitos não sabem é que detalhes como passar água quente nos utensílios são importantes e fazem a diferença no resultado final. Muito utilizada pelos baristas nas mais diversas cafeterias Brasil afora, essa prática ainda não é tão conhecida pelos apreciadores de café. Escaldar o filtro, o método, o recipiente e a xícara é um ato simples e rápido que pode ressaltar o verdadeiro sabor do café e preservar sua temperatura por mais tempo.

Conversamos com Camila Franco, atual campeã nacional de Brewers Cup e barista da Lucca Cafés Especiais (Curitiba-PR), e com Hugo Silva, da cafeteria IL Barista (São Paulo-SP), campeão da Copa Barista 2017, e selecionamos três utensílios escaldados pelos profissionais dentro do balcão. Você também pode fazer isso em casa para garantir um bom café, do começo ao fim.

Para preservar o verdadeiro sabor
Camila explica que molhar o filtro é uma prática necessária: “É fundamental que seja jogada uma água quente para lavá-lo, principalmente se ele for o de papel. Quando você escalda o filtro, seja ele de papel, seja de metal, qualquer sabor residual que possa ser passado para o café é eliminado, como o gosto do próprio material ou de alguma bebida preparada antes”. Acredite, por menor que seja a impureza, ela pode mudar totalmente o sabor do café que você está preparando.

Uma dica: após o procedimento, não utilize a mesma água para fazer a bebida, senão todo o processo terá sido em vão. Para que não haja desperdício, você pode usá-la em outras situações, como para regar as plantas.

Extração na medida certa
A extração é a principal etapa na preparação do café. É justamente nesse momento, em que o café está passando, que se observa um ponto importante que precisa de atenção.

Desde o contato com o pó até o café finalizado, a água costuma perder temperatura, o que pode prejudicar o resultado final. Para que isso não aconteça, escalde desde o filtro até o recipiente onde cairá a bebida já pronta, seja uma jarrinha, seja uma garrafa térmica.

“Quando falamos de métodos de preparo de café, é interessante que todos os utensílios sejam escaldados antes. Por exemplo, se formos usar uma kalita de porcelana e um filtro de papel, aconselha-se molhar os dois juntos, além do recipiente que vai receber a infusão”, explica Hugo.

Segundo o campeão, isso não serve apenas para coados: “Muitas pessoas escaldam a french press e a deixam um tempo com a água quente dentro. Assim, a extração já ocorre sob uma temperatura mais elevada. Da mesma forma se pode fazer na aeropress, o que também serve para limpar e tirar resíduos de bebidas anteriores”.

Gostoso do começo ao fim
Para manter o café com o mesmo quentinho da infusão pode-se esquentar a xícara também. Essa prática fará o líquido esfriar mais devagar.

Segundo Hugo, escaldar a xícara é uma questão de gosto: “Algumas pessoas não gostam, enquanto outras fazem questão, pois isso eleva a temperatura do copo e deixa a bebida quente por mais tempo”.

Mas, cuidado! Atente para a temperatura usada a fim de não aquecer demais e queimar os lábios. Para escaldar, Hugo aconselha que seja usada a mesma temperatura da água do preparo do café. Lembre-se: tomar café é um hábito prazeroso, e fazê-lo é quase um ritual.

(Texto originalmente publicado na edição impressa da Revista Espresso, referente aos meses dezembro, janeiro e fevereiro de 2018 – única publicação brasileira especializada em café. Receba em casa. Para saber como assinar, clique aqui).

TEXTO Gabriela Kaneto • FOTO Daniel Ozana/Studio Oz

Café & Preparos

Quer moer o seu próprio café?

Tão importante quanto a escolha dos grãos e dos métodos é escolher um bom moedor na hora de fazer o café. Conta para gente qual o seu preferido!

Separamos algumas opções para você escolher:

Hario

Desenvolvido para ser armazenado em lugares menores, é considerado um dos melhores na questão da praticidade. Com lâminas de cerâmica inoxidáveis, o equipamento ainda dispõe de uma escala para medir a quantidade de café moída.

Valor: R$ 217,00
Onde encontrar:  www.cafestore.com.br

Cadence Di Grano

Possui duas lâminas de aço, que permitem uma moagem  fácil e rápida. Moedor portátil e compacto.

Valor: R$ 89,00
Onde encontrar:  www.cafestore.com.br

KitchenAid

Com capacidade para moer grãos de café para até doze xícaras grandes ou 36 pequenas. O aparelho conta com copo exclusivo de 125 ml e ainda acompanha uma tampa para armazenar e salpicar temperos. Ideal para quem busca versatilidade na moagem.

Valor: R$ 649,00
Onde encontrar: www.kitchenaid.com.br

Bialleti

Com corpo em aço inox e recipiente de grande capacidade, o equipamento permite a moagem de grãos para até 12 xícaras. Moagem com qualidade e velocidade.

Valor: R$ 178,90
Onde encontrar:  www.cafestore.com.br

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Café & Preparos

Curitiba realiza Festival com 15 cafeterias participantes

Entre os dias 2 e 17 de junho, a cidade de Curitiba (PR) receberá o Festival Drink Good Coffee. Com o tema “Origens do café”, o evento tem como objetivo divulgar a cena de cafés especiais na capital paranaense e aumentar o movimento nas cafeterias curitibanas.

Cerca de 15 casas irão participar este ano, onde cada uma irá apresentar uma promoção que envolve um espresso ou um coado, uma bebida com leite e um drink de café autoral, podendo ser alcóolico ou não.

“Cada cafeteria apresentará no cardápio a origem do grão, qual torrefação e o método utilizado. Desta forma, na hora de consumir o café, a pessoa entende mais sobre a cadeia produtiva e os processos envolvidos na produção da bebida. Uma oportunidade de conhecer novos lugares e sabores”, comenta Luiz Cesar Mello Junior, organizador do festival ao lado de Edenilso Gavlak, idealizador do projeto.

Dentre as cafeterias participantes, oito são novidades nesta 4ª edição. Para participar, os estabelecimentos precisam trabalhar exclusivamente com cafés especiais e de origem nacional, ter profissionais qualificados e equipamentos adequados para o preparo e espírito colaborativo. A lista dos estabelecimentos participantes será anunciada dia 1º/6.

Serviço
Festival Drink Good Coffee
Quando: 2 a 17/6
Onde: Curitiba (PR)
Mais informações: www.drinkgoodcoffee.com.br

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Café & Preparos

Resultados pré-seletivas de Brewers e Cup Tasters, em Manaus

A primeira pré-seletiva de Brewers e Cup Tasters na Região Amazônica foi realizada nos dias 19 e 20 de maio, em Manaus (AM). Organizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e a Cafeteria Como em Casa, o evento ocorreu na sede da Fundação Amazonas Sustentável. Os melhores competidores foram classificados para o Campeonato Nacional de Barismo. Após a fase nacional, os vencedores competirão nas etapas mundiais World Cup Tasters Championships e World Brewers Cup, organizadas pela World Coffee Events.

Confira os resultados:

Classificados para a etapa nacional – Brewers Cup
1º lugar Analice Barbosa – Como em Casa
2º lugar Bárbara Rebeca – coa.do
3º lugar Aldo Bitercourt – Kalena Café
4º lugar Rodrigo Torii – coa.do

Classificados para a etapa nacional – Cup Tasters
1º lugar
Elena Boscato – independente
2º lugar Ana Pimentel Lopes – Como em Casa
3º lugar Rodrigo Torii – coa.do
4º lugar Leandro da Rocha – independente

TEXTO Redação • FOTO BSCA

Café & Preparos

Você sabe fazer o café árabe?

Comumente chamado de café turco, o café árabe é feito em uma panela de cabo longo, o Ibrik, que permite a fervura da água junto ao grão moído. Essa é uma das únicas formas de fazer café em que a água é fervida. Neste método são necessárias três fervuras para considerar o café pronto para consumo. Uma dica é o uso do fogo baixo. Algumas especiarias são adicionadas a bebida pronta, como cardamomo, canela e anis estrelado.

O resultado final é de um café muito concentrado, servido em xícaras pequenas sem asa. A borra que fica no fundo da xícara após beber o café é usada para leitura do futuro, prática chamada de cafeomancia. Alguns provérbios turcos dizem que o café deve ser negro como o inferno, forte como a morte e doce como o amor”.

O barista Will, da Cafeteria Will Coffee, em Contagem (MG), explica que as primeiras panelas Ibrik foram produzidas em latão. Hoje, essas panelas são encontradas em metal, inox e até cerâmica. De acordo com Will, o material de fabricação da panela não interfere no resultado final da bebida. Segundo ele, o importante é o uso de um grão de torra escura e com moagem bem fina. “É preciso usar um café com mais personalidade para não perder o sabor para os outros compostos, como a canela”, disse o barista. A sugestão é o uso de duas colheres (chá) de café para 180 ml de água.

TEXTO Daniela Quitanilha • FOTO Felipe Gombossy

Café & Preparos

Já ouviu falar da Flask?

O método manual de preparo de café e chá pode ser usado em casa. A novidade foi desenvolvida pela companhia norte-americana de tecnologia Alpha Dominche e une facilidade com design moderno. A Flask é composta de um pistão e um filtro de aço inoxidável, uma garrafa de vidro, alça de couro e plástico. O método serve duas pessoas e lembra a french press, pois o pó fica em contato com a água e a extração ocorre após pressão do êmbolo. Para limpar, a borra fica acumulada no fundo, pronta para ser descartada. O projeto do utensílio está em fase de arrecadação. Para contribuir e conhecer mais sobre o método clique aqui.

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Café & Preparos

Café no feriado? Temos!

Selecionamos algumas cafeterias que vão funcionar neste feriado (1º de maio).

É dia de relaxar e tomar bons cafés!

RECIFE

Borsoi Café Clube

Foto: Paloma Amorim

Unidade Califórnia
Rua Artur Muniz, 82 – Recife (PE)
8h às 22h

Unidade Pina
Rua Joaquim Carneiro Silva 156 – Recife (PE)
8h às 18h
Tel.: (81) 3071-6834

BRASÍLIA

Belini Café

Foto: Divulgação

CLS 114 BL B Loja 07 – Asa Sul
8h às 22h
Tel.: (61) 3554-9005

Acervo Café

Foto: Daniela Quitanilha

QE 40 Conj. H, Lt. 18 – Guará II
14h às 22h
(61) 99665-5588

RIO DE JANEIRO

The Slow Bakery

Foto: Samuel Antonini

Rua São João Batista, 93 – Botafogo – Rio de Janeiro (RJ)
09h às15h
(21) 3563-8638

SÃO PAULO

Futuro Refeitório

Foto: Felipe Gombossy

Rua Cônego Eugenio Leite, 808 – São Paulo (SP)
8h às 22h30
Tel.: (11) 3085-5885

Takko Café

Foto: Felipe Gombossy

Unidade Vila Buarque
Rua Dr Cesário Mota Jr, 379 – São Paulo (SP)
9h às 19h

Unidade Vila Madalena
Rua Fidalga, 98 – São Paulo (SP)
9h às 19h
Tel.: (11) 3214-5322

Revo Coffee Co.

Foto: Divulgação

Avenida dos Bancários, 108A – Santos (SP)
14h às 20h30
Tel.: (11) 96194-4019

 

MANAUS

Kalena Café

Foto: Divulgação

Rua Fortaleza, 201 – Bl 2, sl. 4 – Centro Comercial Adrianópolis – Manuas (AM)
14h às 21h
Tel.: (92) 99169-8089

FLORIANÓPOLIS

Café Cultura

Foto: Mariana Proença

Rua Manoel Severino de Oliveira, 669, loja 3 – Lagoa da Conceição – Florianópolis (SC)
8h30 às 22h
Tel.: (48) 3771-1861

TEXTO Daniela Quitanilha

Café & PreparosMercado

10 cafeterias novas pelo Brasil para você conhecer!

De uns anos para cá, o consumo de cafés especiais no Brasil apresentou um crescimento grande e qualitativo (e está crescendo cada vez mais). Além da importância do sabor, aroma e textura da bebida, o público também está buscando saber sobre a origem e o processo dos grãos.

Ligado a isso, o número de cafeterias nas grandes e pequenas cidades também aumentou muito! Lugares de todos os tamanhos e para todos os gostos surgem a cada ano para atender a demanda dos coffee lovers.

Separamos alguns lugares que foram abertos a partir do meio do ano de 2017 para você conhecer, provar e nos contar as experiências! Confira a listinha:

Carolina Café – São Paulo (SP)

Divulgação

Esse espacinho aconchegante surgiu no meio da movimentada São Paulo no final do ano passado. Com grãos de diferentes torrefações, como do Fruto Mineiro e da Bica, o café pode ser pedido na chemex, hario v60, clever e aeropress. A casa também trabalha com espresso, cappuccino, latte e macchiato. Para acompanhar, algumas das opções são bolo de milho, waffle, carolina, brioche na chapa e broa de fubá.

Serviço
Carolina Café
Onde: Rua João Moura, 607 – Pinheiros – São Paulo (SP)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 19h; sábado, das 13h às 19h
Mais informações: www.instagram.com/carolinacafeteria

Santo Café – Porto Seguro (BA)

Créditos: Marcelo Aniello

O espaço aconchegante do Santo Café foi inaugurado no segundo semestre de 2017, na cidade baiana de Trancoso. Lá, você pode experimentar cafés variados e torrados pelo Wolff Café, como os grãos das montanhas do Espírito Santo, que podem ser feitos nos métodos sifão, chemex, aeropress, hario v60 e clever. Também é possível encontrar opções como espresso, cappuccino, latte, macchiato e chocolate quente. Para acompanhar, a casa possui pães artesanais e bolos caseiros!

Serviço
Santo Café
Onde: Rua do Telégrafo, 10 – Shopping Canto Verde – Trancoso – Porto Seguro (BA)
Horário de funcionamento: de domingo e segunda, das 15h às 22h; terça a sábado, das 8h às 22h
Mais informações: www.facebook.com/santocafetrancoso

Orna Café – Curitiba (PR)

Divulgação

Inaugurado há alguns meses, o Orna Café possui um ambiente aconchegante com design moderninho. Sanduíches, tortas, bolos e cookies são algumas das opções da casa para você desfrutar do ambiente enquanto come. Para os coffee lovers, há duas opções de grãos: Cerrado Mineiro ou Norte do Paraná, ambos torrados pela própria Orna. Você pode pedi-los na hario v60, prensa francesa ou espresso.

Serviço
Orna Café
Onde: Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 943 – Batel – Curitiba (PR)
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 12h às 20h
Mais informações: www.facebook.com/ornacafe

Bricktop’s Café – João Pessoa (PB)

Créditos: Manuela Acioly

Com um ambiente bem decorado, a Bricktop’s Café foi aberta na metade de 2017, na capital da Paraíba. O café servido é produzido no Cerrado Mineiro e pode ser feito em métodos como hario v60 e clever. Cappuccino, mocha e espresso também são boas pedidas! Para acompanhar, algumas das opções são croissant de queijo do reino, brownie, éclair e pão de queijo.

Serviço
Bricktop’s Café
Onde: Avenida Nego, 657 – Tambaú – João Pessoa (PB)
Horário de funcionamento: de segunda a domingo, das 14h às 21h
Mais informações: www.facebook.com/bricktopscafe

The Coffee Hut – Brasília (DF)

Créditos: @kfezin

Moderninha, a The Coffee Hut foi inaugurada no início de 2018 no bairro Asa Norte, em Brasília. O cardápio traz algumas delícias, como cheesecake de chocolate e frutas vermelhas, panquecas com ovos mexidos e bacon, waffle doce, bolo de banana com aveia e cookies. O café usado é torrado pela microtorrefação brasiliense AHA! Cafés.

Serviço
The Coffee Hut
Onde: CLN 213 Bloco B Loja 20 – Brasília (DF)
Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 7h às 21h; sábado e domingo, das 8h às 22h
Mais informações: www.instagram.com/the.coffee.hut.bsb

Zud Café – São Paulo (SP)

Divulgação

Inaugurada este ano na capital paulista, o Zud Café concilia cafés especiais e arte independente. A casa possui opções variadas de doces e salgados, como o waffle, pão de queijo, bolos e cuca de goiabada. Já sobre o café, há duas opções de grãos: mundo novo, do Sítio Santa Rita (Caparaó); e catuaí, da Fazenda São Judas Tadeu (Chapada Diamantina), que podem ser preparados na aeropress, hario v60 e prensa francesa. Cervejas artesanais também estão por aqui!

Serviço
Zud Café
Onde: Rua Barão de Tatuí, 377 – Vila Buarque – São Paulo (SP)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 11h às 19h; sábado, das 10h às 19h
Mais informações: www.facebook.com/zudcafe

Café S/A – Anápolis (GO)

Divulgação

Atendendo todos os gostos, desde os mais basiquinhos até os apaixonados por doce, a cafeteria foi inaugurada no segundo semestre de 2017, em frente ao fórum de Anápolis. A casa serve cafés de várias regiões do Brasil e do mundo, torrados por microtorrefações e feitos em métodos como hario v60, aeropress, prensa francesa e chemex. Para comer, é possível pedir cookies, cinnamon roll, waffle, bolos, entre outras opções. PS: é pet friendly!

Serviço
Café S/A
Onde: Travessa Alarcão, 98 – Centro – Anápolis (GO)
Horário de funcionamento: segunda, das 14h às 18h; de terça a sexta, das 9h30 às 18h;
Mais informações: www.facebook.com/cafesacafeteria

Fridda Café – Jaboatão dos Guararapes (PE)

Créditos: @jets.rocha

Inaugurada no meio de 2017, a cafeteria pernambucana é cheia de detalhes que remetem à personagem que a casa leva como nome. Com grãos produzidos em Minas Gerais e Espírito Santo, os cafés podem ser pedidos nos métodos hario v60, chemex, clever, aeropress, prensa francesa e koar, além do espresso. Para acompanhar, algumas das opções da Fridda são crepioca mexicana, cuscuz, waffle belga, bolos, brownies e folhados.

Serviço
Fridda Café
Onde: Avenida Bernardo Vieira de Melo, 6088 – Candeias – Jaboatão dos Guararapes (PE)
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 14h às 21h
Mais informações: www.facebook.com/friddacafe

Copo Café – Belo Horizonte (MG)

Créditos: @bloquinhodalouise

Aberta no segundo semestre de 2017, a Copo Café é literalmente um buraquinho na parede. A mini cafeteria trabalha com cafés selecionados da região da Mantiqueira de Minas, no Sul de Minas, que são moídos na hora e podem ser feitos em métodos coados ou espresso. A casa também possui espresso tônica, coffee shake, cappuccino e cappuccino gelado. Para acompanhar, é indicado o panini de pão de queijo recheado com queijo, bem mineiro!

Serviço
Copo Café
Onde: Rua Antônio de Albuquerque, 626 – Funcionários – Belo Horizonte (MG)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h30 às 18h30; sábado, das 10h20 às 16h20
Mais informações: www.facebook.com/copocafe

Coffee Five – Rio de Janeiro (RJ)

Divulgação

Recém-inaugurada, a Coffee Five serve diversos tipos de cafés e chás. Os grãos podem ser feitos em métodos como clever, hario v60 e kalita. Além dos coados, é possível pedir opções como espresso, cappuccino, macchiato, mocaccino e, para os dias quentes, o iced baunilha. Dentre as comidinhas estão os bolos de churros e de milho com goiabada!

Serviço
Coffee Five
Onde: Rua da Quitanda, 86, quiosque 1 – Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 17h
Mais informações: www.instagram.com/coffeefiverj

TEXTO Gabriela Kaneto

Café & Preparos

André Luis Ribeiro vence Cup Tasters na Alta Mogiana

André Luis Ribeiro é o campeão do Cup Tasters  (prova de café) realizado nesta quarta-feira (18), na 10ª edição do Simpósio do Agronegócio da Alta Mogiana (SimCafé), em Franca (SP). Atrás de André, ficaram Alberto Ribeiro, em segundo lugar; Leandro Dias, em terceiro; e Carlos Henrique da Silva, em quarto.

Os quatro garantiram vagas para o Campeonato Brasileiro de Cup Tasters, em data a ser definida. Após a fase nacional, os vencedores competirão na etapa mundial, entre os dias 16 e 18 de setembro, em Dubai, nos Emirados Árabes.

“Há muito tempo tentamos divulgar os cafés e os profissionais daqui da região da Alta Mogiana. O dia de hoje mostra que além de bons cafés, temos bons profissionais”, afirma o vencedor André Luis Ribeiro, que é da região. Entre os quatro finalistas, apenas André Luis e Carlos Henrique são da Alta Mogiana.

O “Cup Tasters” reconhece o profissional com talento, agilidade e precisão quando se trata de prova de cafés especiais. Três xícaras com café são preparadas. Duas delas são idênticas e a outra é de um café diferente. O competidor tem que identificar a xícara de café diferente.

O campeonato foi organizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), Cooperativa de Cafeicultores e Agropecuaristas (Cocapec) e Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogiana, e contou com 16 participantes.

“Hoje foi mais concorrido do que imaginamos. Ficou bem difícil e disputado. Queremos colocar o nível da competição cada vez mais elevado até a final”, disse Juliana Roque, da BSCA.

Amanhã (19) terá o Brewers (métodos de preparo manual). A modalidade ressalta a arte no preparo de café através de métodos manuais filtrados, evidenciando a importância da excelência no grão e no serviço.

“É a primeira vez que trazemos as competições para a Alta Mogiana. Foi uma experiência muito positiva. Recebemos provadores da região e de fora. Foi emocionante”, disse Patricia Milan, superintendente da Associação dos Produtores de Cafés Especiais da Alta Mogiana.

SimCafé
O SimCafé vai até amanhã, no espaço Villa Ventura. A ideia é permitir maior proximidade dos cafeicultores com modalidades de competição, de modo que possam acompanhar de perto como a excelência na qualidade dos grãos impacta no potencial dos profissionais da cadeia produtiva, valorizando os esforços no campo para a produção dos grãos especiais.

Voltado para funcionários da Cocapec e produtores rurais, a programação do simpósio conta com visitações, workshops e palestras. Cerca de 80 empresas de insumos agrícolas, máquinas e implementos, saúde animal, concessionárias de veículos, meio ambiente e sustentabilidade expõem seus produtos.

TEXTO Daniela Quitanilha, de Franca (SP) • FOTO Daniela Quitanilha

Café & Preparos

Recife Coffee 2018 contará com 35 cafeterias participantes

Este ano, entre os dias 2 de maio e 3 de junho, acontecerá o tradicional Recife Coffee nas cidades pernambucanas de Recife, Olinda, Porto de Galinhas e Jaboatão dos Guararapes. Nesta edição, 35 casas irão fazer parte do circuito, superando o número de 25 estabelecimentos do ano passado.

Além de comemorar o Dia Nacional do Café (24 de maio), o evento tem como objetivo disseminar o consumo de cafés especiais na região, além de fortalecer a profissão do barista e fomentar o pequeno negócio. Confira as cafeterias deste ano:

A Vida é Bela (Várzea)
Apolo Beer Cafe (Recife Antigo)
Bike Fit (Olinda)
Bogart Café (Boa Vista)
Café com dengo (Aflitos)
Café Mais Prosa (Espinheiro)
Café da Moeda (Porto de Galinhas)
Café da Praça (Casa Forte)
Café do Bonde (Encruzilhada)
Café do Brejo (Santo Amaro)
Café Lumière (Boa Vista)
Clandestino Café (Graças)
Cordel Cafés Especiais (Parnamirim)
Dom Afonso (Boa Vista)
Ernesto Café (Espinheiro)
Fervo Coffee Shop (Setúbal)
Fridda Café (Jaboatão dos Guararapes)
Grão Cheff (Espinheiro)
Johnnie Brownie (Rosarinho)
Kaffe Torrefação & Treinamento (Boa Viagem)
Lalá Café & Cozinha Afetiva (Graças)
Leiva Café (Espinheiro)
Livraria Jaqueira (Jaqueira)
Lumiá Café Gastrobar (Madalena)
Malakoff Café Jaqueira (Jaqueira)
Malakoff Café Paço do Frevo (Recife Antigo)
Malakoff Café Prado (Prado)
Moinho do Porto (Porto de Galinhas)
Mon Cher Café Bistrot (Rosarinho)
Na Venda Chocolates e Café (Graças)
O Pátio Café (Entroncamento)
Olinda Café (Olinda)
Orgânico 22 (Graças)
Tokyo’s Café (Graças)
Zoco Cafés & Delícias (Olinda)

Os moradores dos arredores e os turistas interessados poderão percorrer os 35 estabelecimentos, conhecer novos lugares e consumir a “sugestão do barista” de cada casa. Essa sugestão, composta por um café ou uma bebida com café + um salgado + um doce, terá o valor promocional de R$ 24,90.

Os critérios utilizados para selecionar as casas participantes foram: utilizar grãos especiais, trabalhar com baristas no preparo do café, possuir um atendimento mais intimista e não pertencer a grandes redes.

Mais informações: www.recifecoffee.com.br

TEXTO Redação • FOTO Felipe Gombossy