Mercado

Have a Coffee lança operação de clube de cafés na Dinamarca

O clube de assinatura de cafés Have a Coffee acaba de fechar uma parceria com investidores da Dinamarca para estender suas operações ao país nórdico. Os empresários dinamarqueses Mark Fries e Janus Fischer fecharam negócio com a marca brasileira e passam a trabalhar com o clube, focado em cafés especiais brasileiros, na europa. O clube na Dinamarca irá funcionar da mesma forma que o brasileiro, a equipe Have a Coffee seleciona os cafés, envia os microlotes para o país, onde são torrados, embalados e enviados para os clientes locais. Apenas participam dessa ação os cafés brasileiros. O lançamento da operação aconteceu há apenas 12 dias e, portanto, a marca ainda está na primeira seleção. Nesse primeiro momento, o produtor que se destacou foi Carlos Alberto Altoé, da região do Caxixe Quente, em Castelo, no Espírito Santo. A equipe de seleção avisa que se algum produtor tiver interesse em apresentar os cafés para a empresa, deve enviar um e-mail para contato@haveacoffee.com.br e a Have a Coffee entrará em contato para realizar a avaliação dos lotes e visita nas propriedades. Oficinas de café no Rio de Janeiro

Felipe Souza (Fundador do Have a Coffee); Hans (Barista do Have a Coffee); Diogo Cypriano (Mixologista); Guilherme Loureiro (Comercial do Have a Coffee), na loja Reserva do Shopping Rio Sul

Felipe Souza (Fundador do Have a Coffee); Hans (Barista do Have a Coffee); Diogo Cypriano (Mixologista); Guilherme Loureiro (Comercial do Have a Coffee), na loja Reserva do Shopping Rio Sul

No Brasil, a empresa fechou uma parceria com a marca de roupas Reserva, loja Rio Sul, no Rio de Janeiro, para servir cafés de pequenos produtores. O conceito do espaço é fazer com que o cliente se sinta mais relaxado, podendo pedir um café, jogar videogame ou usar a barbearia do local. O café exclusivo Reserva, composto da variedade catuaí vermelho, do produtor Alexandre Emerich, do Sítio Bela Vista (Alto Jequitibá-MG), selecionado pelo Have a Coffee, leva o nome de Pretinho Básico e pode ser degustado como espresso ou coado. Para promover ainda mais a parceria, no próximo sábado (21/11), a loja oferece uma Minioficina de Métodos Coados, com o barista Jonathan Piazarolo, da Trentino Cafés Especiais. Aberto ao público, o evento terá início às 14h e contará, também, com prova do café Pretinho Básico e alguns cafés do Espírito Santo e de Minas Gerais. Já no dia 19 de dezembro, quem for à loja, a partir das 14h, poderá provar um cold brew com lúpulo, elaborado pelo barista Vagner Benezath, da Kaffa Cafeteria, ao lado dos amigos Marcelo Costa e Bruno Reis, do Abridor – Interações Cervejeiras. Vagner explicará como foi feito o processo do cold brew com o café Reserva e levará cinco litros da bebida para degustação. Serviço Have a Coffee na Dinamarca Contato: contato@haveacoffee.com.br Mais informações: www.haveacoffee.dk Minioficina de Métodos Coados Data: 21/11 Local: Reserva Rio Sul – Rua Lauro Müller, 116 – 2° Piso, Shopping Rio Sul – Botafogo (RJ) Valor: gratuito Mais informações: www.haveacoffee.com.br Degustação de cold brew com lúpulo Data: 19/12 Local: Reserva Rio Sul – Rua Lauro Müller, 116 – 2° Piso, Shopping Rio Sul – Botafogo (RJ) Valor: gratuito Mais informações: www.haveacoffee.com.br

TEXTO Natália Camoleze • FOTO Divulgação

Cafeteria & Afins

Nossa Casa Café – Amparo (SP)

A cafeteria é referência em cafés especiais na região. Instalada em uma construção centenária, a casa é resultado da paixão de Marcelo Pazinatto e Vanessa Neder Pazinatto pelo café.

Todos os grãos servidos, exclusivos da Fazenda Daterra, são torrados ali mesmo na cafeteria e preparados em métodos diversos como espresso, coador tradicional de pano, na Hario V60, e na Chemex.

Salgados, sanduíches quentes e o panini, além das tortas e bolos disponíveis, vão bem com os cafés oferecidos.

(Texto originalmente publicado na edição impressa da revista Espresso, referente aos meses de junho, julho e agosto de 2015. Sugerimos consultar o lugar para horários de funcionamento e mais informações)

Informações sobre a Cafeteria

Endereço Rua Treze de Maio, 180
Bairro Centro
Cidade Amparo
Estado São Paulo
País Brasil
Website http://www.nossacasacafe.com.br
Telefone (19) 3807-9624 ou (19) 3808-5947
Horário de Atendimento De segunda a sexta, das 8h30 às 18h30; sábados, das 8h30 às 17h
TEXTO Hanny Guimarães • FOTO Divulgação

Barista

TNT em São Paulo abre inscrições para baristas

latte_cafe_barista Baristas de São Paulo ou os que tiverem de passagem pela cidade terão a oportunidade de competir pelo melhor latte art este mês. O Thursday Night Throwdown (TNT), geralmente realizado às quintas-feiras como o próprio nome já indica, acontecerá no próximo dia 27 de novembro, em uma sexta-feira, no clima de happy hour para o fim de semana. O TNT, desafio que elege os melhores desenhos feitos com leite no café, será realizado na Espresso Art, na Chácara Santo Antônio e a entrada é franca. As inscrições para a competição custam R$ 10 e a premiação é de R$ 800, além de brindes para os vencedores. Serviço Data: 27 de novembro Local: Espresso Art – Rua José Vicente Cavalheiro, 314 – Chacará Santo Antônio – São Paulo (SP) Inscrições: R$ 10 Mais informações: barista@espressoart.com.br ou (11) 94256-0123 (Whatsapp – José Cordeiro) e 94967-4895 (Whatsapp – Ale Borges)

TEXTO Da redação • FOTO Vitor Barão/Café Editora

Café & Preparos

Cafeteria no Espírito Santo lança cold brew com lúpulo

Com a chegada do verão, a vontade de se refrescar com bebidas geladas college essay topics uri aumenta ainda mais. As opções de preparo gelado de spy on cell phone using imei number café são inúmeras, mas o cold brew, café extraído a frio, vem se tornando cada vez mais popular. Pensando nisso, a Kaffa Cafeteria, localizada em Vitória (ES), elaborou o Hop & Cold, cold brew com adição de lúpulo. A criação é fruto de uma parceria entre Vagner Benezath, proprietário da Kaffa Cafeteria, e mais help with dissertation writing dois amigos, Marcelo Costa e Bruno Reis, do Abridor – Interações Cervejeiras. “A ideia surgiu da vontade de criar um novo produto que envolvesse a cultura do café e da cerveja, temas pelos quais nós três somos apaixonados, mas fugindo do que já vem sendo feito. Pensamos no cold brew, que vem crescendo muito no país, pesquisamos e percebemos que o Brasil ainda não tinha um café extraído a frio com adição de lúpulo – algo, aliás, também raro em outros países”, explica Vagner.

Vagner Benezath, proprietário da Kaffa Cafeteria

Vagner Benezath, proprietário da Kaffa Cafeteria

A ideia é que o Hop & Cold seja sempre diferente, logo, em outras edições da bebida, serão alterados tanto o lúpulo quanto o café, dando preferência para os grãos produzidos no Espírito Santo. Nessa primeira http://orderessayonlineon.com/ leva, foi utilizado o café catuaí 81, de Castelo (ES), do Sitio Córrego da Prata. Segundo, Vagner, o café possui características florais e notas de mel. Após a extração, foi aplicado o Motueka, lúpulo neozelandês que, para o barista, deixou a bebida mais aromática com a presença do cítrico e frutado, levando ao nariz muito limão spy on phone without access to phone e frutas tropicais. Por phone spy app enquanto, o Hop & Cold sai apenas em séries http://cellphonespyappon.com/ limitadas. A bebida vem sendo comercializada em eventos e na própria Kaffa, em dias especiais, por R$ 5 o copo de 180 ml, servido com cubos de gelo. O próximo passo é lançar uma versão engarrafada do produto. Serviço Hop & Cold Onde provar: Kaffa Cafeteria – Rua Darcy Grijó, 50 – Lojas 03 e 04 – Vitória (ES) Mais informações: www.facebook.com/kaffacafeteria

TEXTO Natália Camoleze • FOTO Divulgação

BaristaCafé & Preparos

Cafeteria no RJ oferece oficina de preparos caseiros de café

coado

O barista Renato Gutierres irá ministrar uma oficina de preparos caseiros de café. O evento será realizado no dia 28 de novembro, no Café Secreto, casa localizada no Largo do Machado, no Rio de Janeiro (RJ).

Na aula, Renato vai preparar uma degustação de diferentes categorias de grãos, além de abordar também tópicos como: História do Café; Principais regiões produtoras do Brasil; Como identificar qualidade; e Preparo em diferentes métodos (Hario, Kalita, prensa francesa, Clever, Aeropress e cafeteira italiana).

As vagas são limitadas.
Serviço Data: 28 de novembro (sábado)
Horário: 9h às 16h
Endereço: R. Gago Coutinho, 6 – Casa 8 – Largo do Machado – Rio de Janeiro (RJ)
Inscrições: pelo e-mail baristaatwork@gmail.com (10 vagas)

TEXTO Redação • FOTO Felipe Gombossi/Café Editora

Cafezal

Prêmio Região do Cerrado Mineiro anunciou os melhores produtores de 2015

Edison Minohara_cerrado mineiro premio

Família do produtor Edison Minohara recebe o 1º lugar na categoria natural

Em noite de celebração, o Prêmio Região do Cerrado Mineiro revelou seus vencedores. Realizado na quinta-feira (5/11), em Uberlândia (MG), o evento completou a terceira edição, com a participação de 166 amostras de produtores de diversas cidades que contemplam a Denominação de Origem do Cerrado Mineiro, que tem um total de 55 municípios.

O concurso é organizado pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado, que o divide em duas categorias: natural e cereja descascado. Neste ano os vencedores foram de duas cidades próximas: Serra do Salitre e Ibiá.

Francisco Sergio de Assis, o Serginho, presidente da Federação, lembrou durante a premiação sobre a importância de “celebrar algo feito com carinho e amor pelo produtor”. Das 166 amostras inscritas, 20 delas foram classificadas como finalistas e as colocações anunciadas durante a premiação. O primeiro lugar na categoria natural, com 88,3 pontos, foi Edison Minohara, da Fazenda Nova Casa Branca, em Ibiá. O catuaí vermelho do produtor, neto de japoneses, conquistou os provadores durante a seleção.

Adauto Guimaraes_premio cerrado mineiro

Família do produtor Adauto Guimarães recebe o 1º lugar na categoria cereja descascado

Já o primeiro lugar na categoria cereja descascado ficou para Adauto Guimarães, da Fazenda Lavrinha, em Serra do Salitre, com a variedade topázio e pontuação de 88,5. Além do certificado, os produtores receberam prêmio em dinheiro no valor de R$ 30 mil para um total de 20 sacas. Os segundos e terceiros lugares receberam R$ 24 mil e R$ 20 mil, respectivamente.

Anualmente o Prêmio recebe compradores de diversas regiões do Brasil que adquirem duas sacas de cada finalista. Dentre os ofertantes estão cafeterias, microtorrefações, indústrias e supermercados. Após adquirirem as sacas, os compradores realizam a torra e produzem edições limitadas desses cafés em seus segmentos.

Uma delas é a cafeteria Lucca Cafés Especiais, de Curitiba, que tem a participação dos proprietários Georgia e Luiz Otávio Franco de Souza na prova dos cafés e posteriormente na produção dos microlotes para a cafeteria. Suplicy Cafés Especiais, de São Paulo, e Ateliê do Grão, de Goiânia, são outras duas casas que também compraram os grãos.

Compradores Premio Cerrado Mineiro

Compradores do cafés vencedores do Prêmio Região do Cerrado Mineiro recebem certificados

A Tres, do Grupo 3Corações, lançará uma edição limitada de cápsulas dos produtores campeões e o Supermercado Verdemar, de Minas Gerais, também fará microlotes desses cafés.

Para Afonso Maria Rocha, diretor superintendente do Sebrae Minas: “o Cerrado Mineiro chegou ao nível de produtos de altíssima qualidade, governança sólida e isso é um grande caminho andado para novas conquistas”.

 

Confira o resultado final do III Prêmio Região do Cerrado Mineiro:

Categoria Natural

1º lugar: Edison Minohara (Fazenda Nova Casa Branca, Ibiá)

2º lugar: Grupo Andrade Bros (Fazenda Paraíso, Serra do Salitre)

3º lugar: Afonso Vinhal (Fazenda Recanto, Serra do Salitre)

4º lugar: Grupo Naimeg (Fazenda Pântano, Coromandel)

5º lugar: Antonio Azevedo (Fazenda Nova Guiné, Campos Altos)

6º lugar: Lucio Gondim Velloso (Fazenda Santa Cecília, Carmo do Paranaíba)

7º lugar: Marcos Cesar Miaki (Fazenda Shalom, Patrocínio)

8º lugar: Mucio Cardoso Monteiro (Fazenda Santa Barbara, Romaria)

9º lugar: Grupo Andrade Bros (Fazenda Lagoa Seca, Serra do Salitre)

10º lugar: Grupo Andrade Bros (Fazenda São Silvestre, Carmo do Paranaíba)

 

Categoria Cereja Descascado

1º lugar: Adauto Guimarães (Fazenda Lavrinha, Serra do Salitre)

2º lugar: Dimap S/A (Fazenda Santo André, Pratinha)

3º lugar: Grupo Famiglia Ferrero (Fazenda Caixetas, Patos de Minas)

4º lugar: Grupo Famiglia Ferrero (Fazenda Pântano, Patos de Minas)

5º lugar: Grupo Naimeg (Fazenda Pântano, Coromandel)

6º lugar: Lucio Gondim Velloso (Fazenda Santa Cecília, Carmo do Paranaíba)

7º lugar: Eduardo Pinheiro Campos (Fazenda Dona Nenem, Presidente Olegário)

8º lugar: Grupo Naimeg (Fazenda Pântano, Coromandel)

9º lugar: Maria Betânia de Almeida (Fazenda Boa Sorte, Campos Altos)

10º lugar: Haroldo Barcelos Veloso (Fazenda São Lourenço, Carmo do Paranaíba)

Premio Cerrado Mineiro3 (1)

Os cafés premiados ganharam harmonizações especiais de vinho e café durante o evento

Premio Cerrado Mineiro

Evento realizado em Uberlândia (MG) recebeu centenas de convidados

TEXTO Mariana Proença • FOTO Café Editora

Cafeteria & Afins

Blueberry Pie Coffee & Co – Niterói (RJ)

e47_Blueberry  credito Ale Coelho 3

A cafeteria criada pelas sócias Agnes Lima e Dri Menezes é também um espaço de coworking (escritório compartilhado) para profissionais independentes ou de startups. A casa, inaugurada em fevereiro do ano passado, serve grãos selecionados pela Casa do Barista de diferentes regiões do País como Espírito Santo e Cerrado Mineiro. A ideia de Agnes e Dri é apresentar vários aromas e sabores aos clientes, buscando sempre diversificar os cafés que podem ser preparados como espresso, Aeropress, prensa francesa, coado, latte, cappuccino, entre outros. Para comer, sanduíches, cookies e brownie fazem sucesso no lugar. Acompanhe o café também com uma fatia de bolo de fubá ou pão inglês tostado na manteiga.

Informações sobre a Cafeteria

Endereço Estrada Francisco da Cruz Nunes, 7.288 loja 124
Bairro Itaipu
Cidade Niterói
Estado RJ
País Brasil
Website http://www.facebook.com/blueberrypiecafe
Telefone (21) 3629-8600
Horário de Atendimento Segunda, das 12h às 20h; terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, das 10h às 02h
TEXTO Hanny Guimarães • FOTO Divulgação

Mercado

Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso divulga finalistas

A illycaffè anunciou, nesta semana, os 40 finalistas que irão disputar o 25º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso.

Foram mais de 400 inscritos,

This, unsweetened, plastic decided same. Snugly webcams in franklin pa with! It drugstores me buying dating leo men a and am. Is fresh what lot. My. Five web cam express logitec drivers to for, scent. It price C was put.

avaliados pela comissão julgadora, composta por diretores e classificadores da Experimental Agrícola do Brasil, empresa brasileira da torrefadora italiana.

Foram avaliadas duas categorias, a nacional e a regional. Nessa última, se inscreveram produtores do Cerrado Mineiro, do Sul de Minas, da Chapada de Minas, das Matas de Minas, do Norte/Nordeste, do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Sul e Centro-Oeste, o que incentivou a participação de cafeicultores de todo o Brasil.

Os campeões serão conhecidos no dia 7 de abril de 2016. Ao todo, são R$ 220 mil em prêmios, distribuídos pela torrefadora illycaffè aos melhores colocados das duas categorias.

Conheça os finalistas:
Álvaro Luiz Devecs (MG)
Álvaro Mendes de Resende (MG)
Antônio Bitencourt Ramos (MG)
Carlos Alberto Ferreira (MG)
Davi Sálvio Domingos de Souza (MG)
Dimas Mendes Bastos (MG)
Ecoagrícola (MG)
Edio Anacleto Miranda (MG)
Eduardo Pinheiro Campos (MG)
Eduardo Shiniti Yamaguchi (MG)
Elen Yuka Okuyama (MG)
Etore Cantieri Filho (MG)
Eurípedes Alves Pereira (MG)
Fábio Eduardo Zambon (MG)
Fausto do Espírito Santo Veloso (MG)
Gaiola Empreendimentos Agropecuários (MG)
João Andrade De Miranda (MG)
Jorge Nobuhico Kiryu (MG)
José Dalmo de Araujo (MG)
José Mauro Miranda (MG)
Júlia de Faria (MG)
Juliana Tytko Armelin (MG)
Jussara Reis Pereira Pelucio (MG)
Laerte Pelosini Filho (SP)
Leda Terezinha Castellani Pereira Lima (MG)
Luiz Mauro Araújo Miranda (MG)
Mabel Lima de Sousa (MG)
Marçal Vilela Vilas Boas (MG)
Márcio Luiz Bérgamo Favaro (SP)
Marcos Cezar Miaki (MG)
Maria Aparecida Milagres Miranda (MG)
Nagipe Viana Klem (MG)
Osvaldina Alves Dutra (MG)
Paulo Cezar Caldeira Ângelo (MG)
Paulo Sérgio Cal Duarte (MG)
Raimundo Dimas Santana Filho (MG)
Sebastião Sérgio De Souza (MG)
Simone Aparecida Dias Sampaio Silva (MG)
Túlio Mambrini (MG)
Zabulon Afonso Dos Santos (MG)

TEXTO Da Redação • FOTO Divulgação

Barista

Campeões brasileiros de barista servem café vencedor em São Paulo

leomoço_estela cotes_baristas Os baristas Leo Moço e Estela Cotes, bicampeão brasileiro de Barista e campeã brasileira de Preparo de Café, respectivamente, estarão em São Paulo, neste sábado (7/11), para o evento #justcoffee no bar Mandíbula. Na ocasião, os profissionais irão servir o café cultivado no Paraná que deu título a Leo Moço no 15º Campeonato Brasileiro de Barista, realizado em setembro deste ano. O grão será preparado nas versões: espresso, cappuccino, drinque de assinatura e coado. O café do Paraná e os produtos da região, como o mel da abelha nativa Tujumirim, foram tema da apresentação do barista, que trabalhou no processamento do grão ao lado do produtor, Evilásio Mori, de Cambira. “Fizemos um trabalho em conjunto. Colhemos o café e o deixamos fermentar em terreiro suspenso. Queria uma bebida extremamente frutada, com acidez tartárica, lembrando um vinho tinto. Um perfil encontrado em cafés de altíssima qualidade como os africanos e da América Central”, explica o carioca. Esta será a primeira vez que Leo faz as mesmas bebidas do campeonato em uma degustação aberta. Além disso, Estela Cotes oferecerá o mesmo café na versão coado. “Como o blend que usei no Campeonato de Preparo de Café tinha grãos da Etiópia, em pouca quantidade, vou usar o mesmo método da competição como mais uma forma de apreciar este café do Paraná, que não perde em nada para grandes bebidas provadas pelo mundo”, detalha. Para acompanhar cada xícara, os meninos do Fermentados Pães estarão com pães artesanais feitos para o evento. Além do Kit de Pães Sortidos, com três tipos de dips (sourcream, geléia de tangerina e manteiga), eles levarão o Bacon Roll, um cinnamon roll com geleia artesanal de bacon no lugar da canela, grilled cheese, torta de pera e cookies de chocolate. Serviço #justcoffee Data: 7 de novembro, das 14h às 17h Local: Mandíbula – Praça Dom José Gaspar, 106 – Galeria Metrópole – 2º andar, loja 40 – Centro – São Paulo Valor: degustação dos cafés (espresso, cappuccino e drinque), R$25. Coado, R$5.

TEXTO Da redação • FOTO Bruno Lavorato/Café Editora

Cafeteria & Afins

Ō Café – São Paulo (SP)

Nas andanças de nossa equipe em busca de bons cafés pela região do Brooklin, quando a Café Editora ainda era localizada nas redondezas, certamente seria uma feliz descoberta encontrar a Ō Café pelo caminho. A cafeteria de ambiente agradável e confortável surgiu da paixão pelo café e pela gastronomia da proprietária Daniela Melfi de Andrade e mais dois sócios. Depois de estudarem o mercado de cafés especiais, eles decidiram montar a casa, inaugurada em fevereiro deste ano.

Servir um café de qualidade sempre foi o desejo do trio, que apostou em um blend exclusivo de grãos da Fazenda Portal da Serra, de Ibiraci (MG), da torrefação Wolff Café. A partir desse café são elaborados o espresso, o macchiato, o doppio, o latte e o cappuccino, preparados em uma máquina da marca La Marzocco, além dos métodos filtrados, como Hario V60, aeropress e prensa francesa.

Convivência
A casa abre para café da manhã com pão na chapa e tostex, waffles, tapiocas e salgados. Já para o almoço, quiches acompanham caprichadas saladas e as opções de sanduíche também fazem sucesso. No café da tarde, a sugestão dos baristas para uma combinação sem erro é o bolo do dia. Para os mais doceiros, no entanto, os brigadeiros, cookies e até um pudim de tapioca estão no cardápio. Tudo feito por ali ou fruto da parceria com fornecedores de qualidade, selecionados pelos proprietários.

A decoração do Ō Café transforma o espaço em lugar de convivência tanto para trabalhar – sim, a cafeteria tem wi-fi – quanto para curtir uma leitura com as revistas disponibilizadas no espaço, além de degustar uma xícara de café. Há ainda um mezanino para uma reunião regada a cafés. Quem sabe, vale até ficar mais um pouco para explorar o menu com uma generosa taça do tradicional Irish Coffee ou se entregar ao que os donos deram o nome de Fresh Drink, bebida que leva sorvete, Baileys e espresso.

(Texto originalmente publicado na edição impressa da revista Espresso, referente aos meses de junho, julho e agosto de 2015. Sugerimos consultar o lugar para horários de funcionamento e mais informações)

Informações sobre a Cafeteria

Endereço Rua Flórida, 1.598
Bairro Brooklin Novo
Cidade São Paulo
Estado São Paulo
País Brasil
Telefone (11) 3589-7796
Horário de Atendimento De segunda a sexta, das 7h às 19h
TEXTO Hanny Guimarães • FOTO Divulgação