Avatar

Coluna Barística por Mariana Proença

Experiências com café e sobre a profissão barista

Alguma coisa acontece no meu coração

Alguma coisa acontece no meu coração… Certamente você já ouviu essa homenagem à São Paulo.

A música Sampa* fala de paulistanos. De muitos que aqui nasceram, como nós da Revista Espresso, mas muitos que aqui chegaram por diferentes razões e em busca de sonhos.

O parque e o trânsito, a dor e o amor, o calor e a garoa, os prédios embrenhados entre as casas, a árvore torta que luta no concreto, a padaria que não fecha, a cafeteria para quem quer conversa.

Em meio a muitas desigualdades, centenas de origens, vivemos correndo, aguardando o farol abrir, o busão passar, a chuva parar. Ao pisar na rua temos a certeza de que estamos vivos!

Às vezes até dá tempo de tomar um pingado, se tiver apressado, pede um espresso, se tiver com fome, manda um pão na chapa. Meu, que delícia!

Ah, São Paulo, como este janeiro está sendo um difícil começo, de quem vem de outros sonhos felizes dessa mesma cidade. Que aprendemos depressa de chamar de nossa realidade. Feliz 467 anos, São Paulo!

Ahhh, já ia me esquecendo, tome café na sua cafeteria paulistana preferida e conta pra gente o que é pra você a sua Ipiranga com a São João que aquece o seu coração!

*Música de Caetano Veloso, composta em 1978.

TEXTO Mariana Proença • FOTO Giulianna Iannaco

Deixe seu comentário