Mercado

Brasileiros invadem Amsterdã

Até 23 de junho acontece a World of Coffee em Amsterdã, na Holanda. Uma feira voltada para o mercado cafeeiro que recebe o campeonato World Barista Championship, que seleciona o melhor barista do mundo. O barista brasileiro Thiago Sabino realizou sua apresentação hoje (21/06), porém não foi selecionado para a semifinal.

Os países selecionados foram: Cingapura, Tailândia, Malásia, Canadá, Reino Unido, Coreia do Sul, Suécia, Holanda, Austrália, Grécia, Rússia, Nova Zelândia, Japão, Polônia, Estados Unidos e Suíça.

A equipe da Semana Internacional do Café não ficou de fora do evento e embarcou para Amsterdã com o objetivo de apresentar para o público internacional a cidade de Belo Horizonte (MG) como o próximo destino de negócios do setor cafeeiro.

No evento, a SIC conta com um estande interativo intitulado “Boarding to Brazil” (Embarque para o Brasil) com o conceito “Your coffee journey begins in Brazil” (sua jornada do café começa no Brasil). Nele, os visitantes poderão ter uma experiência 360 graus com vídeos das regiões brasileiras produtoras de café, tendo a sensação de estar em um avião, com poltronas e imagens alusivas ao tema. Além disso, serão distribuídos ecobags e bottons em homenagem aos Campeonatos Mundiais que acontecerão durante a SIC e uma passagem aérea será sorteada.

É a primeira vez que o Brasil sediará quatro modalidades de Campeonatos Mundiais de Barista, sendo eles: World Coffee in Good Spirits Championship (drinques alcoólicos com café), World Latte Art Championship (desenho no café com leite), World Brewers Cup (preparos manuais de café) e World Cup Tasters Championship (prova profissional de café).

Segundo o diretor de planejamento da Café Editora, Caio Alonso Fontes, este ano será ainda mais importante para consolidar a SIC como uma rota essencial para os compradores mundiais iniciarem sua jornada no Brasil. “Teremos uma grande oportunidade de mostrar todo o nosso potencial como maior País produtor de diversidades de café e sustentável”, afirma.

A SIC acontece de 7 a 9 de novembro, em Belo Horizonte (MG), e conta com diversos estandes; campeonatos; mesas de prova; concursos que reúnem amostras dos melhores grãos; cursos, workshops; palestras e uma imensa troca de conhecimento para os apaixonados por café.

Serviço
Semana Internacional do Café 2018
Quando: 7 a 9 de novembro
Horário: 11h às 20h
Onde: Expominas, Belo Horizonte (MG)
Maiores informações: www.semanainternacionaldocafe.com.br

Facebook e Twitter: @semanadocafe
Instagram: @semanainternacionaldocafe

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Mercado

Diversidade no mercado de cápsulas

A praticidade no preparo do café em cápsula conquistou de vez os brasileiros. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), há cinco anos, o consumo de café em cápsulas cresceu de 40% a 50% ao ano. Depois, a média anual passou a ser de 9%. O diretor-executivo da ABIC, Nathan Herszkowicz, explica que o crescimento é menor, mas mostra que é uma categoria que cresce mais do que o café como um todo, que é de 3,5% ao ano.

Para Nathan, a cápsula possui uma forma de preparo com praticidade, conveniência e qualidade. “Em menos de um minuto e com apenas um toque de botão, prepara-se café de maneira correta (água na temperatura certa e quantidade de pó ideal) e com a qualidade preservada”, afirma.

Uma das primeiras marcas a trazer a cápsula para o Brasil foi a Nestlé. A Nespresso se tornou um case de sucesso com sua máquina e diversas cápsulas de café gourmet vendido em boutiques próprias. Em 2009, chegou ao mercado a Dolce Gusto, com bebidas à base de café, capaz de produzir espresso, cappuccino e chocolate quente para toda família, de fácil acesso e compra direto no grande varejo.

Com o sucesso das cápsulas, claro que muitas marcas passaram a investir neste segmento, como: Illy, Kaffa, Santa Monica, Suplicy Cafés Especiais, Astro Café, Café do Centro, Graníssimo Café Pelé, Mitsuo Nakao, Orfeu, Baggio, Octávio Café, entre outras.

Novidade do mês
A mais recente a entrar neste mercado é a multinacional alemã Melitta, especialista em café e presente no Brasil há 50 anos. Na semana passada, a empresa anunciou sua entrada no mercado de cápsulas compatíveis com o sistema Nespresso.

A marca estreia nesse segmento com cinco versões de blends (Ristretto, Marcato, Staccato, Audacce e Tenuto), divididos em três diferentes grupos de perfis aromáticos: intensos, equilibrados e frutados.

Com fabricação nacional, em uma linha de produção exclusiva na unidade da Melitta em Avaré (SP), as cápsulas são feitas com um material que impede vazamento, passagem de luz e oxigênio, e já podem ser encontradas nos principais pontos de venda de todo o estado de São Paulo. Até o final do ano a distribuição acontecerá nas demais regiões do país.

Outras marcas
O Grupo Utam lançou, a cerca de cinco anos, sua marca de cápsulas. Segundo a executiva do Grupo, a criação inicial das opções de mono origens de café foi a estratégia encontrada pela empresa para oferecer aos consumidores sabores típicos daqueles países, que apresentam tradição na qualidade do café. “Nossa intenção foi valorizar a cultura do café pelo mundo, hoje tão em alta. Percebemos uma grande demanda na procura por esse tipo de café gourmet diferenciado, principalmente pelos sabores internacionais”, destaca Ana Carolina.

Na semana passada, na feira Fispal Café, em São Paulo, o Grupo lançou o café monoorigem Etiópia, composto por cafés da República Democrática Federal da Etiópia. Além dele, a marca já conta com quatro opções com as origens: Brasil (edição limitada), Colômbia, Timor e Guatemala, além dos seis tipos de blends: Intenso, Extraforte, Bourbon, Classic, Gourmet e Descafeinado. As cápsulas Utam são compatíveis com a máquina da Nespresso.

L’OR
A L’OR, linha francesa de cafés super premium da multinacional Jacobs Douwe Egberts (JDE) – mesma fabricante de marcas como Pilão, Damasco e Café Pelé –  trouxe para o mercado brasileiro cápsulas com seis sabores, compatíveis com a máquina da Nespresso e que estão à venda nas grandes redes de supermercado. Todo o processo de seleção e industrialização dos grãos do Café L’OR acontece no Brasil, seguindo padrões de qualidade. Já as cápsulas de alumínio são produzidas na França.

Três Corações
Se antes 100% das cápsulas eram importadas, hoje em dia, com as fábricas que se instalaram no Brasil, a importação diminuiu bastante. Na Três Corações, por exemplo, o café produzido e torrado aqui era enviado para a Itália. Lá, ele era encapsulado e depois era importado pelo Brasil. No ano passado, porém, a empresa começou a fabricar as cápsulas em Montes Claros (MG), fazendo com que a importação e a exportação não sejam mais necessárias. Desde então, toda a linha de espressos é produzida no Brasil. Além de café, a Três Corações produz outras bebidas encapsuladas, totalizando 22 sabores. A marca conta com máquina própria.

Delta
A Deltaexpresso, em parceria com a Delta Cafés, apostou na flagship da Deltaexpresso Coffee Convenience Store, em São Paulo, que agrega blends selecionados de várias partes do mundo e conveniência com venda de produtos dedicados ao consumo e preparo da bebida (em grãos, moídos e cápsulas), máquinas de espresso portáteis e acessórios como xícaras e canecas.

Nas unidades da Deltaexpresso é possível tomar os cafés em cápsulas da Delta Q. No que se refere ao consumo das cápsulas, segundo a empresa, nas unidades da rede Deltaexpresso (em âmbito nacional), até o momento a rede faturou mais de R$ 63.000 em cápsulas. Esse número corresponde a mais de 168 mil cápsulas vendidas. Uma média de 33 mil cápsulas vendidas por mês. O consumo nas lojas, neste mesmo período, foi de mais de 11.590 doses de espressos Delta Q.

Reciclagem
Nas cápsulas tradicionais, de alumínio e plástico, as quatro líderes do mercado Nespresso, Dolce Gusto, Pilão e Três Corações contam com programas de reciclagem.

A Nespresso possui uma estrutura própria para separar os materiais e destinar os subprodutos. O consumidor entrega as cápsulas em um dos 42 pontos de coleta nas lojas ou devolve em serviços de entrega. As cápsulas são enviadas para um centro de reciclagem. Alumínio vira de novo alumínio e café vira adubo orgânico. A empresa diz que reciclou, em 2017, 13,3% das cápsulas vendidas, contra 8,6% em 2016.

A Dolce Gusto tem pontos de coleta em lojas do Pão de Açúcar, em cidades como São Paulo, Campinas e Rio.

A Pilão, que embala suas doses únicas em cápsulas de plástico e alumínio, participa de um programa de reciclagem desenvolvido pela empresa TerraCycle desde novembro de 2017. Até o início desta semana, o programa registrava recebimento de 20 mil cápsulas. Para participar, o consumidor deve enviar o material pelo correio.

A Três Corações começou a ação de reciclagem em abril de 2017 nos estados de São Paulo e Ceará, em pontos de coleta. O plano é ter coleta em outras capitais do Brasil. Eles fizeram uma parceria com a Recycling Development e os produtos descartados são transformados em objetos, como coletores, cantoneiras, telhas e até bases/estrados para uso em unidades fabris do grupo.

CONSUMO
– O café em cápsula tem validade aproximada, dada pelo fabricante, de 18 meses em embalagem fechada.
– Após aberta a embalagem, deve ser utilizada em até 30 dias, segundo fabricante.
– A quantidade de café nas cápsulas varia entre 5 a 7 gramas, conforme a marca.
– As cápsulas devem ser guardadas em ambiente fresco e seco.

TEXTO Natália Camoleze • FOTO Beatriz Cardoso

Mercado

Cafeterias em clima de Copa do Mundo!

Que tal unir duas paixões nacionais: café e futebol? Algumas cafeterias já estão prontas para a Copa com produtos especiais.

A Octavio Café acaba de lançar microlotes de edições limitadas inspirados nos cinco títulos mundiais. Segundo o diretor executivo João Paulo Badaró, a ideia é homenagear as conquistas brasileiras através dos produtos Octávio.

Quem comprar o kit com os cinco cafés, ganha duas canecas personalizadas. O kit estará à venda nas lojas e pelo site a partir de 17 de junho, até durar o estoque, no valor de R$ 186. Cada microlote poderá ser comprado separadamente por R$ 50.

Confira a descrição de cada blend inspirada na Copa:

Café Especial 58: uma seleção marcada pela solidez e irreverência, representado por um Catuaí Vermelho de doçura marcante e aroma frutado.

Café Especial 62: uma seleção equilibrada representada por um Bourbon Amarelo de acidez balanceada e corpo médio.

Café Especial 70: equipe com meio-campo e ataque geniais, homenageada por esse Catuaí Vermelho de acidez brilhante com uma explosão de sabores frutados.

Café Especial 94: uma equipe intensa e envolvente pede esse Bourbon Amarelo de torra média escura, encorpado e doçura ilustre.

Café Especial 02: seleção com muita potência, experiência e carisma, como esse Bourbon Amarelo de torra média clara, com leve acidez e potente sabor de amêndoas e melaço.

Além disso, quem visitar a cafeteria nos horários dos jogos será recebido com um ambiente totalmente decorado para a Copa, telões para assistir aos jogos e deliciosas comidinhas.

Serviço
Octavio Café
Local: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2996 – Jardim Paulistano
Horário de funcionamento para os jogos:
Brasil x Suíça (às 15 horas)
Data: 17/06 (domingo)
Horário: 13h às 19h

Brasil x Costa Rica (às 09 horas)
Data: 22/06 (sexta-feira)
Horário: 07h às 13h

Brasil x Sérvia (às 15 horas)
Data: 27/06 (quarta-feira)
Horário: 13h às 19h

Mais informações: www.octaviocafe.com.br

Mineirinha

A rede Cheirin Bão, lançada em 2014, apresenta oito opções de caixas inspiradas na Copa.

Na compra dos grãos Bão e Mió, o cliente receberá o pacote de café dentro da embalagem que leva informações sobre os times, a tabela de jogos, curiosidades de alguns países e pontos turísticos.

Mais informações: www.cheirinbao.com.br

Degustação

A Sterna Café também está pronta para a Copa. Durante todo o mês, quem passar pelas unidades em São Paulo, Grande ABC, Campinas ou Belo Horizonte, poderá degustar blends da Costa Rica (região West Valley), Colômbia (região de Santander nos Andes da América do Sul) e do Brasil (Patrocínio – Minas Gerais). Será possível escolher entre os métodos de preparo hario v60 ou frech press.

Mais informações: www.sternacafe.com.br

TEXTO Redação • FOTO Divulgação

Mercado

5 novas cafeterias em São Paulo para experimentar!

Muitos cantinhos têm surgido na capital paulista nos últimos tempos. Com bons cafés e boas comidinhas, os espaços são atrativos para quem quer passar um tempo estudando, trabalhando ou jogando papo fora. Então, que tal chamar um amigo, dar uma de turista e conhecer novos lugares? Confira o que separamos!

Black’n Load

Apesar de ter sido inaugurada no final do mês passado, dia 21, a casa já chegou com tudo! Escolhido para os amantes de café, o carro chefe é composto por um blend de grãos Icatu, Bourbon Amarelo e Mundo Novo, que são torrados pelo Wolff Café e podem ser pedidos em métodos como hario v60, clever, aeropress, french press e o tradicional espresso.

Para quem curte outras opções para tomar, a Black’n Load também trabalha com cappuccino, macchiato, flat white, vanilla latte, chocolate quente e um cardápio de chás especiais, organizado em parceria com a Tea Shop.

Salgados como pão de queijo com queijo da serra da canastra, sanduíches e pães caseiros de fermentação prolongada, feitos por Felipe Borio, acompanham bem as bebidas. De sobremesa, a casa conta com cookies, cinnamon roll e bolos diversos.

Serviço
Black’n Load
Onde: Rua Bahia, 843 – Higienópolis – São Paulo (SP)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 9h às 19h; sábado, das 10h às 15h
Mais informações: www.facebook.com/blacknload

Flagship Deltaexpresso


Fresquinha e saindo direto do forno, a casa foi inaugurada ainda essa semana, no dia 5, e visa surpreender todos os tipos de paladares. O cardápio, bem variado, conta com opções de blends nacionais e internacionais, ideal para quem quer conhecer grãos diferentes. Além das bebidas feitas a base de café, também é possível pedir chocolates, chás, milk-shakes, frozens e sodas italianas, para aqueles que querem fugir dos refrigerantes tradicionais.

Para comer, há opções integrais como croissants, empadas, quiches e uma linha exclusiva de sanduíches. Na parte de doces, os clientes podem pedir tortas, cheesecake com calda de morango e tartelete de limão, bolos de laranja e canela com nozes, brownie de chocolate e pastel de nata.

Quem quer se aventurar nos cafés especiais, uma dica: a flagship possui uma loja que vende produtos dedicados ao consumo e preparo da bebida, máquinas de espresso portáteis e acessórios, como xícaras e canecas.

Serviço
Flagship Deltaexpresso
Onde: Praça do Patriarca, 66 – Sé – São Paulo (SP)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 7h às 18h; sábado, das 7h às 14h
Mais informações: www.facebook.com/deltaexpresso

Um Coffee Co. Thera

Inaugurada no dia 4 de junho, a unidade Thera da Um Coffee Co. possui um espaço amplo e moderno que comporta cerca de 80 pessoas. Ideal para trabalhar, estudar ou simplesmente passar um tempo, é possível pedir café espresso ou coado para degustar enquanto está no local.

Além do café simples, o cardápio conta com várias outras opções de bebidas, com ou sem café, como matcha, chocolate, chá, doppio, macchiatto, americano, cappuccino e latte. Para os dias de calor, a casa oferece cold brew, mocha cold brew e coado iced.

Para acompanhar, opções salgadas como brioches, sanduíches, torradas, saladas e paninis são boas pedidas. Já para quem curte os doces, a cafeteria trabalha com pancakes de nozes, french toast (com creme inglês e amêndoas laminadas), red velvet pancakes e affogato, que consiste em uma bola de sorvete de creme com um shot de espresso.

Serviço
Um Coffee Co. Thera
Onde: Rua Pais Leme, 215 – Pinheiros – São Paulo (SP)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 7h30 às 19h; domingos e feriados, das 9h às 16h
Mais informações: www.facebook.com/umcoffeeco

True Coffee Inc.

Aberta no mês de abril, a casa faz parte da marca True Coffee Inc., pioneira na produção de cold brew no Brasil. Focando nos cafés especiais, os clientes podem degustar grãos Catuaí Vermelho e Mundo Novo, dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, na hario v60 e no espresso.

Fora essas opções, o cardápio da cafeteria conta com macchiato, cappuccino, latte, chocolate quente, cold brew, espresso tônica e kiro, uma bebida a base de gengibre. Para acompanhar, a casa recomenda pão de queijo e, para quem gosta de doces, o cookie e o brownie.

Serviço
True Coffee Inc.
Onde: Rua Quintana, 741 – Brooklyn Paulista – São Paulo (SP)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 9h às 19h
Mais informações: www.facebook.com/truecoffeeinc

Café For Fun

Foto: Edson Martos

Com abertura em fevereiro deste ano, o espaço pequenino da Café For Fun é muito bem decorado e aconchegante para quem deseja tomar um café especial e passar o tempo na capital paulista.

Além do espresso, os blends exclusivos da casa também podem ser pedidos em métodos coados: hario v60, aeropress e prensa francesa. Para quem prefere outras bebidas, há opções como cervejas artesanais e chás preparados na mesa do cliente.

Em busca das comidinhas, o cardápio dispõe de burekas e bolos diversos, com destaque para o de chocolate, que são preparados na cozinha da própria cafeteria. Sanduíches e sopas também são boas opções.

Serviço
Café For Fun
Onde: Rua Álvaro Anes, 37 – Pinheiros – São Paulo (SP)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 18h; sábado, das 10h às 18h
Mais informações: www.facebook.com/Cafe.ForFun.Pinheiros

TEXTO Gabriela Kaneto • FOTO Divulgação

BaristaMercado

Método com referências da cultura pernambucana chega ao mercado

O Koar foi desenvolvido no final do ano passado pela barista Lidiane Santos, o engenheiro mecatrônico Filipe Santiago e o publicitário Fernando Sá, que se inspiraram em filtros de papel e outros métodos com ranhuras laterais para confecção do equipamento.

É composto por um filtro de cerâmica, que na parte interna apresenta 16 sulcos (ou ranhuras) com cerca de 1 cm de profundidade em forma de onda, que permitem uma passagem de água direta e com maior fluidez. O coador também possui uma pequena abertura na sua base, que colabora na retenção do líquido. Resultando, segundo os criadores, em uma bebida com a doçura ressaltada, corpo alto e uma acidez equilibrada.

O design chama atenção não só pelas linhas localizadas na parte interna, mas também pelas cores na parte externa, fazendo alusão às peças do artista pernambucano Francisco Brennand.

Você sabia que além do Koar, existem ainda dois métodos criados aqui no Brasil?
O primeiro é o Aram, fruto de um financiamento coletivo online, que preza pela praticidade e grande vida útil do aparelho. Ecologicamente correta, a máquina foi desenvolvida para uso totalmente manual, sem precisar de energia elétrica e fogo, assim é capaz de preparar um espresso de qualidade.

Outro método 100% brasileiro é a Pressca. Com sete cores e formato moderno proporciona uma experiência gastronômica bem similar à french press e muito simples: basta adicionar água quente, café e aguardar alguns minutos. O método dispensa o filtro de papel e assim como a Aram, a peça é portátil, o que possibilita apreciar um bom café, em qualquer lugar e a qualquer momento!

Onde encontrar?
Koar
www.koar.com.br
Valor: R$ 85 (em madeira) e R$ 150 (em acrílico)

Aram
www.aram.coffee
Valor: R$ 1160 e R$ 1360 (cafeteira + base de aço)

Pressca
www.cafestore.com.br
Valor: R$ 124,90

TEXTO Redação • FOTO Eudes Santana

Mercado

Inscrições abertas para a 28ª edição do Prêmio Ernesto Illy

O Prêmio Ernesto Illy chega à sua 28ª edição com a finalidade de valorizar e recompensar a produção de cafés especiais do Brasil.

Por isso, até o dia 14 de setembro, produtores de todo o Brasil poderão encaminhar suas amostras. Uma comissão julgadora formada por especialistas nacionais e internacionais é quem será responsável por selecionar os melhores cafés.

Os seis melhores produtores serão premiados e os três primeiros ganharão uma viagem ao exterior para participar do 4º Prêmio Ernesto Illy Internacional. A divisão regional do prêmio terá dois cafeicultores premiados em cada um dos 10 estados ou regiões: Espírito Santo; Minas Gerais (dividido em Cerrado Mineiro, Chapada de Minas, Matas de Minas e Sul de Minas); região Centro-Oeste; região Norte/Nordeste; região Sul; Rio de Janeiro e São Paulo.

É permitido inscrever quantas amostras quiser, para isso, basta acessar o site do Clube Illy e preencher a ficha de cadastro. Os critérios de avaliação serão: aspecto, seca, cor, tipo, peneiras, teor de umidade, torração e qualidade da bebida, incluindo degustação para espresso. Os vencedores e finalistas receberão seus prêmios em dinheiro e diplomas.

Serviço
28° Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso
Inscrições: até 14/9
Resultado dos 40 finalistas: Novembro de 2018
Revelação dos vencedores e entrega dos prêmios: Abril de 2019
Mais informações: www.clubeilly.com.br

TEXTO Redação • FOTO Elizabeth Shrier

Mercado

Howard Schultz anuncia que deixará a Starbucks

Com uma carta endereçada a todos os parceiros, o executivo criador da Starbucks, Howard Schultz, 64, anunciou a instantes que, em 26 de junho, oficialmente deixará a Starbucks e se tornará apenas presidente emérito.

“Eu escrevo para vocês hoje desfrutando de um French Press do meu café favorito, o Sumatra, e sentindo tantas emoções. Orgulho. Nostalgia. Um coração pesado. Mas principalmente, eu sento aqui sentindo um tremendo senso de gratidão. Durante anos, tive o sonho de construir um tipo diferente de empresa, que tenha o potencial de melhorar vidas e durar muito tempo depois que eu partisse. Graças a você, meu sonho se tornou realidade.”

Howard iniciou a trajetória da Starbucks com a primeira loja, na Pike Place, em Seattle (EUA), em 1971. “Parece que foi ontem que entrei pela primeira vez na loja da Pike Place, atravessei o limiar e fui levado a um mundo de café e sua comunidade”

“Quem poderia imaginar até onde iríamos juntos, de 11 lojas em 1987 para mais de 28.000 lojas em 77 países. Mas esses números não são as verdadeiras medidas do nosso sucesso. A Starbucks mudou a forma como milhões de pessoas bebem café, isso é verdade, mas também mudamos a vida das pessoas em comunidades ao redor do mundo para melhor.”

Howard também anunciou que Myron Ullman será o novo presidente da companhia e que o presidente anterior Kevin Johnson continuará também na companhia.

“Esta será uma transição emocional, mas estou ansioso para passar tempo com minha família neste verão. Também estou escrevendo um livro sobre o trabalho de impacto social da Starbucks e nossos esforços para redefinir o papel e a responsabilidade de uma empresa pública em uma sociedade em constante mudança. É uma jornada que me levou a considerar as muitas maneiras que cada um de nós, como cidadãos, podemos devolver às nossas comunidades. Estarei pensando em várias opções para mim, da filantropia ao serviço público, mas estou longe de saber o que o futuro nos reserva.

Em meio a transição, o meu endereço de e-mail muda e ainda quero manter contato. Por favor, visite howardschultz.com para ficar conectado comigo.

Acredito de coração que os parceiros da Starbucks continuarão o que começamos há décadas. Ótimos cafés e nossas lojas sempre serão catalisadores para a comunidade. Agora, mais do que nunca, o mundo precisa de lugares para se unir à compaixão e ao amor. Fornecer ao mundo um terceiro lugar caloroso e acolhedor pode ser o nosso papel e responsabilidade mais importante, hoje e sempre. Avante com amor, Howard”

Há também alguns rumores de que Howard será candidato a presidência dos Estados Unidos em 2020 pelo Partido Democrata. Inclusive essa possibilidade foi mais considerada depois que Howard fez críticas abertas ao o presidente Donald Trump, no ano passado, como “um presidente que está criando episódios de caos todos os dias”.

 

TEXTO Mariana Proença • FOTO Joshua Trujillo, Starbucks

Mercado

Academia do Café organiza workshop sobre queijos e cafés

Como já vimos na edição 56 da Espresso, queijo e café é uma combinação que agrada muito os brasileiros (os mineiros que o digam, né?). Pensando nessa temática e nos bons sabores que essa junção dá, a Academia do Café irá realizar pela segunda vez o “Workshop de Harmonização Queijo + Café”.

Com data para o dia 10/6, o evento tem como objetivo trazer diferentes cafés, métodos de extração e queijos para que os participantes experimentem os diversos produtos e combinações sensoriais disponíveis na aula.

Para isso, cafés de diferentes regiões (Serra da Canastra, Cerrado, Caparaó e Etiópia) serão preparados em diferentes métodos, onde terão como acompanhantes queijos da Mantiqueira, Ouro Branco, Serra do Salitre e Jequitinhonha.

Aos interessados, o workshop irá acontecer na Academia do Café (Savassi), das 10h às 12h30. Para participar, é necessário realizar a inscrição aqui no valor de R$ 115 por pessoa, ou R$ 95 por pessoa caso sejam duas inscrições.

Serviço
Workshop de Harmonização Queijo + Café
Quando: 10/6
Horário: 10h às 12h30
Onde: Rua Antônio de Albuquerque, 749 – Savassi – Belo Horizonte (MG)
Mais informações: cursos@academiadocafe.com.br

TEXTO Redação • FOTO Café Editora

Mercado

Inscrições abertas para Mestrado Ernesto Illy na Itália

Estão abertas as inscrições para a edição de 2019 do International Masters in Coffee Economics and Science Ernesto Illy. É um mestrado internacional, organizado pelo grupo de líderes em educação: Fundação Ernesto Illy, Università Del Caffè da illycaffè, a Universidade de Trieste, a Universidade de Udine, o International Superior School of Advanced Studies of Trieste, a Association of Molecular Biomedicine e o District of Coffee de Trieste.

O curso oferece formação multidisciplinar sobre o mundo do café e para isso englobará todo o ciclo produtivo desde o seu cultivo até os serviços de alimentação, incluindo a logística e o processo de industrialização. São também metas do curso oferecer, consolidar e desenvolver relações entre as Universidades e o mundo dos negócios, transferindo o conhecimento tecnológico e cultural da illycaffè, o legado moral e científico do Dr. Illy e o papel de Trieste como a cidade exemplo na produção de cafés diferenciados.

São três áreas disciplinares: Economia-Administração, Biologia-Agronomia e Tecnologia. As aulas acontecem diariamente, de segunda a sexta-feira, durante cinco meses nas dependências da Illycaffè em Trieste – Itália. O período total do curso será de meados de janeiro até meados de outubro de 2019. Todas as aulas serão em inglês. O curso possui 400 horas de aulas intensivas segmentadas em 12 módulos e 60 créditos universitários.

O mestrado é direcionado para profissionais graduados em Economia, Administração, Engenharia Agronômica, entre outras, que tenham forte envolvimento profissional com café. O investimento é de € 15.000,00 (euros) excluídas as despesas de transporte, alojamento e alimentação.

Auxílio Financeiro: A Fundação Ernesto Illy oferecerá a um limitado número de candidatos um auxílio financeiro para cobrir custos totais ou parciais para frequentar o programa de mestrado. Será oferecida uma bolsa integral de estudos para um (a) aluno brasileiro (a). A Universidade do Café Brasil apoiará a Fundação Ernesto Illy no processo de seleção dos Candidatos.

Será dada preferência para candidatos que não tenham curso de pós-graduação.

Período de inscrições para solicitação de bolsas de estudo: 01 de Abril a 15 de junho de 2018. Período de inscrições para alunos pagantes: 16 de junho a 01 de outubro de 2018.

Esclarecimentos adicionais sobre o processo de seleção da bolsa de estudos: universidadedocafe@pensa.org.br ou (11) 3818-4005.

Para mais informações, clique aqui.

TEXTO Redação • FOTO Café Editora

Mercado

Orfeu lança garrafa com microlote vencedor do Cup Of Excellence 2017

Para celebrar o Dia Nacional do Café, a Orfeu Cafés Especiais lançou ontem, dia 24, 400 garrafas de vidro exclusivas com o microlote vencedor do Cup Of Excellence 2017, uma das premiações mais exigentes e precisas do mundo, que leva em consideração critérios mundiais da SCA (Specialty Coffee Association).

Com design único, a garrafa permite a visualização dos grãos orgânicos 100% arábica que estão dentro. Produzidos a 1.300 metros de altitude na Fazenda Sertãozinho, no Sul de Minas, os cafés da variedade Arara passaram por processo natural que resulta em uma bebida encorpada e com doçura alta que, devido a torra média, ressalta os aromas de rapadura e melaço de cana.

“Os lotes vencedores do Cup Of Excellence geralmente não ficam no Brasil, são leiloados e exportados a preços muito altos. Desde o nosso lançamento, traçamos como principal objetivo manter o melhor que o País produz para os brasileiros”, comenta Amanda Capucho, CEO da Orfeu.

A novidade está sendo comercializada no site oficial da marca nos valores de R$ 49,90 (250 g) e R$ 89,90 (280 g). As estregas estão disponíveis para todo o Brasil.

TEXTO Redação • FOTO Divulgação